sexta-feira, 21 de agosto de 2015

X.O Capítulo 16 Novas Etapas último


"Eu vou te amar como se eu fosse te perder vou te abraçar como se estivesse dizendo adeus aonde quer que a gente esteja não vou me livrar de você pois nunca sabemos quando vamos ficar sem tempo, por isso vou te amar como se eu fosse te perder " 


Eu me sentei do lado de fora da escola no banco branco com desenhos em formatos de flores neles olhando pra lado nenhum enquanto eu esperava por noticias do Joe. Ele estava do outro lado da cidade pegando o resultado dos exames que ele refez. 

Hoje era o último dia de aula, do último ano. Eu estava com os meus resultados em mãos e deveria estar contente e empolgada e louca para compra vestidos bonitos e me preparar para o discursos de fim de ano. Um discurso que eu vou fazer!

Mas, minha cabeça estava longe demais de tudo isso hoje.

_Hei Demi, parabéns._Uma garota acho que o nome dela é Sarah me parabenizou.

Eu agradeci pegando meu celular pela centésima vez no último minuto, estava nervosa, tão fora de mim de preocupação que de jeito algum poderia pensar em outra coisa que não fosse Joe no outro lado da cidade pegando exames que definiram o resto das nossas vidas, por que sim independente de resultados a nossa vida juntos vai existir ele querendo ou não.

Senti um arrepio ao lembrar da noite passada no momento em que ele disse que não queria atrapalhar minha vida se o resultado não fosse bom. E depois sorri ao lembrar em como essa discussão terminou. Foi definitivamente a noite mais emocionante e linda que eu já tive. 

_No mundo da lua Demetria?_Minha professora de literatura inglesa me perguntou, uma senhora de cabelos ruivos e olhos verdes ela era a professora mais bonita que eu já tive.

_Pensando sobre o ontem e no amanha._Eu sorri pra ela, pensando se eu tirava ou não meus óculos de sol para olhá-la nos olhos.

_Acha que o amanha pode ser melhor ou pior que ontem?

Eu sorri mordendo o lábio_Se o amanha tiver apenas o gostinho do ontem com certeza vai ser melhor, eu espero.

_E o hoje?

_O hoje? O hoje é o espelho do ontem.

_Hum... Ele reflete coisas boas pra você?

_Sim, muitas coisas boas. Tem algumas rachaduras.

_Então, tudo esta bem. 

_O meu medo é que não fique mais tão bem assim.

_Bem, não se pode concertar um espelho quebrado, mas a gente pode se 
acostumar com isso.

_Como a gente se acostuma com a perda de alguém que a gente ama?

_Sabe, Demi esse é o bom da vida, a gente convive tudo, a gente aprende a conviver com tudo, com o bom com o ruim, com o bem e com o mal, com a dor, com o amor, com a raiva, com o desespero, com a falta de amor... Por mais que não pareça tudo é suportável, o tempo torna tudo suportável. 

_Menos doloroso?

Ela sorriu_Menos doloroso! E onde esta o seu Jonas?

_Resolvendo alguns problemas._Eu sorri dando de ombros.

_E seus amigos?

_Chorando, se pegando em algum lugar dessa escola pra se despedirem com estilo daqui._Eu ri e ela deu risada._Obrigada.

_Pelo que?

_Por ser uma boa professora tanto quanto uma boa pessoa, é isso eu acho a senhora me ajudou muito nesses últimos anos.

_Oh!_Ela pareceu emocionada e eu me levantei para abraça-la_De nada querida eu acho que é isso que as pessoas precisam hoje em dia não é mesmo? Alguém para encorajá-las, ajudá-las e lhes dar alguma inspiração, é o minimo que os seres humanos podem fazer uns pelos outros._Ela me afastou e me olhou_Você também será uma boa pessoa, esta no caminho certo, para isso.

_Obrigada.

_Apenas lembre-se: "Você será eternamente responsável pelo que cultiva". 

_Sim._Ela me soltou e saiu.

