sábado, 31 de janeiro de 2015

Espiadinha...

A próxima fic será postada assim que "A Repórter Americana"acabar, ela se chama " X.O" que em inglês é uma sigla para "beijos e abraços"... E ai vai a espiadinha... Espero que gostem Sweet disasters... P.S: É o primeiro capítulo... Há 12 desses já hahaha!!!



"O seu amor brilha como sempre até mesmo nas sombras, querido beije-me antes que apaguem as luzes, o seu coração esta reluzente e eu estou indo ao seu encontro com tudo querido beije-me antes que apaguem as luzes, antes que apaguem as luzes querido me ame com as luzes apagadas"

_Joseph!_Eu gritei na janela estávamos atrasados para escola e ele provavelmente ainda estava dormindo era incrível como ele sempre se atrasa para escola, e moramos a duas quadras da escola._JOSEPH SOCORRO!!!

 Em menos de dois minutos a janela dele estava aberta, eu sorri vitoriosa, mas meu sorriso meio que sumiu quando vi o quão maravilhoso ele estava e era tão cedo pra ele estar tão bonito! Joe é meu melhor amigo desde sempre, mas de uns tempo pra cá ele adquiriu um corpo de deixar qualquer garota babando, mas Joe não tava muito a fim de nenhuma garota já fazia algum tempo. O que é bem estranho, mas eu prefiro assim do que ver ele com aquela megera louca da Lucy eu realmente não gostava dela, na verdade ainda não gosto

_Demi!_Joe tacou uma camiseta em mim acho que fiquei boiando enquanto olhava pra ele_O que diabos esta acontecendo com você pequena?

_Nada_Eu disse segurando a camiseta dele e jogando no sofá do meu quarto_Eu só queria que você acordasse de uma vez, não quero chegar atrasada hoje príncipe.

_Qual o problema? Chegamos atrasados sempre!_Ele exclamou rindo cruzando os braços e dando de ombros.

_É é eu sei, mas hoje é o aniversário do Logan quero ver ele de uma vez_Logan  é o meu namorado lindo, amor da minha vida_E você sabe não posso ir sem você, bebe.

_É é já sei_Joe falou mal humorado ele realmente não gostava dele o que eu realmente não entendia_Você precisa ver o idiota do amor da sua vida se não você vai morrer!_Ele disse cínico eu odiava quando Joe agia assim.

_Joe eu amo ele e...

_É Demi eu já sei você fala isso o tempo todo!

_E você aparentemente ainda não entendeu!_Eu disse sem pensar e má_Vamos Joe se arruma e vamos.

Joe suspirou e negou com a cabeça_Sinto muito decepcionar você senhorita Lovato, mas hoje não vou a escola, pegue uma carona com seu outro escravo Nick, ele esta saindo agora!

_Joe...

_Até mais tarde Demi!_Joe fechou a janela.

Eu realmente amo o Joe a amizade dele me faz sentir melhor e feliz ele sempre me trata bem e com carinho e não há nada que eu goste mais do que ficar com o Joe, mas ele ás vezes é tão difícil lidar,  principalmente quando esta bravo com alguma coisa o que parece ser o caso, na verdade ele esta bravo comigo por que eu namoro um cara que ele não gosta, porém Joseph Jonas NÃO gosta de nenhum dos meus namorados!

Eu bati o pé frustrada e liguei pro Joe. _O que é?_Ele atendeu no segundo toque_Eu deixei seus óculos na segunda gaveta do bidê da sua cama, pequena. Tchau...

_Joseph Adam Jonas!_Eu disse indo até o bidê pegar o meu óculos e guardar na bolsa da escola, a noite passada estávamos vendo filme eu acabei pegando no sono em cima do Joe, ele me colocou na cama como sempre faz_Por que você ás vezes age como se eu tivesse que dar uns socos em você? Bebe, ontem estava tudo tão bem, por que não pode ser assim todos os dias?

