sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

X.O Capítulo 4 Melhor que...?



"Você deveria saber como o tempo voa apenas ontem foi o melhor tempo de nossas vidas, nascemos e fomos criados numa neblina de verão unidos pela surpresa de nossos dias de glória...Nada se compara não se preocupe ou s importe arrependimentos e erros são feitos de lembranças, quem poderia imaginar o gosto amargo-doce que isso teria?".

Eram quase 2 da manhã e eu ainda estava na festa do Logan, quase bêbada quieta. Estava realmente ainda pensando nas coisas que Selena e Joe disseram pra mim, estava pensando que quebrei o retrato, estava pensando na briga que que tive com o Joe, estava pensando em quem ganhou o jogo, estava pensando que o Joe  nem ao menos quis que eu assistisse o jogo com ele.

  Portanto, me assustei quando Logan me deu um beijo, enquanto conversava com um amigo. Eu conhecia aquelas pessoas, mas não ao mesmo tempo não conhecia e me sentia extremamente frustrada e perdida. Não havia nenhum dos meus amigos de verdade, e por essa razão eu estava bebendo e sabia que isso não era certo, mas ninguém realmente ali se importava o suficiente comigo para me mandar parar de beber.

Passei meu braço pelos ombros de Logan e beijei seu rosto.

_Demi, da pra parar querida_Ele disse em voz alta no meio de seus amigos e amigas idiotas_Você esta ficando grudenta e chata, pode se afastar querida?

Eu me senti envergonhada e rejeitada continuei ali enquanto eles falavam e riam de mim, até que cansei e  me levante saindo dali e da maldita festa chorando para pegar meu casaco e sair. Na rua o ar parecia mais limpo e puro do que o de dentro daquela casa, estava uma madrugada quase fria com vento gelado eu estava tonta por causa da bebida então, eu não deveria dirigir e na verdade nem conseguiria. Entrei no carro para me aquecer um pouco e inconscientemente liguei pro Joe por que ele sempre vinha me socorrer.

E no terceiro toque ele me atendeu, algo me dizia que eu não deveria estar lhe pedindo favores, mas eu não conseguia me lembrar por que exatamente__Demi?

_Ai desculpa te acordar bebe_ Eu nem reconheci minha voz parecia mais uma gatinha miando manhosamente pro Joe_ Eu estou no carro, sabe? Eu acho que bebi demais, não sei não me sinto bem Joe, você poderia vir me buscar?

_Onde esta seu namorado?_Joe perguntou, mas eu ouvi um barulho do outro lado da linha

_Eu te atrapalhei?

_Como assim?_ Ele perguntou, provavelmente se levantando.

_Quero dizer tem alguém ai com você na cama?_ Eu disse mordendo meu lábio por algum motivo chorando por que eu egoisticamente não queria o Joe com outra garota.

_Não minha pequena não tem ninguém na cama comigo_Ele riu_ O pessoal acabou dormindo aqui ta todo mundo espalhado pelo quarto ta uma bagunça isso aqui, mas em fim... Cade seu namoradinho?

_Ah sim! Meu namorado esta lá dentro rindo, reclamando e fazendo piadas de mim._ Eu disse chorando mais por que nesse momento eu percebi que estava sendo humilhada e caí no choro pelo telefone soluçando me sentindo estúpida e usada.

_Ei Dem, Demi minha pequena pare de chorar... Por favor!

_Ele esta lá dentro rindo e me humilhando e eu aqui chorando que estúpido Joe!_Eu encostei minha cabeça no volante_Acho que você e Selena tem razão... Será que você pode vir me buscar?

_Ah... Claro. Não saia de dentro do carro esta frio, e abra a janela apenas um pouquinho se você dormir não morre sufocada... Chego ai em 20 minutos. Demi?

_Oi?

_Eu te amo. De verdade, eu amo você!

Eu ri de verdade com essa certeza _Eu sei bebe, eu sei disso. Eu também te amo, muito.

_Eu sei. To indo.

_To te esperando._Nós rimos e ele não desligou de imediato_Joe desliga.

_Ah é_Ele riu e finalmente desligou.

Tranquei o carro e abri um pouquinho a janela, passei pro banco de carona e liguei o rádio, estava tocando uma musica antiga da Taylor Swifit, You Belong With Me, e pensei na letra da musica e no quanto seria horrível ser apaixonado pelo seu melhor amigo e ele não perceber... Mas você sabe lá no fundo que ele pertence a você, por que outra pessoa nunca o faria tão feliz quanto você, por que você sabe que ninguém o conhece melhor do que você, ninguém ama ele mais do que você. Pensei no Joe antes de dormir... Maybe you just belong with me...

Eu acordei depois de ouvir umas batidas na janela do meu carro, eu cocei os olhos e semicerrei pra poder olhar pelas janelas e então eu reconheci o Joe, sorri sonolenta e abri a porta pra ele.

_Oi Cinderela.

_Oi  príncipe._Eu disse me ajeitando no banco e  olhei pra ele _Sonhei com você.

_Hum... Sonho bom ou ruim?_Ele questionou_As chaves Demi._Eu as entreguei a eles e ele ligou o carro_Sabe, ficar com o rádio ligado com o carro desligado acaba com a bateria do carro._Ele disse e balancei a cabeça como um sinal de que não me importo.

_Você vai estar aqui pra mim quando eu precisar... Mas, eu não concordo com a sua afirmação de que você é um cachorrinho que faz tudo pra mim, você faz as coisas por mim por que se importa.

Joe não disse nada apenas se inclinou pra cima de mim e prendeu meu cinto de segurança, eu amava o cheiro do perfume do Joe e ele estava tão perto de mim, segurei a camisa do Joe e o mantive perto de mim, olhei em seus olhos, mas foi demais pra mim então os fechei ainda puxando Joe pra mim, Joe colocou umas das mãos sobre o banco e a outra na minha nuca e de repente o meu maior desejo era que ele me beijasse. Joe passou seus lábios sobre os meus delicadamente eu respirei fundo, apertando ainda mais sua camisa, eu não conseguia me mexer direito não conseguia tomar uma atitude de verdade, mas Joe sabia bem o que estava fazendo, ele mordeu meu lábio e puxou eu gemi nos seus lábios e ele acariciou minha nuca. Eu estava louca para ele me beijar, mas ele ficava fazendo joguinhos, ele chupou um pouco meu lábio e novamente eu gemi sentindo meu coração se acelerar ainda mais, foi a vez do Joe gemer e ele me beijou. Ah! Que maravilha de beijo! Ele apenas acariciava meus lábios com os dele e então eu abri um pouco meus lábios e deixei que a sua língua entrasse na minha boca precisando desesperadamente do contato de nossas línguas. Eu finalmente me ajeitei melhor me agarrando a ele, o cinto de segurança atrapalhava para que eu pudesse ter mais do corpo dele encostando no meu. Eu soltei uma das minhas mãos das costas dele e soltei o cinto de segurança me erguendo pra ele, Joe segurou minha cintura e me puxou pra ele. Eu gemi e me afastei sem ar, mas ainda mantinha Joe perto de mim. Eu tinha saudades dos beijos do Joe.

Não quis abrir meus olhos de imediato por que não sabia se queria ou não ver o que Joe tinha no olhar e enfrentar o que provavelmente eu tinha em meu olhar. Joe me colocou sentada de volta no meu banco e colocou o meu cinto novamente. Sem uma palavra como da última vez que nos beijamos, o meu presente foi seu beijo e então ele beijou minha testa e se virou pra curtir o resto da festa, mas eu não queria que fosse assim dessa vez, só que como nas últimas horas a gente só havia brigado resolvi permanecer calada.

_Você quer que eu te conte meu sonho?_Eu perguntei olhando pra janela do lado de fora.

__Se você quiser._Joe disse distraído.

__Conhece aquela musica da Taylor Swifit, You Belong With Me?

__Ironicamente sim._Ele respondeu e eu fiz d conta que não entendi

__Então, eu sonhei com o clipe dessa musica, só que eu era a Taylor e você o Lucas o menino que faz o clipe, sabe?

__Um casal de melhores amigos, que a menina é apaixonada pelo melhor amigo, só que o melhor amigo dela tem uma namorada má e idiota e não consegue perceber que tudo o que ele precisava estava bem a frente dele o tempo todo...?_Joe disse rindo um pouco nervoso

Eu prestei atenção ao tom de voz do Joe, e o que ele disse... Então o Joe é...

_Chegamos Demi._Ele disse me fazendo tirar minha atenção da janela eu nem tinha percebido onde estávamos e como chegamos rápido em casa._Quer que eu te ajude a entrar em casa?

Eu assenti com a cabeça eu não confiava muito nas minhas pernas para ir andando pro meu quarto, tirei o cinto de segurança enquanto Joe dava a volta no carro para abrir a porta pra mim, ele não tem ideia do quanto isso é legal.

_Obrigada Joe.

Ele apenas sorriu passando a mão pela minha cintura e me segurando perto dele. Subimos as três escadas da entrada Joe pegou a chave embaixo do pote de flor do lado esquerdo da porta e a abriu, me escorei nele depois de entrarmos e ele se virou para trancar a porta, o abracei por trás e ele andou até a escada do corredor, quando chegamos a ponta da escada Joe me colocou a frente dele me abraçando por trás e me ajudou a subir.

Degrau por degrau. Joe abriu a porta do meu quarto e ascendeu a luz_Cama ou banheiro?

_Banheiro._Joe me levou até o banheiro e me deixou lá, me sentei no banquinho na frente do espelho e tirei minha maquiagem lavei meu rosto e penteei meu cabelo, me levantei pra  tirar o vestido lavei meus pés e coloquei um pijama, escovei meus dentes e sai do banheiro.

Joe havia arrumado minha cama e deixado meu celular na mesinha da cama, eu sorri pra ele. Que estava sentado no puff do meu quarto. Ele ergueu seu rosto quando me viu e devolveu meu sorriso.

_Você esta maravilhosa pequena.

_Obrigada Joe._Eu fui pra cama me deitar_Joe?

_Sim?

_Dorme comigo essa noite?_Eu pedi ainda sentada_Por favor, por favor, por favor!!!

Joe respirou fundo, foi até minha janela e fechou a cortina e veio pra cama. Esperei ele se deitar e já me ia me deitar quando estranhei uma coisa...

_Vai dormir de camiseta essa noite?

Deixe-me explicar: Quando éramos crianças estávamos no acampamento de férias, eu tinha muito medo de dormir sozinha então eu era a única menina que dormia com um menino, Joe. Em uma dessas noites Joe teve um pesadelo horrível e conforme se debatia no sono ele acabou se virando de barriga pra baixo e uma coisa da qual nunca vou entender ou me esqueceu o botão da camisa que ele usava saltou para sua boca e ele sufocou sem conseguir acordar, ele estava quase morrendo quando o monitor chegou e fez a manobra de Hamlicth, para salvá-lo desse dia em diante Joe não dormi com nenhuma roupa acima da cintura.

_Se importa?

_Você sabe que não._Eu revirei meus olhos sentada vendo Joe tirar a blusa, nunca vou cansar de ver ele sem camisa, os músculos e o corpo maravilhoso me tirava o folego, e me dava um calor desgraçado, apaguei as luzes do quarto e me deitei nos braços dele com a cabeça encostada no seu peito, Joe deixou a cabeça dele cair um pouco sobre a minha e beijou minha testa.

_Joe?

_Sim.

_Amanha precisamos conversar.

_Sim precisamos.

Eu fechei meus olhos sentindo o cheiro do perfume delicioso dele.

_Joe?

_Sim._Ele resmungou

_Me faz um favor.

_Quantos precisar pequena...

_Nunca troque de perfume, tudo bem?

_Se é isso que você quer, tudo bem.

_Boa noite Joe._Eu beijei seu peito abraçando-o.

_Boa noite pequena._ Joe me abraçou d volta. E eu finalmente dormi.


X.O Capítulo 3- Término?


"A noite acordado, eu vou estar dormindo até o dia raiar esse é o preço que você paga por seus erros adeus ao sonho..."

Joe estava super animado quando o jogo começou ele realmente queria ver aquele jogo comigo, eu me deitei ao lado dele com um balde de pipoca.

_Hei_Eu disse cutucando o Joe_Esta tudo bem?