Eu respirei fundo e olhei pra frente da escola, eu passei tantas coisas aqui, descobri tantas coisas, eu vivi tantas coisas naqueles corredores, minha mente abriu para tantas coisas naquelas salas, eu me tornei tantas pessoas até saber quem eu sou, e ainda estou sobre mudanças e pra sempre estarei, mas esse foi o lugar e sempre será o lugar que eu mais tive modificações e algumas ficarão pra sempre em mim. Amores, decepções, risadas, lágrimas, nervosismo, desespero a primeira imagem de vida real e adulta que eu tive.

_Nervosa pro discurso?_Eu escuto a voz dele no meu pescoço, penso em virar, mas detecto alegria em sua voz e penso se não posso decifrar antes de me virar, mas meu coração já esta apostando corrida com a minha corrente sanguínea._Hum, não vai me contar minha pequena?

_Nostálgica, pra ser sincera._Eu disse segurando sua mão na minha, eu estava tentando controlar meu nervosismo e curiosidade.

_Isso é bom ou ruim?

_Definitivamente os dois... Já ta dando saudade e eu pensando que quando esse inferno acabasse eu não sentiria falta daqui nunca, e eu nem sai já to com saudade amor.

Ele riu dando gargalhada no meu ouvido me fazendo rir junto.

_Eu não sinto isso, pelo menos não agora, agora eu me sinto definitivamente livre desse inferno que eles chamam de colegial, todo mundo odeia esse lugar.

_Eu também odeio_Eu ri_Mas, sei lá a gente viveu tantas coisas aqui... Tipo, você se declarou pra mim aqui.

_Ah meu Deus, isso não foi nada romântico eu sinto muito pequena vamos concertar isso.

_Como na noite passada?_Na noite passada eu disse "vamos concertar isso" e acabamos na cama dele fazendo amor pela primeira vez. Joe deu risada no meu ouvido de novo.

_Isso é sério? _Ele perguntou rindo, mas parou pra espalhar beijos pelo meu pescoço colocando meu cabelo para um lado e beijando minha nuca, e minha orelha, chupando e mordendo meu ombro.

_Bem, quem sabe... Eu descobri que você é bom em muitas coisas além do beijo amor e eu gostei muito disso.

_Eu amo você. _Ele sussurrou no meu ouvido me abraçando cruzando nossos dedos_Vamos pra casa pequena?

_E o pessoal? 

_Eles tem pernas Demi.

_Seu malvado._Eu dei um tapa em seu braço._Esta ansiosa pra faculdade?

_Estou ansioso pra próxima etapa da nossa vida.

_E isso não inclui a faculdade?

_Inclui, inclui a faculdade, e uma viagem, um casamento, um bebe... Inclui muitas coisas.

Eu sorri... _ Casamento? Bebe?

_Um casamento... Mais de um bebe._Ele beijou o topo da minha cabeça.

Eu ri pra ele e me virei.

_E pra quando é a viagem?

_Depois da formatura antes de irmos pra faculdade. O que acha?

_Perfeito!_Eu o beijei_E além dos seus planos para o futuro você não tinha uma coisa pra me contar?

_Eu tinha?_Ele riu feliz me abraçando forte me tirando do chão_Eu não tenho nada grave apenas uma infecção tola que pode ser curada com antibióticos! 

Eu ri abraçando ele forte e quase chorando!

_Graças a Deus meu Deus! Essa é a melhor noticia do dia!!!

_E não é?! _Ele disse rindo me girando

_Que é isso?_ A escandalosa da Miley disse alto _Vão se casar?

_Ainda não._Joe respondeu por mim beijando minha testa_Estamos apenas felizes.

_E quem não esta? Estamos livres desse inferno que nos deixa loucos e obcecados!_ Selena disse alto comemorando batendo palmas_A única coisa que eu quero desse inferno agora é o meu diploma e minha festa de formatura!

_Exatamente!_Nick disse rindo_Eu nunca me senti tão livre!

_Não se sinta tão livre Nick_Liam disse_ Ainda não queremos ver você nu.