_Por que aparentemente o mundo não é uma fábrica de realização de desejos!_Joe disse citando o livro do John Green_Você não estava atrasada para ver o incrível amor da sua vida?

_Ai Joe eu odeio você!_Eu desliguei o celular e desci as escadas para ir pra escola. Minha mãe estava viajando então Nicole a irmã mais velha e responsável da minha melhor amiga Selena estavam aqui em casa.

_Vai tomar café Demi?_Nicole perguntou quando apareci na sala de jantar.

_Não._Eu respondi grossa e de mal humor, Joe pode ser a pessoa que melhora o meu humor e faz meus dias melhores e mais felizes, mas também podia ser o cara que estraga o meu humor e faz meus dias ruins e tristes!_Estamos atrasadas, obrigada e tchau. Vem Selena._Eu disse puxando-a pela camiseta.

_Tchau meninas.

_Meu Deus Demi!_Selena disse ajeitando a camiseta e a bolsa_O que diabos houve com você?

_Chama-se Joe Jonas, ele é um idiota!_Eu disse frustrada chegando na rua e parando na porta, não me importava mais se estávamos atrasadas ou não tinha que falar com a Selena antes que Nick o namorado dela e irmão do Joe aparecesse_Por que ele faz isso?

_Faz o que?

_,Me deixa com raiva dele!_Eu disse jogando meu cabelo pra trás e cruzando os braços_Qual o problema dele?

_Vocês brigaram de novo. _Selena concluiu entendo o problema_Deixa eu adivinhar por causa do Logan_Eu assenti pra ela_Fico do lado do Joe, não gosto do Logam aliás a única pessoa que gosta do Logan além de você é ele próprio e talvez, com sorte a mãe dele também.

_Selena!_Eu disse sem achar graça da piadinha dela_É sério odeio brigar com o Joe isso me machuca, eu amo o Joe ele é o meu melhor amigo não gosto de ficar brigada com ele, que saco Sel!

_Talvez, esse seja o problema Demi!

_O que?_Eu questionei confusa

_Ele é seu melhor amigo_Ela respondeu e eu fiquei confusa olhando ela suspirou me olhando como se eu fosse ,maluca ou algo assim e sacudiu a cabeça me puxando para irmos pra escola_Você sabe que daqui a pouco ele vai se desculpar com você.

_Ele não vai pra escola hoje_Eu fiz um biquinho triste queria me entender com o Joe._Ele sempre se desculpa primeiro, e se eu fizer diferente e me desculpar primeiro dessa vez?

_Seria bom pra variar_Selena disse abrindo um sorriso pro namorado a nossa frente_Bom dia meu ursinho!

_Bom dia minha princesa!_Nick abriu os braços pra Selena que se enfiou neles se escondendo ali como se ele fosse um cobertor humano que a mantem quentinha e protegida_Dormiu bem?

_Sim até a hora que você se levantou e saiu_Ela deu um selinho nele_E você?

_Na verdade eu dormi muito bem!_Ele sorriu pra ela_Sonhei com a garota mais linda do mundo_Ele deu de ombros e Selena deu outro selinho nele_Bom dia baixinha.

_É bom dia_Eu disse sem muito animo_Vamos Miley e Liam devem estar querendo comer nosso fígado!_Eu comentei ainda de mal humor mesmo depois da cena extremamente doce do casalzinho ali na frente acho que eestou desenvolvendo diabetes com essas pragas.

_Eu ouvi você e o Joe brigando_Nick disse ficando no meio de nós duas nos abraçando pelos ombros_ Precisa pegar leve Demi, você esta se tornando tão chata quanto seu namorado.

_Nick!_Selena deu um tapa na barriga do namorado_Sutileza mandou lembranças querido.

_O que?_Nick disse_Eu disse que ela esta ficando chata, mas não completamente ela ainda não é um caso perdido, ainda pode ser salva de se tornar uma "insuportável".