_Sim, tudo ótimo minha pequena_Ele beijou meu rosto._Eu gosto muito de ficar com você.

_Ah Joe eu também gosto_Eu coloquei pipoca na boca dele e depois coloquei na minha _Ah Joe? _Eu chamei ele

_Sim_Ele disse

_Que horas  o pessoal chega?

_Acho que daqui a pouco, por que?

_Na verdade eu não vou poder assistir o jogo com o pessoal._Eu mordi meu lábio já sabendo que o Joe poderia ficar bravo comigo.

_Por que você não vai poder assistir comigo?_Joe perguntou se sentando melhor na cama_ Sempre assistimos os jogos finais juntos... O que houve dessa vez?

_Nada, nada é que, é que_Se eu mentisse pro Joe ele saberia mais cedo ou mais tarde, mas eu não queria que brigássemos mais_ Você provavelmente não vai gostar, mas Logan hoje ta fazendo aniversário e vai dar uma festa e me chamou... E eu vou.

Joe não disse nada ficou me observando e assentiu com a cabeça dando de ombros e pegou o balde de pipocas da minha mão comendo e aumentou o volume da tv no pré jogo_ Divirta-se pequena.

E ele me ignorou totalmente. Eu permaneci olhando pra tv esperando que alguém aparecesse e acabasse com esse clima ruim que se estabeleceu no quarto, mas não iria aparecer alguém por que como sempre só aparece alguém pra atrapalhar algum momento bom, mas nunca para ajudar num  momento ruim. Então eu me deitei ao lado dele deixando minha cabeça cair em seu braço, e ele não afastou o braço então não estava tudo realmente perdido para esse fim de tarde.

_Então quem você acha que ganha?_Joe me perguntou  mudando de assunto e fiquei agradecida, mas por outro lado fiquei frustrada por que queria ter uma discussão com ele sobre o assunto, apesar de não gostar de brigar com o Joe  não vejo problema em uma discussãozinha de vez em quando, se bem já tínhamos tido nossa cota de brigas por hoje.

 Não gosto quando Joe fala mal do Logan, mas gosto da sensação de que ele esta tentando me proteger seja la do que for que esteja no meu caminho, ele desse jeito calado e teimoso me faz sentir segura. Pensando nisso joguei meus braços pelo abdomen dele o abraçando e colocando minha cabeça em seu pescoço.

_Joe não fica bravo comigo, é que é importante pra mim só isso.

_Eu sei Demi ele é importante pra você, mais importante que o resto do mundo, mais até do que eu ou os nossos amigos, eu sei disse e não me importo mais... Se isso te faz feliz vá lá faça o que quiser.

_Espera ai Joe eu nunca disse que ele era mais importante do que você ou os nossos amigos_Eu disse tentando me controlar pra não brigarmos mais.

_Sabe, Demi pra certas coisas a gente não precisa dizer nada, as ações valem mais que qualquer palavra.

_Joe! Logan é meu namorado e eu amo ele!_Eu disse me sentando já com raiva de ter que repetir isso de novo pra ele.

_Eu já sei disso Demetria aliás eu acho que do jeito que você fala isso o mundo todo já sabe, então vai continue tentando convencer a você mesma, a ele e ao papa se quiser que ele é o grande amor da sua vida eu não me importo mais.

_Você esta sendo injusto Joe!_Eu disse a ele tentando entender por que o Joe ás vezes se tornava tão intratável_ Eu não estou tentando convencer ninguém!

_Não? Então, por que diabos você esta sempre repetindo "eu te amo"quando se trata dele como se ele fosse tudo na sua vida?

_Eu também digo que te amo!_Eu disse olhando nos olhos dele tentando fazer ele entender que realmente amo ele e que ele é importante pra mim mais do que qualquer um, mas eu percebi tarde demais que não foi esse o efeito que eu causei Joe bateu palmas e se levantou da cama._ Joe eu não quis dizer o que você esta pensando...

_O que eu estou pensando Demi? Que eu sou só mais um dos caras para quem você distribui "eu te amo"? Sem tanta importância, certo?

_Meu Deus Joe é claro que não!_Eu me levantei e fiquei de frente pra ele_ Você é a pessoa mais importante pra mim assim como eu sou pra você.

Eu não estava sendo convencida nem nada, mas eu sabia bem que eu era importante pro Joe de um jeito único ele me amava e eu o amava, sempre foi assim e sempre será.

_Não Demi, eu não sou tão importante pra você quanto você é pra mim, mas não sou mesmo...

_Como você pode dizer isso?

_Dizendo._Ele respondeu  dando mais um passo a frente mais perto de mim tive que erguer minha cabeça para olhar pra ele._Eu não tenho mais importância pra você, aliás nada e nem ninguém tem mais importância do que o amor patético da sua vida... Aliás? Que vida? Já que você deu pra viver em função dele.

_A nossa amizade tem importância sim... Espera _eu disse encarando-o_ Você esta bravo assim por que eu não vivo mais em função da sua vida?

Joe riu jogando a cabeça pra trás, mas não havia humor na sua voz._ Sabe Demetria ás vezes pessoas ficam com raiva por que amam demais, sabe?

_Ah agora você vai dizer que esse circo todo que você armou é por que você me ama? Por favor Joe, isso é ridículo! Faça-me o favor você esta sendo infantil e teimoso.

_E você esta sendo cega, esta sendo uma bonequinha manipulada, esta sendo... Burra!

_Joseph!_Eu disse com os meus olhos ficando cheios de lágrimas, Joe nunca havia sido cruel comigo.

_O que foi?_Ele perguntou_Você fala o que quer pra todo mundo, não me diga que a dona da verdade não gosta de ouvir umas verdades, só pra variar?

_Você esta sendo um idiota!

Ele deu de ombros_ E você esta sendo boba e ingênua e se acha muito esperta e madura então eu acho que estamos quites bonequinha de pano._Eu sacudi a cabeça pra ele secando uma lágrima que caiu pelo meu rosto, que ironia Joe geralmente secava minhas lágrimas, não me causava lágrimas._ Você não tem que se arrumar para uma festa ou coisa assim?_Joe perguntou praticamente me expulsando do quarto_Acho que vai ter que sair pela porta já que trancou sua janela hoje de manhã.

Eu sorri incrédula pra ele, ferida, magoada e com o coração em pedaços eu até podia tentar disfarçar, mas eu sei que Joe me conhece muito bem, então deixei que ele visse tudo em meu olhar, assim como eu podia ver a raiva, a frustração, a culpa, a dor e o arrependimento nos olhos dele. Ele também não tentou disfarçar nada.

_Você fala que eu não dou importância pra nossa amizade, mas é você quem esta me afastando de você, não o contrário. Espero que esse amor incrível que você sente por mim amargue e que você se envenene.

_Pode deixar Demi_Ele disse indo abrir a porta do quarto dele pra mim sair_ Eu vou tentar fazer, afinal eu sou seu cachorrinho, sempre acabo fazendo tudo o que você quer.

Eu apenas olhei pra ele, Joe nunca havia me magoado tanto._Sinceramente, espero ficar um bom tempo longe de você, por que nesse momento não tem nada que eu odeie mais do que você.

_Que seja Demi._Ele disse me apontando a porta_Será uma honra até mesmo ser odiado por você, agora se eu não me engano você tem que se arrumar para uma festa._Ele disse com um sorriso falso que  me queimou o sangue de tanta raiva.

Ao invés de pegar o resto de dignidade que eu ainda tinha e sair não eu bati a porta empurrando Joe contra a parede derrubando o quadro com nossas fotos. Eu olhei pro retrato caído no chão quebrado e cacos de vidro espalhados. Joe respirou fundo e me empurrou delicadamente e abriu novamente a porta do quarto me colocando pra fora, eu não queria quebrar o retrato eu sei da importância dessas fotos, eu não queria ter feito aquilo. Lágrimas caíram rolaram pelos meus olhos e forcei a maçaneta do quarto tentando abrir a porta pra falar com o Joe e me desculpar, mas ele havia trancado a porta, isso é ridículo!

Afinal o que isso queria dizer? Que estava mesmo tudo quebrado, até pra nós nossa amizade? Eu bati na porta do quarto do Joe, mas ele obviamente não abriu a porta, e nem me respondeu.

_Me desculpa._Eu disse através da porta.

Eu desci as escadas chorando e passei pelo pessoal. Ah agora eles resolveram chegar isso são horas? Uns 20 minutos atrás eu adoraria ver eles, mas agora que a merda já ta feita não adianta muita coisa.

_Hei Demi você vai mesmo a festa?_Miley perguntou um pouco tristinha, mas a menção da festa me irritou.

_Ah querem saber? Foda-se pra vocês eu tenho mais coisa pra fazer ta legal?!

Eu sai passando por eles, mas unhas pintadas de vermelho seguraram meu braço_ O que houve?_Selena perguntou pra mim.

Eu dei de ombros_Eu consegui acabar com tudo, acho que Joe e eu meio que terminamos nossa amizade pra sempre._Eu ri e algumas lágrimas caíram eu as limpei tão rápido quanto elas apareceram_ Ele me odeia Selena, me odeia!

_Jesus não Demi!_Selena me abraçou e me tirou de dentro da casa Jonas me levou pro balanço nos fundos da casa deles, esse maldito balanço onde eu brinquei tanto com o Joe, onde ontem ele estava me balançando e cantando ao mesmo tempo pra tentar me fazer vomitar. Eu ri parecia bem distante agora essa lembrança agora, não queria ficar aqui._ O que com vocês? Dessa vez.

Eu contei tudo a Selena e quando disse do retrato com as nossas fotos fez uma careta como quem diz "garota você fez merda!".

_Eu não fiz de propósito!

_Eu sei que não.

_Mas, eu tava com raiva.

_Eu sei.

_Ele me chamou de burra.

_Não discordo totalmente dessa afirmação.

_Selena!

_O que? Você sabe que não é pro seu mal.

_O Joe nunca mais vai querer falar comigo.

_Provavelmente.

_Sel você não esta ajudando.

_Desculpe, mas você sabe o que tem que fazer.

_Eu não vou fazer isso._Eu disse a ela_Ele me magoou primeiro ele que se quiser me peça desculpas.

_Demi você desejou que o amor que ele sente por você se amargue e que ele se envenene!_Selena disse perplexa_ Isso é o mesmo que dizer "me esqueça e não fale nunca mais comigo, ou melhor ainda me odeie e me despreze faça de conta que não nos conhecemos." E quer que o cara venha aqui ficar de joelhos te implorar por perdão, sério?

_Mas, Selena ele falou...

_Eu sei o que ele disse, mas infelizmente é verdade Demi, você esta esquecendo que tem família, amigos e esquecendo quem você é por causa do namorado, é claro que o Joe não foi muito gentil, mas ele não falou nenhuma mentira.

_Ah obrigada Selena, você gostaria de jogar na minha cara que eu sou uma cadelinha na coleira pro Logan?

_Eu não estou jogando nada na sua cara Demi, por que você não esta enxergando isso, esta apenas ouvindo.

Eu olhei indignada para o céu e sacudi a cabeça_ Eu tenho uma festa de aniversário pra ir e ficar aqui discutindo com cada pessoa que faz parte da minha vida não vai adiantar nada.

_Uma dessas pessoas você esta perdendo Demi, aliás mais de uma.

_O que esta querendo dizer Selena? Não quer ser mais minha amiga?

_Não é isso que eu estou dizendo Demi, estou dizendo que você afastando seus amigos que te amam de perto de você, só isso.

_Ta Selena, ta._Eu me levantei e fui pra casa me arrumar. Tomei um banho rápido pensando no Joe, na nossa briga terrível e pensando que talvez, eu pudesse assistir uma parte do jogo com o pessoal, então me arrumei rápido, vestido, maquiagem, salto alto e fui tentar achar meu celular, mas me dei conta que deixei no quarto do Joe. Criei coragem e fui até a janela chamá-lo.

Joe e eu sempre nos entediamos dessa vez não seria diferente. Eu não podia deixar ser.

_Joe!_Eu chamei da janela_Joe! Joseph!!!!

A janela abriu e eu fiquei feliz que pelo menos ele ainda abria a janela pra falar comigo, nem tudo estava perdido ainda.

_Eu deixei meu..._ Antes que eu pudesse completar a frase Joe jogou meu celular dentro do quarto e caiu em cima de um dos pufs que eu tenho no quarto._É, era isso obrigada.