_Epa eu quero_Miley disse_Apenas curiosidade!_Ela disse nos olhando séria_Morro de curiosidade de ver os namorados de vocês nus!

Eu agarrei o Joe _Liam por favor tome conta da sua namorada antes que eu arranque os olhos dela com as minhas unhas, obrigada.

Liam riu um pouco sem jeito coçando a nuca_Não estamos mais juntos.

_O que?_Dissemos juntos.

_E gostaríamos atenciosamente que cada um aqui cuidasse da sua vida e de seus relacionamentos, atenciosamente agradecemos._Miley disse.

Eu beijei meu namorado e peguei sua mão_E então vamos amor?

_É por isso que eu te amo_Ele riu beijando meu rosto_Vamos sim, vamos nessa pessoal?

_Eeeeee nova vida!_Nick disse gritando beijando a namorada.

Pensei sobre isso enquanto Joe dirigia. Sim nova vida. Novos caminhos, novas escolhas... Novas etapas e eu estou apaixonada por isso!




Eu ainda não voltei de verdade, mas to voltando e com muito carinho terminei X.O! 
Foi um pouco dificil na verdade arranjar coragem pra voltar a escrever, pra ter minar a história. 
Tanta coisa aconteceu nos últimos meses e eu nunca imaginei que seria tão dificil  terminar isso. Mas, aqui esta o FINAL. Eu admito que não foi o melhor final que já escrevi, mas eu realmente gostei. Eu acredito que isso mexa um pouco com a imaginação de quem leu a história, até por que na vida real depois que terminamos o colegial realmente acontecem tantas coisas que nem poderiamos imaginar ou poderiamos, mas nunca na mesma intensidade. Acontece a VIDA e todas as suas surpresas, decepções, maravilhas. Acontece tudo. Desculpem pela falta de palavras e pela falta de bons finais e obrigada por tudo.

P.S: Eu não sei quando ou SE irei postar novas histórias, mas de qualquer forma o futuro a Deus pertence! 

I'm a Sweet Disaster Special

GUESS WHO'S BACK??? I'M BACK BITCHES!  


"Apaixonada! Os tremores continuam repetindo, e eu digo a mim mesma " continue respirando", mas estou presa no seu tremor... No seu tremor..."

Joe narrando... ;) 

Assim que ela apareceu no restaurante do Palace, mesmo sem vê-la sabia que ela estava deslumbrante. Todos os meus sócios os que a conheciam e os que ainda não a conheciam estavam olhando para trás de mim. Minha bela esposa deveria estar pronta para atacar alguém.

Eu me virei para trás, eu ia me levantar, mas precisei de uns minutos para ter certeza se essa era a coisa certa se fazer naquele momento. Demi estava com um vestido vermelho curto, decotado e acinturado, os lábios vermelhos, os olhos bem marcados os cabelos compridos amarrados em um rabo de cavalo alto, seus saltos preto prendiam seu tornozelo. Ela estava linda, como eu disse deslumbrante. 

Nem mesmo parecia a mulher que eu deixei no quarto as 16:00 da tarde quando sai para uma reunião que levou meu tempo, e nesse momento enquanto ela vinha tudo o que eu queria era levá-la de volta pro quarto e fazer amor com ela pelo resto da noite. Eu me levantei e estendi minha mão para ela louco para tocá-la, eu podia sentir o cheiro do perfume dela de longe e queria de uma vez prende-la ao meu lado. Ainda mais que não havia um único homem naquele restaurante que não estivesse comendo-a com os olhos. 

Fiquei intrigado com a escolha dela de roupas e por um momento me passou pela cabeça que ela poderia começar algum show ou então queria se aparecer para alguém, eu rezei pra que esse alguém ainda fosse eu. Ela mantinha o queixo erguido e olhar fixo no nada como se fosse a Dona proprietária do mundo, e bem ela é dona proprietária do meu mundo. Ela abaixou um pouco seu olhar para pegar minha mão e sorriu pra mim, o sorriso tão gélido e polido quanto seu olhar. Havia algo errado.