Nick tinha uma lista bem complexa de pessoas que denominávamos " Os Insuportáveis!", eu obviamente não concordava com o fato de que o nome do Logan esta na lista, mas eram cinco contra um.

_Eu entendi o recado Nick._Nick era o cara extremamente sincero da turma ele falava na cara sem ficar mandando indireta eu apreciava isso nele de verdade, mas ás vezes como agora ele exagerava, mas eu estava preocupada com outra coisa enquanto caminhávamos para escola_Acha que o Joe não vai mesmo aparecer na escola?

Eu perguntei olhando pro Nick enquanto virávamos a esquina.

_Bem, quando eu sai ele estava deitado de  novo xingando Deus e o mundo por... por ter acordado cedo sem motivo.

_Nick escola é um bom motivo é o último ano!

_E todos sabemos que Joe não se importa com isso, até por que as notas dele são boas o suficiente para ele ir estudar em Hogwarts se quisesse.

_É eu sei, mas ele não pode relaxar agora no final!

_Meu Deus Demi!_Selena disse alto_Você esta assim por que esta realmente preocupada com o futuro dele ou por que quer ter um bom motivo pra ir atrás dele e ficar perto dele?

_Boa pergunta princesa_Nick beijou o rosto dela.

_É claro que eu me preocupo com o futuro do Joe!_Eu disse me sentindo um pouco culpada dei de ombros e agradeci mentalmente quando meu celular tocou e eu tive uma desculpa para fugir dessa questão, mas desanimei ao ver que não o é Joe e me animei novamente ao perceber que era o meu namorado Logan O culpado pelo fato de que Joe NÃO esta falando comigo Ahhhhhhhh_Feliz Aniversário amor!

_Argh!_Selena e Nick fizeram cara de nojo e Nick me soltou como se eu fosse uma doença transmissível.

_Bom dia linda obrigada!_Ele respondeu animado e eu sorri ao perceber que ele esta feliz__Onde você esta?

_Eu to chegando to quase na esquina da padaria.

_O que houve? Joe não acordou na hora de novo?_Ele riu provocando.

_Na verdade, Joe não irá a escola hoje.

_Aleluia esse sim é um bom presente de aniversário, não ver esse idiota hoje obrigado Deus!

_Logan! Não fala assim Joe é o meu melhor amigo é especial e importante pra mim.

_Desculpe minha princesa, desculpe eu não tive a intenção, não fica brava comigo minha coisinha linda.

Eu sorri cedendo_Eu vou pensar no seu caso de não ficar brava com você.

_É meu aniversário...

_Tudo bem, tudo bem você ganhou._Eu disse sorrindo_Eu vou desligar a gente se vê daqui a pouco amor.

_Tudo bem eu te amo... To com saudades coisa linda.

_Own eu também... Te amo amor._E então desligamos eu suspirei ainda sorrindo_  Daqui dois dias é meu aniversário, espero que eu e Joe estejamos bem até lá.

_Vão estar _Selena disse enquanto entrávamos na escola e o sinal bateu apertamos o passo para irmos para nossos armários pegar nossos materiais_ Vocês sempre se entendem e além do mais será seu aniversário!

Nick não disse nada sobre isso eu olhei pra ele e ele revirou os olhos_ O que? Ah Demi isso é problema de vocês e eu to atrasado pra minha incrível aula de química!_Miley e Liam estavam vindo em nossa direção_Eu ai pessoal!

_Hei Nick_Liam o cumprimentou_Vamos pra aula cara?

_Vamos_Nick deu um beijo na namorada e um beijo no meu rosto_Até daqui a pouco meus amores!

_Oi Liam_Eu e Selena dissemos juntas.

_Oi meninas_Ele respondeu sorrindo como sempre.

_Tchau Liam!_Eu e Selena dissemos juntas rindo.

_Tchau meninas!_Ele respondeu dando gargalhada e saiu com o Nick.