Ele não disse nada e já estava fechando a janela do quarto quando eu fiz uma última tentativa de acertar as coisas entre a gente._ Eu estava pensando que talvez desse tempo de eu assistir um pedaço do jogo com vocês, o que acha?

_Acho que você tem uma festa pra ir Demetria._Ele sorriu e fechou a janela.

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

X.O Capítulo 2- Infinitos


"Alguns infinitos são maiores do que outros."

Eu permaneci durante a manha toda ao lado do Logan beijando ele e o abraçando e me divertindo com ele, ele não é do tipo romântico, mas é definitivamente um bom namorado com certeza e eu gosto tanto de tudo que ele faz e fala... Mas eu não pude me separar do meu celular esperando que me respondesse de uma vez que falasse que as coisas entre nós continuam bem e que essa foi apenas outra briguinha bobas, mas ele não me respondia.

_Ei amor_Logan me roubou um selinho e eu sorri pra ele_Vai ter uma festa hoje lá em casa e comemoração ao meu aniversário e eu quero que você vá.

_É claro que eu vou._Eu sorri pra ele o beijando de novo.

_Pode chamar seus amigos também.

_Sério?_Eu sabia que Logan também não era f'ã dos meus amigos, assim como meus amigos não eram fã do Logan. Ele assentiu pra minha pergunta e eu o abracei de volta_ Que bom! Eu vou contar pra eles e aproveito e almoço._Eu lhe dei um selinho e sai correndo para o refeitório para contar a novidade.

_Genteeee!_Eu disse me sentando no meio deles e roubando uma batata frita do prato da Miley_Logan vai dar um festa de aniversário e vocês foram convidados para comparecer meus caros e belos amigos!_Eu disse feliz e sorridente pra eles, mas eles não compartilharam da minha felicidade._ O que foi?

_É Demi não vamos na festa do Logan!_Miley disse jogando as mãos para o alto

_Por que não?_Eu perguntei frustrada_ Vocês vivem reclamando do Logan, mas quando ele tenta ser legal com vocês vocês bancam os infantis!

_Ei Demi pega leve!_Selena protestou_Não somos obrigados a gostar dele só por que ele é seu namorado perfeito dos sonhos_Selena zombou_Não estamos sendo infantis, na verdade não estamos sendo falsos!

_É Demi_Miley concordou _Amamos você baixinha, mas não ele_Miley deu de ombros.

_Meninos?_Eu me virei pra parte masculina da mesa_ É uma sexta-feira a noite!

Nick, Liam se olharam e me olharam_Não!

_Ah qual é? Deixem de serem chatos!

_Não Demi não queremos saber dessa festa._Nick disse.

_E aliás tem jogo hoje, nós já tínhamos combinado tudo.

Noite de jogo, é um ritual entre a gente ainda mais quando é uma semi final entre os Lakers e o New York Matts.

_Ah o jogo!_Eu me lembrei batendo com a mão na minha testa_Mas, é o aniversário...

_Do meu namorado amor da minha vida_O pessoal me zoou.

_Vocês são os piores amigos do mundo!_Eu disse rindo, mas me lembrei do Joe e peguei meu celular sem nenhuma mensagem só podia ser brincadeira!_ Alguém ai falou com o Joe?

_Sim!_Todos responderam ao mesmo tempo

_O que? Todo mundo falou com o Joe menos eu? Ah qual é isso já é infantilidade demais da parte dele, que merda!_Eu peguei meu celular e fui até uma árvore onde o pessoal fica na hora do almoço e liguei para o Joe. Eu estava desistindo quando ele finalmente atendeu_ Esta viva a margarida!_Eu zombei_Oi bebe.

_O que você quer Demetria?_Não era o Joe ao telefone era o pai dele que obviamente não gosta de mim. Um rápido e breve resumo, os pais dos Jonas são separados, isso por que eu vi o Papa Jonas beijando outra mulher e contei ao Joe que não acreditou em mim, mas depois de uns dias nós vimos pessoalmente Joe achou que a mãe precisava saber e tirou algumas fotos para mostrar ela. No dia em que Denise ficou sabendo foi uma confusão e eu estava lá ao lado do Joe segurando a mão dele e de alguma maneira não lembro como ficaram sabendo que fui quem contei sobre a traição dessa maneira o Papa Jonas me odeia até o fundo da sua alma. Nenhum dos 3 filhos do casal se dão bem com o pai e principalmente o Joe por isso eu estou totalmente estranhando o fato de que Joe estava com o pai.


_Ah oi... É eu quero falar com o Joe._Eu ri nervosa.

_Por que?

_Por que ele é o meu melhor amigo... E o que diabos você ta fazendo com o celular dele?

_Joe esta ocupado e deixou o celular dele comigo.

_Ocupado com o que?_Eu perguntei estranhando isso.

_Fazendo um exame médico._O pai dele respondeu e meu coração acelerou demais, Joe sempre teve uma saúde de ferro raramente ficava doente o que significava que era algo sério.

_Que tipo de exame? O Joe esta bem? O que ele tem? Por que ele precisa fazer um exame médico?

_Exames menina chata. Ele não esta bem, mas também não esta mal.

_Que horas ele volta pra casa?

_Daqui a pouco_Ele respondeu de má vontade_Olha eu vou desligar não gosto de falar com você.

_Como se fosse alguma maravilha falar com você!_E ele desligou o telefone o pessoal chegou se sentando e deitando perto de mim embaixo da "nossa" árvore._ Quando diabos vocês iam me contar que o Joe esta no hospital??

Nick que estava deitado se sentou rapidamente quase derrubando a Selena de seus braços_Como assim Joe esta no hospital?

_Vocês não sabem?

_Não_Eles responderam em uníssono perfeito, então eu suspirei e contei tudo a eles que entenderam tanto quanto eu.

_Tudo bem então._Eu disse_Após a aula todo mundo na casa do Joe pra saber o que esta acontecendo com o meu bebe!

_Combinado_Todos dissemos juntos.

_Bem, eu ia ter que ir pra lá de qualquer forma mesmo._Nick deu de ombros se deitando de novo puxando Selena pra ele, ele estava tentando parecer forte e fazer piadinhas, mas estava preocupado de verdade com o irmão.'

Joe nunca fica doente, é de se preocupar. Ai Joe!

***

_Oi Mama_Eu disse chegando na sala da casa Jonas e o pessoal atrás de mim fui até ela lhe dando um beijo, olhei em volta, mas Joe não estava ali._Onde esta o Joe?

_Oi querida_Denise sorriu doce_Lá em cima dormindo.

_Uhum_Eu resmunguei_ O que houve com ele?

_A pressão do Joe subiu muito rápido o que o deixou com muita dor de cabeça, um pouco de falta de ar, tontura, e o coração muito acelerado, mas disso ele já esta bem _Denise sorriu_ É que ele esta fraco, fizeram uma bateria de exames ele também esta com alguma doença no sangue_ Ela passou as mãos pelo rosto olhando pra gente_Mas, não é nada realmente grave apenas uns dias de cama, vitaminas, alguns remédios e ele estará forte como sempre, meninos.

_É sério mãe, ou esta tentando aliviar a coisa?_Nick perguntou_ É que é o Joe ele nunca fica doente!

_Eu sei disso Nick_Denise riu_Mas, eu não estou tentando aliviar a situação é só isso de verdade, alguns cuidados especiais, mas só isso.Eu juro.

Eu não parava de olhar para as escadas enquanto eles conversavam sobre tudo, mas eu só queria subir e ver o Joe, mesmo que ele esteja dormindo.

_Pode subir Demi_Denise disse me olhando_Todo mundo sabe que ele ficaria feliz em acordar e ver você e você esta louca pra subir... Ele precisa de você tanto quanto você precisa dele.

_Somos melhores amigos sempre vamos precisar um do outro.

_É você tem razão, sempre vão precisar um do outro._Ela sorriu_ Sobe querida.

_Obrigada Mama.

E sem pensar duas vezes eu praticamente pulei os degraus e entrei no quarto do Joe respirando antes de abrir a porta para recuperar o fôlego. O quarto do Joe sempre foi meu lugar favorito no mundo por dois motivos 1) Tinha o cheiro do Joe e 2) É do Joe. Quando entramos na adolescência todo mundo achou que nos separaríamos por que não fazia sentido um menino continuarem amigos, mas todos estavam errados. Eu e Joe continuamos firmes e fortes, juntos e inseparáveis. Eu olhei pra nossas fotos colocadas num único quadro como se fossem filmes de uma máquina fotográfica antiga e sorri. Essas fotos eram as favoritas do Joe, foram tiradas no meu último aniversário.

 Eu fui até a cama do Joe e me sentei do outro lado da cama de casal e me inclinei sobre ele, tão lindo dormindo, mas ainda sim parecia cansado. Eu acariciei seu rosto tirando uma mecha do seu cabelo que caia um pouco sobre a testa, beijei seu rosto.

_Bebe_Eu chamei_Acorda meu príncipe quero falar com você._Eu beijei seu rosto de novo ele virou um pouco seu rosto e eu acabei dando um selinho nele, mas não me afastei dele tão rápido quanto deveria fiquei realmente sentindo os lábios dele eram bons e macios como eu me lembrava e como eu sentia quando ele beijava meu rosto ou minha testa.
 Não entendam errado, mas sim eu já beijei Joe uma ou duas vezes antes. A primeira vez tínhamos 9 anos achamos estranho e engraçado quando vimos outras pessoas se beijarem e quisemos ah experimentar, não foi um beijo de verdade foi tipo um selinho bom e demorado, como não sabíamos o que isso significava apenas sorrimos um pro outro eu me lembro bem desse dia. Eu gosto desse dia. E a segunda vez que nos beijamos foi no meu aniversário de 16 anos. Foi meu primeiro beijo de verdade, Joe me deu como se fosse um presente de aniversário e foi o melhor presente de aniversário que qualquer pessoa no mundo já me deu! 
Eu afastei meus lábios do Joe e novamente beijei seu rosto passando minhas mãos por seus cabelos_Joseph Adam Jonas você é o amor da minha vida eu te amo e quer que você o meu bebe acorde pra mim poder olhar pra esses lindos olhos castanhos esverdeados que eu tanto amo!

Ele ainda não abriu os olhos então eu passei novamente minhas mãos por seu cabelo e puxei um pouco.

_Você realmente não sabe respeitar o sono dos outros_Joe resmungou e eu sorri_Nem quando elas estão enfermas, você é tão chata pequena!

_Sim eu sou decepcionante, né?

_Extremamente decepcionante!_Ele concordou e mentalmente eu rezei pro Joe abrir os olhos por que eu realmente queria ver esses lindos olhos que eu tanto amo, e ele abriu os olhos e um pequeno sorriso.

Eu sorri pra ele de volta e o abracei pelo pescoço deixando meu corpo cair sobre o dele_Como você esta bebe?

Joe me devolveu o abraço bem forte e beijou meus cabelos_Eu estou melhor agora minha pequena. Eu fico sempre melhor quando você ta comigo.

Eu sorri com meu rosto escondido em seu pescoço_ Eu sei... Também fico melhor perto de você._Beijei ele logo abaixo o queixo e senti os braços do Joe me apertarem mais forte eu adoro quando ele faz isso_ Me desculpe por hoje mais cedo bebe, aquela briguinha foi estúpida e desnecessária e você sabe, né? _Eu ergui a cabeça para olhar pra ele _Eu não te odeio de verdade, eu amo você isso é verdade e real.

_Eu sei Demi, eu sei._Ele disse beijando minha testa_Eu estou com sono por causa dos remédios se importa se eu dormir?

_Se importa se eu dormir com você?_Ele negou com a cabeça sorrindo_Então, eu não me importo._Dei de ombros tirando meus tênis e meu moletom e me ajeitei embaixo das cobertas do Joe ao lado dele, nos braços dele com a cabeça em seu peito. Fechei meus olhos passando minha mão por seu abdomen definido que eu não se eu comentei eu adoro. Joe beijou meus cabelos e alguns minutos depois eu senti a respiração do Joe mudar, mais lenta ele havia dormido. Eu praticamente sincronizei a minha respiração com a dele e dormi também.




Muito obrigada pelos numeros de visualizações da página!!! Boa semana a todos!!!

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

X.O Capítulo 1- Briguinhas...