Eu beijei sua mão e a apresentei aos meu futuro sócio em Nova Iorque, meus outros dois sócios que já a conheciam tentavam não comer minha mulher, mas eu sou homem e sei quando um homem esta ficando excitado e como ele tenta esconder isso. Demi deu um sorriso caloroso ao Erick que definitivamente estava me irritando, puxei Demi pela cintura quando ela se demorou muito cumprimentando-o.

_Ai_Ela resmungou devo ter apertado demais  sua cintura_Isso provavelmente vai ficar roxo_Ela disse sussurrando_Bruto!

_Não começa Demetria._Eu avisei enquanto puxava a cadeira para ela se sentar ao meu lado.

_Começar o que Joseph?_Era possivel que fosse só comigo esse tipo de comportamento frio?

Eu me sentei e tentei retomar a conversa sobre negócios onde paramos, mas não era algo realmente possível, quando as pernas da minha mulher estavam de fora e inquietas e eu tinha um sócio sentado próximo demais dela e não tirava os olhos das pernas da minha esposa.


_Talvez devêssemos deixar os assuntos de negócio um pouco de lado_Demi sugeriu_Sei que passaram o dia falando disso_Ela sorriu um pouco olhando pra baixo tão docemente que se eu não a conhecesse bem diria que ela estava tímida, só que isso não acontece com muita facilidade com Demi Lovato_Eu confesso que estou um pouco perdida nesses assuntos. 

O QUE??? Desde quando Demi se sente perdida falando sobre economia? Ou negócios? Se ela dissesse que estava entediada desse assunto eu entenderia, mas perdida? Não. A mulher com quem eu me casei e conheço entende tanto sobre economia quanto de artes ou dança.

_Sim senhora Jonas, que assunto lhe agrada mais?_Jacob meu mais novo sócio perguntou cordialmente, ele estava se mantendo neutro em relação a Demi. Ele era muito bem casado com Nicole uma estilista conceituada, claro que ficou deslumbrado com a visão de Demi, mas quem não ficou? Sou casado com uma linda mulher, não posso culpá-lo por olhá-la.

_Que tal vinho? É minha bebida favorita!_Demi se inclinou um pouco sobre a mesa e pude ver que seu vestido era totalmente aberto atrás. Suas lindas costas estavam nuas e tão belas senti vontade de me inclinar e beijá-la até a nuca mordendo seu ombro, mas eu apenas bebi um gole do meu vinho e me ajeitei melhor na cadeira... Por que Demi estava tentando me provocar? O que eu havia feito de errado para provocar sua ira contra mim? Até hoje mais cedo estava tudo bem. A mulher que eu amo vai me matar!

Eu percebi que Demi mal havia bebido qualquer coisa de sua taça, ela esta brava comigo, mas não colocaria em risco a vida do nosso filho e saber disso saber que ela ama tanto os nossos filhos me encheu de alegria e eu a amei ainda mais naquele momento, puxei minha cadeira mais próxima a dela e a abracei pela cintura beijei seu ombro ela se arrepiou sempre tão sensível ao meu toque... Acariciei sua barriga que ainda nem fazia qualquer sinal de evidência de uma gravidez.

_Eu não vejo a hora de ver essa barrigunha crescer_Eu sussurrei em seu ouvido, eu não precisei me afastar para saber que ela deu um sorrisinho e mordeu o lábio, agora envergonhada, eu era o único que conseguia deixá-la envergonhada.

_Você me ama apenas quando estou grávida? Ou apenas me ama menos quando não estou esperando um filho seu?_Ela sussurrou, seu tom de voz era triste, eu olhei em seu rosto, ela estava envergonhada e seu olhar mesclava entre o frio, o triste e o esperançoso.