"O seu amor brilha como sempre até mesmo nas sombras, querido beije-me antes que apaguem as luzes, o seu coração esta reluzente e eu estou indo ao seu encontro com tudo querido beije-me antes que apaguem as luzes, antes que apaguem as luzes querido me ame com as luzes apagadas"

_Joseph!_Eu gritei na janela estávamos atrasados para escola e ele provavelmente ainda estava dormindo era incrível como ele sempre se atrasa para escola, e moramos a duas quadras da escola._JOSEPH SOCORRO!!!

 Em menos de dois minutos a janela dele estava aberta, eu sorri vitoriosa, mas meu sorriso meio que sumiu quando vi o quão maravilhoso ele estava e era tão cedo pra ele estar tão bonito! Joe é meu melhor amigo desde sempre, mas de uns tempo pra cá ele adquiriu um corpo de deixar qualquer garota babando, mas Joe não tava muito a fim de nenhuma garota já fazia algum tempo. O que é bem estranho, mas eu prefiro assim do que ver ele com aquela megera louca da Lucy eu realmente não gostava dela, na verdade ainda não gosto

 Se bem que a história de que Joe esta apaixonado por outra garota me irrita profundamente... A maneira como ele fala dela, os olhos brilhando, o sorriso... E a dor por trás dos olhos. Ele gosta mesmo dela. Meu coração se apertou, tenho tanto medo de perder o Joe... E essa garota seja lá quem for pode me tirar ele e isso me machuca, machuca minha alma, não quero perdê-lo; "a garota mais linda que já vi na vida", vadia!

_Demi!_Joe tacou uma camiseta em mim acho que fiquei boiando enquanto olhava pra ele e pensando nessa garota que pode me tirar o Joe_O que diabos esta acontecendo com você pequena?

_Nada_Eu disse segurando a camiseta dele e jogando no sofá do meu quarto_Eu só queria que você acordasse de uma vez, não quero chegar atrasada hoje príncipe.

_Qual o problema? Chegamos atrasados sempre!_Ele exclamou rindo cruzando os braços e dando de ombros.

_É é eu sei, mas hoje é o aniversário do Logan quero ver ele de uma vez_Logan  é o meu namorado lindo, amor da minha vida_E você sabe não posso ir sem você, bebe.

_É é já sei_Joe falou mal humorado ele realmente não gostava dele o que eu realmente não entendia_Você precisa ver o idiota do amor da sua vida se não você vai morrer!_Ele disse cínico eu odiava quando Joe agia assim.

_Joe eu amo ele e...

_É Demi eu já sei você fala isso o tempo todo!

_E você aparentemente ainda não entendeu!_Eu disse sem pensar e má_Vamos Joe se arruma e vamos.

Joe suspirou e negou com a cabeça_Sinto muito decepcionar você senhorita Lovato, mas hoje não vou a escola, pegue uma carona com seu outro escravo Nick, ele esta saindo agora!

_Joe...

_Até mais tarde Demi!_Joe fechou a janela.

Eu realmente amo o Joe a amizade dele me faz sentir melhor e feliz ele sempre me trata bem e com carinho e não há nada que eu goste mais do que ficar com o Joe, mas ele ás vezes é tão difícil lidar,  principalmente quando esta bravo com alguma coisa o que parece ser o caso, na verdade ele esta bravo comigo por que eu namoro um cara que ele não gosta, porém Joseph Jonas NÃO gosta de nenhum dos meus namorados!

Eu bati o pé frustrada e liguei pro Joe. _O que é?_Ele atendeu no segundo toque_Eu deixei seus óculos na segunda gaveta do bidê da sua cama, pequena. Tchau...

_Joseph Adam Jonas!_Eu disse indo até o bidê pegar o meu óculos e guardar na bolsa da escola_Por que você ás vezes age como se eu tivesse que dar uns socos em você? Bebe, ontem estava tudo tão bem, por que não pode ser assim todos os dias?

_Por que aparentemente o mundo não é uma fábrica de realização de desejos!_Joe disse citando o livro do John Green_Você não estava atrasada para ver o incrível amor da sua vida?

_Ai Joe eu odeio você!_Eu desliguei o celular e desci as escadas para ir pra escola. Minha mãe estava viajando então Nicole a irmã mais velha e responsável da minha melhor amiga Selena estavam aqui em casa.

_Vai tomar café Demi?_Nicole perguntou quando apareci na sala de jantar.

_Não._Eu respondi grossa e de mal humor, Joe pode ser a pessoa que melhora o meu humor e faz meus dias melhores e mais felizes, mas também podia ser o cara que estraga o meu humor e faz meus dias ruins e tristes!_Estamos atrasadas, obrigada e tchau. Vem Selena._Eu disse puxando-a pela camiseta.

_Tchau meninas.

_Meu Deus Demi!_Selena disse ajeitando a camiseta e a bolsa_O que diabos houve com você?

_Chama-se Joe Jonas, ele é um idiota!_Eu disse frustrada chegando na rua e parando na porta, não me importava mais se estávamos atrasadas ou não tinha que falar com a Selena antes que Nick o namorado dela e irmão do Joe aparecesse_Por que ele faz isso?

_Faz o que?

_,Me deixa com raiva dele!_Eu disse jogando meu cabelo pra trás e cruzando os braços_Qual o problema dele?

_Vocês brigaram de novo. _Selena concluiu entendo o problema_Deixa eu adivinhar por causa do Logan_Eu assenti pra ela_Fico do lado do Joe, não gosto do Logam aliás a única pessoa que gosta do Logan além de você é ele próprio e talvez, com sorte a mãe dele também.

_Selena!_Eu disse sem achar graça da piadinha dela_É sério odeio brigar com o Joe isso me machuca, eu amo o Joe ele é o meu melhor amigo não gosto de ficar brigada com ele, que saco Sel!

_Talvez, esse seja o problema Demi!

_O que?_Eu questionei confusa

_Ele é seu melhor amigo_Ela respondeu e eu fiquei confusa olhando ela suspirou me olhando como se eu fosse ,maluca ou algo assim e sacudiu a cabeça me puxando para irmos pra escola_Você sabe que daqui a pouco ele vai se desculpar com você.

_Ele não vai pra escola hoje_Eu fiz um biquinho triste queria me entender com o Joe._Ele sempre se desculpa primeiro, e se eu fizer diferente e me desculpar primeiro dessa vez?

_Seria bom pra variar_Selena disse abrindo um sorriso pro namorado a nossa frente_Bom dia meu ursinho!

_Bom dia minha princesa!_Nick abriu os braços pra Selena que se enfiou neles se escondendo ali como se ele fosse um cobertor humano que a mantem quentinha e protegida_Dormiu bem?

_Sim até a hora que você se levantou e saiu_Ela deu um selinho nele_E você?

_Na verdade eu dormi muito bem!_Ele sorriu pra ela_Sonhei com a garota mais linda do mundo_Ele deu de ombros e Selena deu outro selinho nele_Bom dia baixinha.

_É bom dia_Eu disse sem muito animo_Vamos Miley e Liam devem estar querendo comer nosso fígado!_Eu comentei ainda de mal humor mesmo depois da cena extremamente doce do casalzinho ali na frente acho que eestou desenvolvendo diabetes com essas pragas.

_Eu ouvi você e o Joe brigando_Nick disse ficando no meio de nós duas nos abraçando pelos ombros_ Precisa pegar leve Demi, você esta se tornando tão chata quanto seu namorado.

_Nick!_Selena deu um tapa na barriga do namorado_Sutileza mandou lembranças querido.

_O que?_Nick disse_Eu disse que ela esta ficando chata, mas não completamente ela ainda não é um caso perdido, ainda pode ser salva de se tornar uma "insuportável".

Nick tinha uma lista bem complexa de pessoas que denominávamos " Os Insuportáveis!", eu obviamente não concordava com o fato de que o nome do Logan esta na lista, mas eram cinco contra um.

_Eu entendi o recado Nick._Nick era o cara extremamente sincero da turma ele falava na cara sem ficar mandando indireta eu apreciava isso nele de verdade, mas ás vezes como agora ele exagerava, mas eu estava preocupada com outra coisa enquanto caminhávamos para escola_Acha que o Joe não vai mesmo aparecer na escola?

Eu perguntei olhando pro Nick enquanto virávamos a esquina.

_Bem, quando eu sai ele estava deitado de  novo xingando Deus e o mundo por... por ter acordado cedo sem motivo.

_Nick escola é um bom motivo é o último ano!

_E todos sabemos que Joe não se importa com isso, até por que as notas dele são boas o suficiente para ele ir estudar em Hogwarts se quisesse.

_É eu sei, mas ele não pode relaxar agora no final!

_Meu Deus Demi!_Selena disse alto_Você esta assim por que esta realmente preocupada com o futuro dele ou por que quer ter um bom motivo pra ir atrás dele e ficar perto dele?

_Boa pergunta princesa_Nick beijou o rosto dela.

_É claro que eu me preocupo com o futuro do Joe!_Eu disse me sentindo um pouco culpada dei de ombros e agradeci mentalmente quando meu celular tocou e eu tive uma desculpa para fugir dessa questão, mas desanimei ao ver que não o é Joe e me animei novamente ao perceber que era o meu namorado Logan O culpado pelo fato de que Joe NÃO esta falando comigo Ahhhhhhhh_Feliz Aniversário amor!

_Argh!_Selena e Nick fizeram cara de nojo e Nick me soltou como se eu fosse uma doença transmissível.

_Bom dia linda obrigada!_Ele respondeu animado e eu sorri ao perceber que ele esta feliz__Onde você esta?

_Eu to chegando to quase na esquina da padaria.

_O que houve? Joe não acordou na hora de novo?_Ele riu provocando.

_Na verdade, Joe não irá a escola hoje.

_Aleluia esse sim é um bom presente de aniversário, não ver esse idiota hoje obrigado Deus!

_Logan! Não fala assim Joe é o meu melhor amigo é especial e importante pra mim.

_Desculpe minha princesa, desculpe eu não tive a intenção, não fica brava comigo minha coisinha linda.

Eu sorri cedendo_Eu vou pensar no seu caso de não ficar brava com você.

_É meu aniversário...

_Tudo bem, tudo bem você ganhou._Eu disse sorrindo_Eu vou desligar a gente se vê daqui a pouco amor.

_Tudo bem eu te amo... To com saudades coisa linda.

_Own eu também... Te amo amor._E então desligamos eu suspirei ainda sorrindo_  Daqui dois dias é meu aniversário, espero que eu e Joe estejamos bem até lá.

_Vão estar _Selena disse enquanto entrávamos na escola e o sinal bateu apertamos o passo para irmos para nossos armários pegar nossos materiais_ Vocês sempre se entendem e além do mais será seu aniversário!

Nick não disse nada sobre isso eu olhei pra ele e ele revirou os olhos_ O que? Ah Demi isso é problema de vocês e eu to atrasado pra minha incrível aula de química!_Miley e Liam estavam vindo em nossa direção_Eu ai pessoal!

_Hei Nick_Liam o cumprimentou_Vamos pra aula cara?

_Vamos_Nick deu um beijo na namorada e um beijo no meu rosto_Até daqui a pouco meus amores!

_Oi Liam_Eu e Selena dissemos juntas.

_Oi meninas_Ele respondeu sorrindo como sempre.

_Tchau Liam!_Eu e Selena dissemos juntas rindo.

_Tchau meninas!_Ele respondeu dando gargalhada e saiu com o Nick.

_Bom dia meninas_Miley e sua voz alta e linda nos cumprimentou_Ué cadê o Joe?

Miley era tipo a segunda melhor amiga do Joe depois de mim, então ela notava a não presença dele, e notava quando alguma coisa não estava certa, mas acontece que EU SOU a  MELHOR amiga dele e sim tenho ciúmes quando a Miley e ele ficam juntos rindo e confidenciando segredos não que exista algum segredo entre mim e Joe, isso não existe entre a gente.

_A gente brigou e Joe voltou a dormir._ Dei de ombros fingindo que não me importava.

Miley e Selena trocaram olhares e eu revirei os meus olhos fingindo não perceber a conversa silenciosa delas.

_Olha vamos pra aula?_Eu disse pegando meu livro de literatura inglesa e fui pra sala sem esperar por elas queria ver o meu namorado, depois eu me resolveria com Joe, mas agora eu tinha que ver o meu amor!

Entramos na sala e eu fui direto abraçar o Logan lhe beijando antes que a professora chegasse_Feliz aniversário meu amor, minha vida!_Eu beijei todo o seu rosto_ Tenho algo pra você!

_Hum... O que será?_Ele disse curioso e sorrindo Logan é tão lindo com esses belos olhos azuis que eu amava_ Você sabe Demi que não precisava me dar nada.

_Ai Logan cala a boca e me deixa te dar um presente!_Ele ergueu as mãos em rendição e eu lhe roubei um selinho deixando a caixinha sobre a mesa e fui me sentar no meu lugar quase no fim da sala a frente da mesa que Selena e Miley dividiam nessa aula. E eu obviamente dividia minha mesa com o Joe que resolveu não vir hoje.... Demi deixa o Joe pra depois... Eu repetia pra mim mesma.

_E então Demi? O que deu ao Logan?_Miley perguntou curiosa

_Deus que não sejam camisinhas!_Selena se pronunciou olhando pra tela do celular.

Eu mostrei a língua pra Selena, mas respondi a Miley_ Um relógio caro._ Dei de ombros.

Miley revirou os olhos e a professora entrou na sala_Bom dia galera!

_Boa dia!_Respondemos juntos.

_Minha amada senhorita Gomez, desligue o celular.

_Claro professora!_Amanda era a professora mais legal que existia no mundo, mas algumas regras ela gostava que seguíssemos._Tudo por você minha rainha!

_Sempre sabe o que dizer Gomez, por isso eu te adoro... E cadê o Joe?_Ela olhou pra trás e meu outro lado da mesa vazio eu dei de ombros_ Vocês brigaram?

A sala toda olhou pra mim e então eu neguei com a cabeça_Não Manda é que hoje Joe não estava se sentindo bem.

_Ah ta! Odeio quando... "Amigos"brigam._Ela disse sorrindo pra mim.

_É eu também, eu também _disse pensando no Joe e no fato de que ele ainda não havia me mandado uma mensagem ou me ligado.

 Amanda começou a aula e eu fiquei batendo as unhas na mesa impaciente com o Joe... E me arriscando a perder meu celular mandei uma mensagem pra ele.


"Bebe você ta bem?
Xoxo"

Esperei quase uma hora pela resposta, mas ela não veio. Oh Joe esta tão bravo comigo!!!



Prólogo- X.O


"... Eu estou apaixonado por você e você nunca vai saber, mas se eu não posso ter você passarei essa vida sozinho. Vou te poupar das tempestades e deixar os rios fluírem, você nunca vai saber como são as noites intermináveis, a rima da chuva ou como é ser deixado para trás e ver você chamar o nome dele. Junte suas coisas e abandone tudo, será que você não ver o que eu posso te dar? Não posso deixar esse coração que bate a deriva. Liberte-me desse terror noturno eu te darei tudo o que eu tenho, apenas deixe o seu amado, deixe-o por mim..."  

Joe On...


_Ah fala sério Demi_Eu disse rindo a segurando pelo braço_Isso realmente é sério?

_É é sim Joe!_Ela disse tentando me fazer soltar o braço dela_Eu tenho medo desse filme, é ridículo, me solta Jonas!

_Não solto não, minha pequena_Eu a puxei pra mim e a rolei no colchão ficando sobre ela, eu olhei pros olhos dela, pros lábios, pro rosto com sardinhas, a pele branquinha, o cabelo preto tão linda... Eu deixei minha cabeça cair no ombro dela... Eu estava ferrado e apaixonado por ela, que me vê como o melhor amigo de infância, o irmão que ela nunca teve e isso é fodidamente terrível é ainda pior que ser apaixonado por alguém que não sabe da sua existência... E isso dói.

_O que foi Joe?_Ela perguntou fazendo carinho nos meus cabelos e eu apertei ainda mais meus braços em sua cintura_Esta tudo bem.

_Sim_Eu murmurei_ Eu..._Estava cada vez mais difícil ficar sozinho com a Demi sem que ela perceba alguma coisa, mas acima de tudo ela é minha melhor amiga e não posso deixá-la sozinha por motivos tão egoístas quanto estar apaixonado por ela e ela não corresponder não do jeito certo._ Nada.

_Oh não bebe... Me conta o que foi?_Ela escorregou ainda mais embaixo de mim e eu tive que suspirar fundo fechando os olhos. Demi confiava tanto em mim que nem imaginava que eu como qualquer outro cara tinha alguns pensamentos impróprios com ela e essa maldita camiseta branca que não tapava nem metade da bunda dela e que subia conforme ela se mexia, o que me fazia sentir o corpo dela no meu com mais facilidade e porra eu tenho 17 anos não da pra controlar todos os seus desejos... Ainda mais com a garota que você gosta tão perto de você_Joe você tava brincando e agora ta com essa carinha de quem ta com dor... _Ela acariciou o meu rosto_Você  não pode mentir pra mim o que houve?

Abri meus olhos pra ver os dela, ela tem total razão não posso mentir pra ela_Eu to com dor Demi!_Eu confessei a ela._Meu coração dói.

Ela curvou um pouco a cabeça_Dói é?_Eu concordei com a cabeça_E por quem?_Ela perguntou olhando pro teto_Eu posso saber quem é a garota que teve a honra de ganhar seu coração?

Eu ri novamente escondendo meu rosto em seu pescoço " Você Demi, você ganhou meu coração" pensei em responder, mas mordi minha língua. Ela não ganhou porra nenhuma sempre pertenceu a ela, meu coração nunca teve outra dona, nunca.

_Então Joe? Quem é ela?_Ela me perguntou curiosa eu beijei seu pescoço e ela gemeu, prestei atenção nesse detalhe, mas não criei esperança_Não tente me distrair Jonas, quem é ela?

_Não interessa_Eu respondi olhando pra ela colocando uns fios de cabelo dela pra trás_ Não agora minha pequena.

_Ela esta te machucando._Ela disse com a mão em meu peito acariciando, eu tirei a mão dela dali, não sou tão masoquista, e beijei seus dedos.

_Ela não sabe, ela nem sonha com isso.

_Não interessa, ela esta machucando você._Demi cruzou nossos dedos_Você não merece.

_Esta tudo bem Demi.

_Pra mim não._Demi ficou um tempo olhando pela janela e respirou fundo_Vadia!

_Não fale mal dela Demi.

_H desculpe._Ela disse cínica e irônica... Se ela soubesse o quanto gosto de ver ela bravinha_Por que eu não posso saber quem ela é?

_Por que ainda não é a hora._Eu respondi saindo de cima dela e indo arrumar a cama dela pra ela ir dormir.

_Ela tem namorado?_Demi começou a arrumar a cama do meu lado_ É isso?

_Deita Demi._Eu disse a ela indo apagar a luz e peguei o controle da tv mudando de canal, coloquei em um canal de desenhos que ela gosta.

_Você vai deitar comigo não vai?

Lembra que eu disse que não era muito masoquista? Pois então eu menti. Tirei minha camisa e fui me deitar ao lado da Demi que se ajeitou nos meus braços com a cabeça em meu peito e a mão me abraçando pela cintura.

_Ela tem namorado?

_Você não cansa?

_Não. Quero saber o que ela tem de especial pra ter a honra de ganhar o seu coração Joe... Então, ela tem namorado?

_Infelizmente tem... _Eu revirei os olhos fazendo carinho no braço dela por debaixo da manga_Um babaca idiota que realmente não merece ela, só que ela não vê isso... Ela não consegue ver que merece mais... Isso me irrita!

_Mostre a ela Joe, mostre que ela merece mais do que o que ela tem._Eu achei fofo a maneira como ela fala sem saber que eu falo dela. Eu a abracei com força beijando sua testa.

_Não é assim que as coisas funcionam Demi, não posso fazê-la enxergar o que ela não quer ver... O coração quer o que ele quer... _Dei de ombros_E o coração dela tem exatamente o quer.

_E se alguém mostrar a ela e ao seu coração que ela pode ter mais?

_Isso tem que partir dela... O coração dela tem que saber disso.

_"Nós recebemos o amor que pensamos merecer."_Ela disse citando "As vantagens de Ser Invisível"

_Exatamente pequena.

_Isso é injusto.

_Nada é justo no mundo Demi, e esta tudo bem minha pequena.

Demi se virou pra me olhar e sorriu pra mim eu tirei seus óculos e coloquei no bidê ao lado da cama.

_Como ela é?_Demi questionou.

Eu sorri pra ela. Essa era fácil de mais_É a garota mais linda que eu já vi no mundo.

Demi arregalou os olhos e me olhou surpresa_Hum.

Ela se deitou novamente sem encostar em mim cruzando os braços sobre o peito, subia e descia em um ritmo acelerado.

_O que foi?_Eu questionei me virando pra ela acariciando seu rosto.

_Nada.

_Mesmo?

_É sério Joe? "A garota mais linda que você já viu"?

_Você perguntou._Eu respondi calmo pra ela, estava achando toda a situação engraçada demais...

_Ela é o que o clone da Angelina Jolie?

Eu ri_Ela é ainda mais bonita.

Demi me olhou perplexa.

_Hum... Que  bom pra você então.

_Esta com ciúmes Demi?_É ou não é engraçado saber que a Demi esta com ciúmes de si mesma? E também muito triste.

_Bem eu acho que tenho esse  direito Joe...

_Demi você é  unica na minha vida.

_É aham sei... Só por que você ainda não pegou a garrota mais linda que você já viu na vida vulgo mais bonita que a Angelina Jolie.

_Você sempre será a minha linda pequena.

_Vai se ferrar Joe._Ela se virou pra parede.

Eu fechei os olhos a abraçando de conchinha e sussurrei no ouvido dela_Demi Lovato eu te amo.

Demi cruzou sua mão na minha e sussurrou de volta _Eu também te amo Joe Jonas.

Eu fiquei assim com ela até as 3 da manhã quando acordei do nada, e me dei conta de que ainda estava com ela eu sorri vendo-a dormir por um tempo, beijei seu rosto e me levantei, guardei o óculos dela pra ela não quebrar. Desliguei a tv e beijei a testa e o rosto dela, depois cobrindo-a melhor.

Sai do quarto dela pulando a sacada pro meu quarto. Me deitei na minha cama depois de tomar um banho.

_Chegou agora?_Nick apareceu na porta do meu quarto.

_Uhum e você?

_Um pouco antes... Estava dormindo com a Selena.

_Que bom pra você._Eu disse jogando pro alto uma bolinha de basquete e pegando no ar.

_Você vai acabar em depressão se não contar pra Demi que esta apaixonado por ela.

_Nick eu sou apaixonado pela Demi a vida toda, posso continuar as coisas como estão.

_Será? A Demi agora já é uma mulher bonita e desculpa cara, mas gostosa. E você também não é mais um menininho.

_Eu sei disso melhor do que ninguém obrigado por me dizer o óbvio Nick.

_Eu só quero dizer que já faz um certo tempo que a Demi ta namorando... Quanto tempo mais acha que vai levar pra Demi ter algo mais intimo com o namorado? Como vai agir quando ela contar pra você? Vocês já estão brigando feito cão e gato sem tocar nesse assunto, vai conseguir fingir que isso não te magoa? Vai conseguir sorrir e dizer que esta feliz por ela, mesmo isso te matando por dentro?

_Você esta me matando agora cara.

_É o que eu estou dizendo cara. Eu estou só supondo... Tem que contar a verdade pra ela Joe, mais cedo ou mais tarde.

_Mais tarde Nick mais tarde.

_Você que sabe...

_Nick vamos dormir que daqui a pouco temos que levantar e se nos atrasarmos a Demi vai bater na gente... Em mim... Ela adora isso.

_Verdade... Boa noite mano.

_Boa noite.


Olhei pro teto de novo me cobrindo com o lençol. O pior é que o Nick tem razão... Talvez se eu começasse a namorar uma outra garota as coisas que eu sinto pela Demi comessem a sumir... Não vão sumir, mas eu vou ter que focar em mais alguém além da Demi... É talvez, doesse menos vê-la com outro se eu estivesse saindo com alguém... Não deu muito certo da última vez... Mas, eu posso continuar tentando. Eu tenho que esquecer a Demi... Garota dos infernos como se eu fosse conseguir esquecer ela... Ah ta até parece mesmo!