Eu não estava acreditando no que estava percebendo em seu olhar, isso era alguma crise que não percebi? Estamos em crise? Eu estou correndo o risco de perder a mulher da minha vida para uma crise boba ou insegurança? Eu sei que a Demi não é tão ela quanto as pessoas pensam, a minha Demi não é tão ela nem quanto ela mesma pensa, mas é a minha menina, a minha coisinha frágil que eu quero proteger do mundo e de quem for, eu a amo de qualquer jeito.

_Isso me mágoa Demi._Nossa conversa foi interrompida por Carter que queria minha opinião sobre se mudar de vez para cá já que é onde estão a maioria de seus negócios._Eu acho que você deve fazer o que é melhor para sua família o que sua esposa acha disso? E seu filho? Se acostumaria aqui?

Eu percebi quando Demi empurrou seus sentimentos para o fundo de uma gaveta qualquer em sua mente e trincou os dentes ela suspirou e bebeu de uma única vez todo o conteúdo de sua taça, uma única lágrima escorreu e ela rapidamente a secou se servindo de mais vinho. Eu a deixei se servir e ela bebeu mais uma taça, quando ela ia se servir de uma outra taça eu empurrei para o outro lado com cuidado e segurei sua mão embaixo da mesa, comecei a brincar com sua aliança, eu estava nervoso, mas ela não estava com a aliança, eu abaixei meu olhar, e ela puxou sua mão da minha.

_Erick_Ela sorriu colocando a mão na perna do Erick e acariciando eu apertei ainda mais sua cintura quando ele se ajeitou na cadeira olhando para a mão da Demi.

_Tire a mão dai Demi _Eu sussurrei quase a ponto de arrancá-la daquele restaurante_Demi._Eu disse um pouco mais alto.

_Então, Erick_Demi me ignorou_Quer dançar comigo?

Erick me olhou e Demi se levantou puxando-o com ela. Eu revirei os olhos e bebi meu vinho, era apenas uma dança certo? Olhei de longe enquanto ela se afastava com ele e isso doeu meu coração. Não quero nunca ver a mulher que eu amo ir embora com outro homem apenas por que eu fui egoísta e cego para não perceber que ela precisa demais coisas além do que eu estou dando. Demi é como um pequeno passarinho com as asas quebradas, ela precisa de cuidado e atenção constante e sempre precisa de tempo para ter confiança em suas asas novamente, mesmo depois de concertadas. 

Ela é o meu passarinho. Eu me levantei e fui até onde ela começava a dançar com Eric ela é minha mulher se vai dançar com alguém esse alguém será eu.

Eu encostei minha mão no ombro do Erick que  estava com as mãos na cintura da minha menina pronto para descer um pouco mais.

Eu sabia que Demi queria me dizer alguma coisa é o jeito dela se expressar quando eu não consigo enxergar as coisas que segundo ela estão na minha frente. Ela estava prestes a criar uma confusão no minimo épica, não que eu não goste dessas deliciosas confusões, mas não acho que seja necessário. Demi precisa aprender a conversar comigo de vez em quando e não criar confusão sempre que se sentir triste, insegura ou ameaçada de alguma forma.

_Obrigada por fazer companhia a minha esposa, mas eu assumo de agora em diante Eric.

_Ah sim claro Joseph_Eric segurou a mão de Demi e beijou antes de dar ela_Foi um prazer_Ele sorriu pra Demi_Com licença divirtam-se.

_Obrigada._Tanto eu quanto Demi respondemos. 