A Repórter Americana Epílogo


"Por favor não pare de me amar, de me querer como você me quer, por favor não pare de se importar agora como você se importa..."

_Joe!_Eu disse em alto e bom som_Preciso falar com o Joe!

_Não!_Miley e Selena disseram ao mesmo tempo_Nada de Joe!_Selena disse

_Exato._Miley disse arrumando o vestido vermelho no momento em que se levantou.

_Miley ele é meu noivo, pai do meu filho_Eu a lembrei_E eu quero e vou falar com ele_Disse erguendo a barra do meu vestido pra sair, mas Selena se pôs a minha frente_Caralho gente! Qual é?!

_É tradição Demi, não pode ver o noivo até estarem no altar_Eu cruzei os braços_Assim como é tradição que o noivo não pode ver a noiva vestida de branco... Regras!

_Uma regra de merda!_Eu disse _Faz uma semana que não vejo o Joe!_Ele havia ido viajar a trabalho._Não deviam ter me contado nada já que eu não posso ver ele!

_Nós contamos pra saber se você ficaria mais calma!

_Ai amiga! Eu não tinha a menor duvida de que Joe iria aparecer no nosso casamento_Eu ri pegando minhas rosas e admirando-as_ Só estava e estou nervosa por que não o vejo a alguns dias e..._Sorri._Tenho uma coisa importante pra contar pra ele.

_Ah é?_Selena demostrou interesse

_E o que seria?_Miley completou

_Cadê o Mathew suas tias desnaturadas?

_Ta lá embaixo. Sai correndo quando viu que era o pai que tinha acabado de chegar._Selena disse rindo.

_Bom isso é bom. E Analice onde esta?

_Com o pai também, não sei o que há com essas crianças, é a gente que sofre 9 meses, quase morre na hora do parto, vive preocupada, faz de tudo e quem elas preferem? O pai!_Selena disse indignada.

_Deixa de ser dramática Selena por favor!_Eu ri dela

_Sabe, eu acho que eu não levo jeito pra ser mãe_Miley comentou_ Eu amo crianças, mas não entendo como  vocês conseguem.

_Quer um segredo?_Eu disse ao lado da Miley_ A gente também não sabe. Mas, a gente faz, faz por amor... E você também vai fazer isso por amor, quando chegar a hora.

_E eu acho que você daria uma ótima mãe_Selena disse_Você é bem cuidadosa e atenciosa.

_É já é alguma coisa._Miley riu _Eu vou ver se já esta tudo pronto.

_Oh obrigada Miley.

Assim que Miley saiu meu celular tocou do outro lado da mesinha.

_Bebe pode falar pra capitã Cyrus que eu posso entrar e ver você?_Eu sorri ao ouvir um certo tom de irritação na voz dele.

_Amor eu tentei argumentar desde a hora que eu soube que você chegou, mas ela não deixa_Eu dei de ombros_E a Selena também não.

_Isso não faz sentido! Eu tenho um filho com você, mas não posso ver você num vestido só por que ele branco!

Eu ri dele _Eu sei, eu sei... Amor, já esta pronto?

_Sim, eu só queria ver você... Mas, tudo bem... Você esta pronta?

_Sim.

_E como esta?

_Me sinto a mulher mais bonita do mundo!

_Bebe, você é a mulher mais bonita desse mundo... _Eu senti ele rir do outro lado da linha._Eu tenho que desligar... Te espero no altar.

_Sim te vejo lá... Te amo.

_Também te amo bebe.


Eu suspirei fundo.

_Ta bom o Joe ta pronto... Podemos ir?

_Só mais uns minutinhos apressadinha.

Esses minutinhos se transformaram em quase uma hora... Antes de sairmos do quarto eu observei meu lindo vestido de noiva, tomara que caia justo, com uma saia comprida e larga, com brilhos delicados... Tudo em mim parecia delicado hoje.

1 ano e meio depois eu estava me casando com o Rei Jonas... Parecia até sonho, era bom demais pra ser verdade, mas era verdade. Eu sorri colocando uma corrente de ouro velho com um pingente delicado e uma pedrinha azul... Meu pai me deu de presente de 16 anos... Hoje é um dia especial.

_É lindo Demi!

_Papai que me deu_Eu olhei pra Selena do espelho_Sinto que ele esta aqui hoje, e orgulhoso.

_Sim ele esta Demi._Selena me abraçou com a cabeça em meu ombro me olhando pelo espelho_Mamãe também esta ai.

_Eu sei. Eu a convidei... Nós estamos conversando. Acho que Mathew me fez enxergar as coisas de uma maneira diferente.

_Eu sei me sinto com Analice também.

Escutamos alguém batendo na porta._Pode entrar.

_Então, Demi pronta?_Era Robert ele iria me levar para o altar.

_Sim._Eu sorri pra ele.

_Eu vou descer e tomar meu posto de madrinha de casamento_Selena disse dando um beijo em em meu rosto.

_Vai de uma vez Sel!

Ela saiu e eu fiquei admirando o Rei Robert a minha frente. Como Joe queria depois de um tempo ele assumiu Robert como irmão mais velho e passou a coroa pra ele, se tornando conselheiro da coroa. Mas, como diz o ditado... " Quem é rei nunca perde a majestade".

Eu respirei fundo e abracei Robert_Hoje é o dia mais feliz da minha vida Rob!

_Acredite: É um dia muito feliz pra mim também Dem! Eu gosto muito de você, você faz o meu irmão feliz, e nem preciso dizer que ele a ama, não é?

_Não, não precisa_Eu ri.

_E ele esta impaciente, vamos?

_Novidade seria se o Joe não estivesse impaciente Rob!

Peguei meu buquê de rosas vermelhas e segurei o braço do Robert hora de descer a escadaria. E conforme íamos descendo eu pude ver os rostos conhecidos e amigos, e até alguns flashes... Sim meu futuro marido com fobia de imprensa havia contratados alguns jornalistas para cobrir nosso casamento... Eu nem posso acreditar nisso.

Eu apertei o braço do Robert.

_Nervosa?

_Um pouco._Marie apareceu ao pé da escada com um lindo sorriso, vestido rosa,e os cabelos longos preso em uma delicada trança nas costas, jogando pétalas de rosa ao caminho que me levaria ao Joe._O.k muito nervosa.

Ele riu_Esta quase acabando.

_Ta todo mundo olhando pra mim.

_Você vai cair?

_Ai meu Deus espero que não_Eu ri _Eu morreria de vergonha.

_Então concentre-se que falta pouco pra chegar ao jantar e ao meu irmão cabeçudo._Ele disse e eu ri olhando pra frente... Para o Joe.

Joseph Jonas. Como sempre esbanjando beleza, seu belo terno preto tão lindo, e tão meu. Me concentrei nos seus olhos cheios de promessas e me senti mais calma, ele iria cuidar de mim e eu dele, então ficaria tudo bem. Eu sorri pra ele e ele me estendeu a mão que eu segurei.

_Obrigado Rob_Joe o agradeceu sem tirar os olhos de mim e beijou minha testa e depois minha mão._Você esta linda minha bebe.

_Engraçado estava pensando o mesmo de você_Me inclinei e lhe dei um selinho Joe segurou minha cintura, mas não aprofundou o beijo_Estava com saudade.

_Eu sei... Eu também.

_Irmãos e irmãs aqui presente..._ O sacerdote começou a celebração. Eu realmente não prestei atenção, nunca fui uma pessoa muito religiosa, nunca tive muita paciência pra essas coisas em si, na verdade essa parte da celebração ficou por conta de Joe Selena, eu não consegui entender nada desse blá blá...._ Então, pode beijar a noiva.

Essa parte eu entendo muito bem eu sorri pro Joe. Ele lentamente me pegou pela cintura, passou o nariz pelo meu e mordiscou o canto da minha boca_Eu te amo Demi._Ele me deu um selinho, e eu segurei seu rosto aprofundando o beijo. Eu estava a uma semana sem beijá-lo, e ele fica me provocando, isso não se faz! Senti ele sorrir por entre o beijo me puxando ainda mais pra ele. Amor, saudade, paixão, felicidade... Tudo em um beijo só!

Eu pude ouvir os aplausos e assobios, mas não queria me afastar do Joe... Ele sorriu e foi parando o beijo.

_Demi, bebe_Ele sorriu passando a mão pelo meu  rosto_Não podemos começar nada aqui.

_Eu posso é só mandá-los embora._Eu  sussurrei.

Joe riu_Mais tarde.

_Joe?

_Sim?

_Ah nada de mais... Só pra dizer que eu amo você.

Ele me deu um selinho.

As pessoas vieram uma a uma nos cumprimentar, mas depois de um certo tempo sem Mathew me chamando ou ao Joe eu estava preocupada.

_Marie_Eu a chamei quando ela passou por nós correndo_Princesa onde esta o Mathew?

_Estava com a vovó.

_Obrigada princesinha._Eu procurei minha mãe com os olhos, quando um casal que eu não conheço veio nos cumprimentar_Oh obrigada é muita consideração_Eu sorri fraco e voltei a procurá-los, algo estava errado.

_Bebe_Joe segurou minha mão acariciando meu pulso_O que foi?

_Não vejo Mathew ou minha mãe... Marie disse que Mathew estava com ela.

Joe também procurou, e não os viu._Hum... Isso é estranho...Edward!_Ele chamou o guarda perto de nós e o mais confiável_ Procure pela minha sogra e pelo meu filho agora. E não demore por favor.

_Sim senhor e senhora Jonas.

Eu ainda não havia reparado no peso desse sobrenome até ser chamada de Senhora Jonas.

_Não se preocupe amor... Esta tudo bem.

_Você acredita mesmo nisso?_Eu perguntei segurando sua mão com força.

_Ei_Ele me virou pra ele segurando meu rosto e sorrindo_Eu acredito nisso de verdade, esta tudo bem, não se preocupe minha senhora Jonas.

Eu sorri pra ele lhe dando um selinho_Tudo bem senhor Jonas, eu acredito em você.

_Senhor e Senhora Jonas?_Edward chamou.

_Sim_Dissemos juntos.

_Eles estão no seu escritório senhor.

_No meu escritório?

_Sim.

_Aconteceu alguma coisa?_Eu questionei estranhando aquilo

_Na verdade sim... Eles estão acompanhados... Pela senhorita Taylor.

Soltei a mão de Joe e fui ver o que aquela vadia loira, estava fazendo com a minha mãe e meu filho no escritório do meu marido. Em questão de segundos Joe estava ao meu lado segurando minha mão.

Ele não disse nada, apenas me ajudou a passar pelas pessoas que não eram muitas, mas ainda sim estavam no caminho. Sorrimos para algumas e dissemos que já voltávamos, eu vi alguns sorrisos maliciosos quando dissemos que precisávamos ficar sozinhos... Se não fosse o problema com Taylor eu não me importaria mesmo de ficar sozinha com o Joe para um sexo rápido. Não me julgue.

Eu abri a porta do escritório e vi Taylor rindo com a minha mãe que tinha Mathew adormecido nos braços, eu suspirei aliviada ao ver que tudo estava bem.

_O que faz aqui?_ Joe perguntou a Taylor que riu.

_Vim dar os meus votos de felicidade ao casal... E que lindo menino é seu filho Joe!

Isso era verdade, Mathew é de verdade um menino lindo. Cabelos escuros, pele branca, os olhos do pai... Uma mistura linda!

_Obrigada_Eu disse_Se quiser ir embora sinta-se a vontade Taylor.

_Demi_Mamãe me chamou a atenção.

_Não se preocupe Diana já esperava por isso._Ela segurou as mãos da minha mãe_Eu sou a ex-esposa do seu mais novo genro!

Minha mãe puxou as mãos dela_Oh! Não ouvi coisas boas a seu respeito.

_Receio que não...

_Ta já chega._Joe disse indo até Taylor pegando-a pelo braço_Não a quero aqui, ninguém a quer aqui.

_Eu tenho uma filha com você Joseph não pode me colocar pra fora como uma cadela qualquer.

_Não posso? Porque é exatamente isso que eu vou fazer... E sim Taylor você é uma cadela qualquer.

_Joe amor_Eu o chamei por mais que estivesse adorando isso, eu não queria dramas no meu casamento_Esta tudo bem.

_O que? _Taylor questionou

_Eu não me importo com ela, deixe-a se divertir um pouco quem sabe até tentar conversar um pouquinho com a Marie... Ela não é grande coisa pra mim... E pra você?

_Não significa mais nada._Joe disse largando o braço dela de qualquer jeito_Tem certeza de que não terá nenhum problema pra você?

_Tenho amor... Pode ir Taylor aproveite a festa.

_Falsa._Ela resmungou saindo.

_Divirta-se! Edward mostre a minha mãe o quarto do Mathew e coloque um guarda em seu quarto, por favor.

_Sim senhora Jonas.

_Desculpe querida._Eu sorri pra ela fazendo o sinal da cruz na testa de Mathew e lhe beijando a face delicada_Tudo bem mãe, sério.

_Diana_Joe a deu passagem e ela saiu Joe fechou a porta do escritório e cruzou os braços me olhando_Você é incrível a cada dia me surpreende mais!

_Você acha?_Eu disse me sentando no sofá perto da janela onde eu já perdi as contas de quantas vezes dormi com o Joe, ou passei as tardes aqui apenas vendo-o trabalhar ou fizemos amor... Tenho quase certeza que um de nossos filhos será feito aqui um dia desses.

_A cada dia que passa sinto mais e mais orgulho de você... Você é a mulher perfeita!

_Ah não exagera Joe. _Ele veio até mim me estendo a mão_O que foi?

_Quero te beijar antes de voltarmos a festa.

_Eu tenho que te contar uma coisa_Eu disse rindo e suspirando e bati no sofá pro Joe se sentar ao meu lado e assim ele o fez.

_O que foi?_Ele perguntou rindo_Essa sua cara... O que houve?

Suspirei fundo e o olhei nos olhos_Ah eu não sei bem como contar então não me julgue se isso não sai muito bem, da primeira vez não foi eu quem contei então...

_O que foi Demi, fala bebe_Ele beijou meus lábios castamente me puxando mais pra perto_Eu estou aqui por você.

_Que bom porque eu estou grávida de novo!_Eu disse rápido e dei de ombros_Surpresa!_Eu espalmei minha mão em seu peito.

_Como é?_Joe não apresentou nenhuma reação

_É eu sei nós precisamos mesmo andar com um estoque de camisinha ou algum tipo de marcador... Por que desse jeito não da... Nós vamos acabar tendo 50 filhos e eu sou muito preguiçosa pra um ter numero tão grande de filhos...

Joe me interrompeu me beijando_Aliás ótimo jeito de me fazer calar a boca_Eu ri passando meus dedos eu sua nunca e cabelo, Joe me puxou pela cintura para o seu colo.

_50 filhos??? Não Demi, é muito filho!

_Sim também acho.

_Mas, eu não me importo.

_Sério?_Eu perguntei acariciando seu rosto.

_Juro_Ele colocou um fio de cabelo meu atrás da orelha_Se isso te fizer feliz...!

_Joe eu não preciso de 50 filhos pra ser feliz... Basta ter você do meu lado homem.

_Então estamos no caminho do " FELIZES PARA SEMPRE" porque eu não vou deixar você nunca mais garota.

_Amém._Eu ri beijando-o_Eu te amo Joseph!

_Eu também te amo minha repórter americana._Eu gargalhei eu trabalho novamente como entrevistadora em uma revista que Selena comprou e somos sócias eu entendi que não precisava ser como meu pai para deixá-lo orgulhoso, bastava amar quem eu sou e o que eu faço, bastava ser feliz. E é assim que eu me sinto, me sinto feliz. Realizada. Amada. Por todos e por mim.

_Hum vamos voltar pra festa?_Eu perguntei

_Mais uns minutinhos aqui sozinhos Demi..._E Joe me puxou pra outro beijo_Não acredito que vou ser pai de novo.

_Poisé... _Eu disse beijando ele sem me importar com o fato de que nossas roupas iam acabar ficando amassadas.






It'over my sweets!!! This is the end!

Acabou a "Repórter Americana", mas daqui a pouco terá outra história para vocês lerem aqui nesse mundinho particular... E aí gostaram???



segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

A Repórter Americana Capitúlo 25 (último)



"Eu não tenho muito pra dar, mas eu não ligo pro ouro, pra que serve o dinheiro quando você precisa de alguém para abraçar? Eu estou sem direção, apenas caminhando por essa estrada esperando por você para me tirar desse frio..." 

Joe on...


_Obrigada por ser breve_Eu respondi a repórter a minha frente_Assim o assunto esta completamente encerrado.

_Sim o senhor tem razão, agora o assunto todo, desde a suposta morte de sua esposa até o seu sequestro esta esclarecido_Ela sorriu amável para mim_Eu irei  cuidar disso pessoalmente, para que seja notícia exatamente o que o senhor me disse.

_Eu ficaria extremamente agradecido por isso_Eu sorri pra ela_Como a senhorita deve saber não me dou muito bem com a imprensa.

_Minha irmã que o diga_Ela murmurou de cabeça baixa encarando os papéis que tinha em mão.

_Desculpe o que disse senhorita Henrie? Qual seu primeiro nome? Passamos quase três horas aqui e você não disse seu nome.

Agora, que eu a olhava  melhor eu podia ver nela algumas semelhanças com Demi, os cabelos compridos em tom escuro, a pele branca, os olhos castanhos amendoados, não tão doces quanto o da minha Demi, mas muito doce... Mas, desde que Demi foi embora há quase três semanas eu tenho a visto em todos os rostos que encontro.

_Me chamo Selena Lovato Henrie._Ela sorriu me encarando, meus olhos se arregalaram passei as últimas três horas conversando com a irmã da mulher que eu amo e perdi e eu nem ao menos sabia disso._Surpreso?

_Como a Demi esta?_Foi o que saiu eu sabia onde Demi estava desde o dia em que ela fugiu, mas não sabia como ela estava, e nem o nosso filho._Esta tudo bem com ela e o bebe?

_Achei que não se importasse?_Selena disse semicerrando os olhos, me olhando confusa.

_Eu nuca disse a Demi que não me importava.

_Não disse nada realmente bom a ela...

_Eu sei que não Selena... Eu pedi que ela me desse um tempo pra pensar, não que fugisse ou que não a queria comigo.

_Disse que iria terminar com ela, pelo que ela me contou....

_Não _Eu a interrompi_ Eu disse que havia pensado em terminar com ela, mas isso foi antes de eu vê-la me esperando em casa e poder abraça-la... Eu entrei em choque quando soube da  gravidez Selena, eu havia acabado de voltar de um sequestro depois de descobrir que havia sido enganado e menosprezado pela mulher que eu amei quase minha vida toda... Eu não sabia como me sentir naquele momento eram coisas demais.

_Você a acusou de engravidar de propósito e disse que não  confiava nela.

_Você conhece a sua irmã Selena, há momentos que ele interpreta as coisas do jeito que ela quer e não aceita ouvir mais nada após isso.

Selena cruzou as pernas a minha frente_É verdade ela é teimosa, quase uma mula_Ela riu_Quando entramos na adolescência essa caracteristica ficou mais forte e por isso brigávamos muito_Ela riu mais se lembrando_Até hoje ela e a mamãe não se falam direito.

_Eu disse a ela para se resolver com a mãe_eu cheguei mais perto da Selena_Eu estou implorando que me diga como ela esta... Eu preciso saber se ela esta bem, Selena.

_Ela bem_Selena suspirou_Quer dizer ela... Ela chora direto por sua causa... E o começo da gravidez não esta sendo fácil pra ela, ela esta vomitando por qualquer coisa... Mas, sobre um olhar clínico ela esta bem.

_Ela toma algum remédio para enjoo?

_Sim... Ela esta se cuidando senhor Jonas.

_Sou o pai do seu sobrinho ou sobrinha Selena pode me chamar de Joe.

_É você é tão legal quanto ela me contou_Selena estendeu a mão pra mim e eu a segurei_Selena, prazer.

_O prazer é meu... Selena me conte como estão as coisas com ela... O que ela esta fazendo?

_Bem, a Demi se demitiu_Eu acenei com a cabeça, eu já sabia disso na verdade eu sei de todos os passos da Demi, mas não quis ir até ela para incomodá-la quando ela foi embora deixou um bilhete dizendo que quando estivesse pronta entraria em contato comigo novamente, então eu respeitei sua decisão... Mas não ia deixá-la por ai sozinha e sem proteção de forma alguma. Ela é o meu bebe grávida do meu bebe._ então ela esta lá em casa essas semanas, mas pretende viajar daqui uns dias... Acho que ela pretende ir para algum país da Europa.

_Você chegou até mim por causa dela, certo?_Selena concordou com a cabeça_Eu imaginei... Dentro de quantos dias ela pretende viajar?

_Três ou quatro... O que você pretende fazer Joe?

_Ir atrás da minha garota e mante-la comigo para o resto da minha vida_Eu dei de ombros_Apenas isso... Eu sinto falta dela... Eu preciso dela.

Ela sorriu_O.k, o.k certo... Antes de eu dizer que te ajudo eu preciso saber... E a Taylor? Essa garota é um fantasma pra Demi... E bem assustador!

_Eu não sei da Taylor, mas eu já pedi o divórcio o próprio governo vai me dar, devido as acusações, as provas contra ela... Dentro de alguns meses ela estará para sempre longe das nossas vidas.

_Então tudo bem_Ela sorri alegre_Já que é dessa forma... Eu te ajudo com a Demi! Até por que nunca via Demi ficar daquela forma por causa de um homem... Seja lá o que você tem ela caiu direitinho.

_Selena.... Pode fazer essa matéria ir ao ar em dois dias?

_Posso tentar...

_Eu quero que coloque uma  frase na capa da revista...

_Que frase? _Ela perguntou curiosa.

_" Você é realmente linda minha princesa Demi. Tão preciosa, tão charmosa... É muito perfeita meu amor... Além de bonita, tem o cheiro bom, a pele macia, é inteligente e tem a língua esperta. Gosto disso."

_Isso é... Ai meu Deus a Demi vai matar você Joe!

_Eu sei, mas ela disse que só acreditaria em mim no dia que eu dissesse isso, sem estar bêbado_Dei de ombros_Quero que acrescente mais uma coisa na matéria, tudo bem?

_Sim. claro... O que? _Ela perguntou pegando o gravador e ligando pra gravar o que eu ia dizer_Pode me contar Joe.

_No meio da enorme confusão que se instalou na minha vida o destino me trouxe algo lindo e encantador. Eu quase fechei meus olhos, e o empurrei para longe, mas não tive coragem ou força... Uma repórter americana entrou na minha vida quando eu mais precisava, obra do destino... E eu me apaixonei perdidamente por ela... E eu não soube como lidar com isso quando tive minhas esperanças renovadas e logo em seguida meu coração partido e acabei fazendo com que a minha repórter americana fosse embora e desistisse de mim, mas eu não estou disposto a perdê-la de forma alguma... Se alguém nesse mundo me faz feliz, me faz sentir amado, me da coragem, e me faz querer ser melhor esse alguém é a minha repórter e eu preciso dela... Por que eu a amo, eu a amo mais do que já amei qualquer outra pessoa... Então, é melhor ela saber que estarei aqui para ela sempre, porque eu sempre estarei do lado dela, da minha repórter americana, linda e metida... Eu a amo.

Quando terminei Selena estava secando uma lágrima._Desculpe, estou grávida de três meses e um pouco emotiva._Ela desligou o gravador_Eu farei de tudo para que em dois dias isso esteja no ar... Na capa da revista Joe! Eu vou cuidar disso pessoalmente.

_Obrigada Selena... Quando a revista sair vou precisar de mais um favor.

_Quantos você precisar.

_Quero ficar sozinho com a Demi.

_Minha casa é sua casa._Ela sorriu.


Demi on...

Eu acordei um pouco antes das nove da manha e de alguma maneira inexplicável, nem Selena, nem David estavam em casa. Prendi meu cabelo em um rabo de cavalo, coloquei um pouco de chá em uma xícara, depois de tomar meu remédio pra enjoo, eu estava acordada a 30 minutos e ainda não havia vomitado, ou ficado tonta... É um milagre!

 Ainda de pijama eu procurei pelo jornal ou revista, mas não estava sobre a mesa, eu estranhei já que Selena e David não tomavam o café da manha sem ler alguma coisa... Credo!