_Eu te amo de qualquer jeito, mas não vou negar que quando olho pro Adam eu te amo mais, e quer saber por que? Por que eu vejo o quão bom nós dois somos juntos e que fizemos juntos a coisa mais maravilhosa do nosso mundo... O fruto do nosso amor. E se você acha que eu estava bravo com você então você esta certa. Mas, apenas Demi por que você esta grávida não é só o nosso bebe, é você também. Fiquei bravo e estou bravo por que você preferiu vir pra Nova Iorque a fazer o pré natal por que isso não é apenas uma proteção pro nosso bebe, é uma proteção pra você e pra mim._Eu olhei em seus olhos encostando minha cabeça em sua testa_Eu não sei o que você esta aprontando, mas sei que esta aprontando algo minha menina_ela sorriu e eu lhe dei um selinho_ Entende? Eu não posso viver sem você, se alguma coisa durante a gravidez acontece e eu por ironia do destino _Eu me engulo e fecho os olhos puxando-a pra mim apertado_Se eu perder você... Eu morro Demi, eu te peço pra você se cuidar e cuido de você o máximo que eu posso, por que eu simplesmente não posso lidar com a sua perda, eu te amo demais pra suportar ficar sem você. Eu amo Adam e já amo esse bebezinho, mas eles vão crescer e vão embora... _Eu abri os olhos encarando os dela marejados com lágrimas, suas mãos presas em minha nuca_Agora você, você minha menina, meu doce desastre vai ser minha pra sempre. 

_Ah Joe!_Ela me abraçou escondendo o rosto no meu pescoço_Desculpa._Ela sussurrou.

Eu a abracei pela cintura apertado com todo amor e carinho que tenho por ela, beijando seu cabelo.

_Tudo bem, minha menina, tudo bem._Eu beijei novamente seu cabelo_Gosto do seu cabelo solto.

_Eu sei_Ela riu.

_Mais tarde eu solto._Ela riu. 

_Eu contava com isso._Ela confessou baixinho.

_Sua safada._Ela riu alto jogando a cabeça pra trás e mordeu o lábio antes de me beijar._A musica acabou e nós não dançamos passarinho.

_Passarinho?_Ela questionou curiosa.

_Outra hora eu te explico_Eu olhei pro pessoal que colocava a musica no ambiente eles começaram a tocar outra musica_Há fotógrafos aqui.

_Vamos aparecer em alguma revista.Ou em muitas._Ela deu de ombros.

_E mais vários tabloides.

_Pelo menos somos adoráveis._Ela piscou pra mim sorrindo meiga_Eu amo essa musica._Ela me abraçou.

_Eu sei.

My love, leave yourself behind
Beat inside me
Leave you blind


Meu amor, negue-se a si mesmo
Pulse dentro de mim
Torne-se cego


My love you have found peace
You were searching
For relief

You gave it all
Into the call
You took a chance and
You took a fall for us
You came thoughtfully
Loved me faithfully
You taught me honor
You did it for me


Meu amor, você encontrou a paz
Você estava procurando
Por ajuda

Você me deu tudo
Cedeu ao apelo
Você se arriscou e
Você caiu por nós
Você chegou atenciosamente
Me amou fielmente
Você me ensinou a honra
Você fez isto por mim


Tonight you will slip away
You will wait
For me my love

Now I am strong (Now I am strong)
You gave me all
You gave all you had
And now I am whole

My love, leave yourself behind
Beat inside me
Leave you blind
My love, look what you can do
I am mending
I'll be with you

You took my hand
Added a plan
You gave me your heart
I asked you to dance with me


Hoje você vai fugir
Você irá esperar
Por mim meu amor

Agora eu sou forte (agora eu sou forte)
Você me deu tudo
você deu tudo o que você tinha
E agora eu estou inteira

Meu amor, deixe-se para trás
Pulse dentro de mim
Deixou você cego
Meu amor, veja o que você pode fazer
Eu estou melhorando
Eu estarei com você

Você pegou minha mão
Adicionou um plano
Você me deu seu coração
Eu pedi para você dançar comigo


You loved honestly

Did what you could release
Aaaahhh oooh

I know in peace you go
I won't relieve this loss

Now I am strong (Now I am strong)
You gave me all
You gave all you had
And now I am whole

(My love, beat inside me)

My love,
Leave yourself behind
Beat inside me,
I'll be with you



Você amou honestamente

Fez o que você podia para se libertar
aaaahhh ooohhhhh

Eu sei que em paz nós iremos
Eu não vou aliviar esta pena

Agora eu sou forte(Agora eu sou forte)
Você me deu tudo
Você deu tudo o que você tinha
E agora eu estou inteira

(Meu amor? Pulse dentro de mim)

Meu amor,
Deixe-se para trás
Pulse dentro de mim,
Eu estarei com você





_Você deve saber que eu estou louca pra tirar minha roupa e dançar pra você, certo?