Na geladeira havia um bilhete pendurado " Tivemos que sair cedo maninha... Não queríamos te acordar. Desculpe é para o seu bem, você vai me agradecer depois eu tenho certeza... Eu te amo mana!" 


_Obrigada maninha por não me acordar cedo em uma sexta-feira!_Eu ri do bilhete desconexo dela, e fui buscar o jornal e as revistas, na porta da frente. Joguei o jornal em cima da mesinha de centro, já na primeira página falava de uma tragédia e não estava a fim de mais tristeza na minha vida... Revista sobre esporte, jogada na mesinha, sobre moda o mesmo destino, economia o mesmo destino, a antiga revista onde eu trabalhava com o Joe na capa... O Joe na capa? A Selena fez essa entrevista a menos de uma semana? Como é possível?

 Meu coração acelerou enquanto eu apenas admirava a foto dele... Como era justo que depois de tudo ele estivesse tão bonito? Simples: Não é justo! Algo me chamou atenção na capa, além do Joe claro, ao invés de ter milhões de coisas escritas, apenas tinha Joe, e uma única frase que me fez cair sentada no sofá... Ele lembrava!


Oh oh oh! Eu li aquilo e reli e li de novo! Ele me disse isso no dia em que tivemos nosso primeiro beijo, eu achei que ele estaria tão bebado que não se lembraria nunca do que me disse na sala, aquela noite. Acho que me enganei.

Depois mais alguns segurando admirando a beleza dele, e aquelas palavras corri para ler a entrevista que Joe concedeu a Selena, nas primeiras duas páginas não havia nada diferente do que eu já sabia, na terceira ele conta exatamente o que houve no cativeiro dos sequestradores, de como descobriu da traição, falsidades e mentiras da esposa e de como se sentiu a respeito daquilo, e então falou de mim... Espera? Eu? " Naquele momento pensei em terminar tudo com a Demi, cheguei a pensar que não seria capaz de fazê-la feliz, e que ela merecia alguém que realmente pudesse fazer isso... E naquele momento eu me senti incapaz de dar a ela o amor e a felicidade que ela tanto merece, mas sabe de uma coisa? Foi só eu vê-la quando eu finalmente, cheguei em casa pra perceber que esse havia sido o pensamento mais idiota que eu já tive, principalmente depois que a abracei... Não poderia deixá-la, não posso deixar ela, e nem vou."

Eu nunca soube que ele havia pensado dessa forma, e me senti uma idiota por não perceber que ele estava tão machucado, magoado e ferido. Eu respirei fundo, e prossegui minha leitura havia uma foto dele com a Mary... " Eu amo ser pai, não há nada melhor do que isso. Isso faz você pensar diferente, te faz enxergar além pra você e pro seu filho... Eu descobri que vou ser pai novamente ( risos ), infelizmente não agi da melhor maneira com isso quando soube, mas agora que estou pensando melhor e com maus clareza eu estou definitivamente empolgado com a novidade... É tudo o que eu quero!Não quero perder nem um segundo disso."

 Eu ri enquanto secava uma lágrima, Joe estava tão confuso quanto eu naquele dia... Eu devia ter tentado entese-lo melhor. Ele está feliz e empolgado em saber que vai ser pai novamente, e eu sou a mãe desse filho.

 Bem, você sabe... Eu estou completamente apaixonado pela minha repórter americana, e ela será a mãe do meu futuro bebe... Nós ainda não falamos sobre casamento, mas eu não vejo por que não... Em futuro não muito longo, me parece bem apropriado ( risos ). Vou precisar voltar ao meu país e resolver alguns problemas, mas isso não vai me tirar o tempo de ficar com minha filha, com Demi e curtir a gravidez, sabe? Eu me sinto o homem mais feliz do mundo neste momento!" 

ELE QUER CASAR COMIGO? E ELE QUER FICAR COMIGO E COM O BEBE? ELE QUER CONSTRUIR UMA FAMÍLIA COMIGO! ELE QUER QUE EU SEJA DELE!

Isso não fazia sentido nenhum, mas eu me senti sorrindo. Eu queria ele, certo? Certo. Eu estava chorando havia semanas, mas não dava o braço a torcer para ligar pra ele e dizer que precisávamos conversar... Eu terminei tudo! Eu olhava pra revista, ele fala com propriedade sobre ter um futuro comigo, sobre nos casarmos, ele me incluí no futuro dele, esse cara não sabe mesmo ouvir um não. Eu sorri agradecida por isso!  Eu estava fechando a revista, quando uma linha na outra página me chamou atenção:

"No meio da enorme confusão que se instalou na minha vida o destino me trouxe algo lindo e encantador. Eu quase fechei meus olhos, e o empurrei para longe, mas não tive coragem ou força... Uma repórter americana entrou na minha vida quando eu mais precisava, obra do destino... E eu me apaixonei perdidamente por ela... E eu não soube como lidar com isso quando tive minhas esperanças renovadas e logo em seguida meu coração partido e acabei fazendo com que a minha repórter americana fosse embora e desistisse de mim, mas eu não estou disposto a perdê-la de forma alguma... Se alguém nesse mundo me faz feliz, me faz sentir amado, me da coragem, e me faz querer ser melhor esse alguém é a minha repórter e eu preciso dela... Por que eu a amo, eu a amo mais do que já amei qualquer outra pessoa... Então, é melhor ela saber que estarei aqui para ela sempre, porque eu sempre estarei do lado dela, da minha repórter americana, linda e metida... Eu a amo."

_Ai. Meu. Deus!_Foi tudo o que eu consegui dizer encarando a revista, e sentindo outras lágrimas caírem_Não pode ser verdade!

_É verdade_Eu levei um susto e rapidamente me levantei olhando pra trás, Joe estava ali com os braços cruzados e sorrindo de leve pra mim, quase tímido_Eu amo você, Demi!

_Joe!_Foi tudo o que eu disse chorando

_Ah Demi._E nem ao menos vi como, mas ele estava na minha frente e o senti me abraçando forte, eu retribui o abraço incapaz de fazer outra coisa_Não fazia ideia que saber que eu te amo, te deixaria tão triste!

Eu ri dando um tapa nele_Seu bobo, idiota...! Você me ama mesmo?

_Amo. Mesmo. De verdade.

_E tudo o que disse pra Selena na entrevista é verdade?

_E tudo o que disse fora dela também._Ele riu me olhando nos olhos_Mas, falta uma coisa.

_O que?_Eu perguntei enquanto ele secava uma das minhas lágrimas.

_Eu sinto muito pela maneira que eu agi com você, as coisas que eu disse, e por desconfiar... Eu não estava desconfiando de você exatamente, e sim de mim, eu sinto muito por ter feito você pensar tanta bobagem meu bebe_Eu sorri quando ele me chamou assim e fechei os olhos sentindo o carinho dele nas meu rosto_Eu peço perdão Demi, eu não queria ter estragado tudo daquela forma, me perdoe me de outra chance e eu juro que nunca mais vou precisar de outra... Se você quiser passo o resto da vida tentando me redimir por aquela maldita noite Demi, me perdoa?

_O resto da vida?_Eu perguntei a ele.

_Sim.

_Para sempre? Como naquelas contos da fadas ridiculos?

_Exatamente. Tudo o que você quiser.

_Eu quero uma coisa Joe.

_Me diga eu faço qualquer coisa por você. O que você quer?

_Eu quero uma única coisa pro resto da vida Joe... Eu quero você._Eu disse sorrindo pra ele, e o abracei pelo pescoço antes de beijá-lo_Vai ter que ficar comigo Joe, me ouviu?

_É só o que eu quero minha repórter americana!_Ele disse antes de me abraçar me girando no ar_ Eu te amo Demi, eu amo você.

E me beijou.

Seis meses depois...

_Só de pensar que dá três meses eu vou estar na mesma agonia que o David esta agora_Joe estremeceu enquanto via David andar de um lado para o outro nos corredores do hospital as 3 da manha_Mas, ainda sim... Estou ansioso pra isso._Joe disse sorrindo passando a mão em minha barriga e me dando um selinho.

_Nosso menino já esta bem grande e forte_Eu suspirei_Já esta me deixando cansada e com dores nas costas ao extremo... Quero que ele nasça de uma vez amor!

Joe riu me beijando_Acalme-se... Falta só mais três meses.

_É fácil pra você falar, não é você que esta gravida!_Eu murmurei mal humorada, eu andava assim, hora carente, hora irritada, hora amorosa, hora chorona... Coitado do meu futuro marido_Me desculpe amor... Estou cansada me desculpa.

_Tudo bem bebe._Joe acariciou meu rosto_Eu e Mathew podemos suportar essas suas mudanças de humor numa boa._Ele piscou pra mim_Nick esta chegando ai._Ele disse e eu o olhei confusa.

_Por que Nick esta aqui?

_Sei que é sua irmã e esta preocupada, mas você esta grávida de seis meses e esta reclamando de dores nas costas, então voltaremos pra casa, e qualquer coisa eles nos ligarão e nos avisrão, mas precisamos ir pra casa... Nem deveríamos ter vindo.

Eu pensei em discutir com o Joe, mas ele tinha razão e eu estava realmente cansada, Mathew estava acabando comigo, eu ri acariciando minha barriga._Você tem razão amor, fale com David pra irmos pra casa, por favor.

Ele me deu um beijo na ponta do nariz e saiu. Eu fiquei sentada acariciando minha barriga, nos últimos seis meses Joe ficava indo e vindo daqui para Saint Land o país não esta mais um caos, mas ainda tem coisas a serem reconstruídas, pedi ao Joe que me deixasse vir dessa vez pra poder ficar com minha irmã o final da gravidez, mas daqui um mês voltaremos para a casa. Joe estava pensando que poderíamos nos mudar pra cá. Eu não me importo, aqui ou lá... Vou a onde ele for. Mas, não abro de mão de nos casarmos lá. Robert, daqui um mês será coroado rei, como é da vontade de Joe.

Uma coisa ainda não saia da minha cabeça... Onde esta Taylor? Um mês atrás o divórcio finalmente saiu, foi quando Joe finalmente me pediu em casamento, mas nem um sinal de Taylor, Joe diz que não quer saber, então eu também não quero, mas essa duvida ainda fica na minha cabeça.

_Bebe?_Eu olhei pra cima Joe me estendia a mão_Vamos?

_Vamos_Eu sorri lhe dando a mão, Joe segurou minha me ajudando a levantar, me abraçou  me ajudando_Obrigada.

_Pare de me agradecer sou tão culpado disso quanto você.... E aliás você é minha futura esposa, é meu dever fazer isso.

_Oh então faça vossa majestade!_Eu ri pra ele.

_Boba._ele riu me dando um selinho enquanto caminhávamos para irmos a nossa casa.

_Ai ai._Eu suspirei no carro enquanto Joe prendia meu cinto.

_O que foi?

_Nada_Eu disse a ele rindo_Só pensando no quanto você fica mimando, agora eu sei porque Marie é tão mimada.... É bom!

_Marie só não era mais mimada por que não tinha tempo, mas agora eu tenho todo o tempo do mundo pra mimar quem eu amo.

_Hum... Bom saber._Eu disse colocando uma mão em sua perna_Como esta Selena e David?

_Selena vai entrar em trabalho de parto daqui meia hora, meu bebe._Ele segurou minha mão._Não, se preocupe vai dar tudo certo.

_Eu sei... E David?_Eu perguntei rindo_Ele parecia muito nervoso.

_Se ele não desmaiar ou tiver um colapso nervoso... Ele ficará bem._Joe riu.

_Hei daqui a alguns meses será com você Joseph, não ria muito.

_Sim eu sei_Ele me olhou rapidamente_Ainda não estou apavorado, então estamos bem.

Eu gargalhei e encostei minha cabeça no ombro dele__Ai Joe eu amo você.

_Eu também te amo._Ele disse e assim que o carro parou no sinal ele deu um beijo na minha testa._Não durma agora, bebe.

Eu abri meus olhos e sorri me ajeitando no banco liguei o rádio e comecei a cantar... Eu vi Joe sorrir enquanto eu cantava, tudo estava no caminho certo. Eu agradeci mentalmente a Ariana por ser uma grande covarde e não querer ir a Saint Land entrevistar o Rei Jonas, por que agora ele era o meu Rei Jonas e eu era a sua Repórter Americana!