_E você deve saber que tudo o que eu quero quando te vi entrar nesse restaurante é tirar sua roupa e fazer amor com você e beijar esse corpo lindo, certo?

_Era só o que eu podia imaginar enquanto me vestia...Você sabe que eu sempre me visto com a intenção de você tirar minha roupa, certo?

_ Algo me diz que você não tem a menor noção do quanto eu amo tirar a sua roupa, certo?

_E o que ainda estamos fazendo aqui?_Ela me questionou e minha mente estava branca, eu só conseguia pensar em tocá-la e possuí-la pelo resto da noite._Vamos subir amor..._Ela disse manhosa em meu ouvido mordendo meu pescoço.

Eu olhei ao redor, os sócios!

Eu apertei sua cintura e beijei sua têmpora.

_Pro diabos sócios e qualquer coisa que não seja você._Eu disse em seu ouvido e ela sorriu feliz me beijando como se estivéssemos sozinhos no quarto, eu apertei sua bunda e saímos ainda aos beijos do restaurante. 

 Dentro do elevador prendi Demi entre mim e a parede de vidro aos beijos, não me lembro se havia alguém dentro do elevador apenas apertei a cobertura e ainda com as mãos de Demi bagunçando meus cabelos deixei minhas mãos entrar dentro de seu vestido, escandalosamente sexy.

_Demetria Jonas Lovato você é minha, da próxima vez que eu ver você me provocando com ciúmes eu te tiro da onde for pelos cabelo e te fodo em qualquer lugar na frente de quem for, me ouviu?

Ela riu tremendo e se arrepiando.

_Então, eu acho que tenho fazer ciúmes em você mais vezes._Ela sorriu mordendo seu lábio

_Eu to falando sério Demetria eu não gostei nenhum um pouco do que você fez._Eu realmente puxei os cabelos dela e os soltei eles caíram de qualquer jeito sobre o seu rosto e ela estava ainda mais linda_Se estivesse a noite toda com o cabelo solto, não chegaríamos até aqui.

_Eu sei_Ela deu de ombros desfazendo o nó da minha gravata_Conheço o meu marido.

Eu a empurrei contra a parede.

_Você vai me matar de desejo de você um dia desses!

_Ah não amor eu espero mesmo_Ela disse passando as unhas pela minha nunca enquanto beijava e mordia meu pescoço e com sua outra mão fria abria os primeiros botões da minha camisa_É te matar de amor e muito, muito prazer.

Ela me empurrou pra parede ao lado e me puxou pela camisa para me beijar da maneira mais louca que ela já havia me beijado.

Alguém pigarreou e eu percebi que não estávamos sozinhos, Demi bufou sorrindo e se virou, fosse lá quem fosse estava muito ferrado.

_Querido_Ela disse e eu fechei os olhos sabendo que ela estava falando com o cara que controlava o elevador_Ou você desce do elevador ou assiste tudo quietinho interrompendo meu bem, não vai dar certo.

_Demi _Eu disse rindo tentando recuperar meu fôlego_Estamos quase chegando, o.k? Acalme-se minha menina.

Eu a abracei por trás encaixando-a em mim mordendo seu ombro nu, beijando sua nuca, acariciando suas pernas no meio da coxa, beijando suas costas... Como eu queria fazer, Deus é bom!

_Joseph eu não vou conseguir me acalmar desse jeito pelo amor de Deus!_Ela disse tentando cruzar as pernas segurando minhas pernas com força.

_Querida você pode me arranhar assim quando estivermos sozinhos...

Ela gemeu como uma gata manhosa cruzando as pernas se esfregando em mim, minha vez de buscar fôlego e respirar fundo e tentar fazer essa pressa se acalmar.

Meu doce desastre é meu vicio!




 FIM<3