_Bom dia meninas_Miley e sua voz alta e linda nos cumprimentou_Ué cadê o Joe?

Miley era tipo a segunda melhor amiga do Joe depois de mim, então ela notava a não presença dele, e notava quando alguma coisa não estava certa, mas acontece que EU SOU a  MELHOR amiga dele e sim tenho ciúmes quando a Miley e ele ficam juntos rindo e confidenciando segredos não que exista algum segredo entre mim e Joe, isso não existe entre a gente.

_A gente brigou e Joe voltou a dormir._ Dei de ombros fingindo que não me importava.

Miley e Selena trocaram olhares e eu revirei os meus olhos fingindo não perceber a conversa silenciosa delas.

_Olha vamos pra aula?_Eu disse pegando meu livro de literatura inglesa e fui pra sala sem esperar por elas queria ver o meu namorado, depois eu me resolveria com Joe, mas agora eu tinha que ver o meu amor!

Entramos na sala e eu fui direto abraçar o Logan lhe beijando antes que a professora chegasse_Feliz aniversário meu amor, minha vida!_Eu beijei todo o seu rosto_ Tenho algo pra você!

_Hum... O que será?_Ele disse curioso e sorrindo Logan é tão lindo com esses belos olhos azuis que eu amava_ Você sabe Demi que não precisava me dar nada.

_Ai Logan cala a boca e me deixa te dar um presente!_Ele ergueu as mãos em rendição e eu lhe roubei um selinho deixando a caixinha sobre a mesa e fui me sentar no meu lugar quase no fim da sala a frente da mesa que Selena e Miley dividiam nessa aula. E eu obviamente dividia minha mesa com o Joe que resolveu não vir hoje.... Demi deixa o Joe pra depois... Eu repetia pra mim mesma.

_E então Demi? O que deu ao Logan?_Miley perguntou curiosa

_Deus que não sejam camisinhas!_Selena se pronunciou olhando pra tela do celular.

Eu mostrei a língua pra Selena, mas respondi a Miley_ Um relógio caro._ Dei de ombros.

Miley revirou os olhos e a professora entrou na sala_Bom dia galera!

_Boa dia!_Respondemos juntos.

_Minha amada senhorita Gomez, desligue o celular.

_Claro professora!_Amanda era a professora mais legal que existia no mundo, mas algumas regras ela gostava que seguíssemos._Tudo por você minha rainha!

_Sempre sabe o que dizer Gomez, por isso eu te adoro... E cadê o Joe?_Ela olhou pra trás e meu outro lado da mesa vazio eu dei de ombros_ Vocês brigaram?

A sala toda olhou pra mim e então eu neguei com a cabeça_Não Manda é que hoje Joe não estava se sentindo bem.

_Ah ta! Odeio quando... "Amigos"brigam._Ela disse sorrindo pra mim.

_É eu também, eu também _disse pensando no Joe e no fato de que ele ainda não havia me mandado uma mensagem ou me ligado.

 Amanda começou a aula e eu fiquei batendo as unhas na mesa impaciente com o Joe... E me arriscando a perder meu celular mandei uma mensagem pra ele.


"Bebe você ta bem?
Xoxo"

Esperei quase uma hora pela resposta, mas ela não veio. Oh Joe esta tão bravo comigo!!!




Hei linduxos aprovado ou não????????????



A Repórter Americana Capitulo 23

Claramente o AMOR da minha vida....

"Uma vez que você pensa que eu não te amo, eu só pensei que fosse você bonito, é por isso que eu te beijo. Eu tenho um avião de caça, eu não consigo voar, embora... Eu estou deitado pensando em você, eu estive pensando em você, você sabe, você sabe, eu estive pensando em você, você pensa em mim ainda?"

Aquele momento perfeito em que eu fiquei nos braços do Joe, foi curto. Mas, perfeito.
Eu decidi esperar para contar da gravidez ao Joe ele já esta tão cheio de problemas, não precisa de mais essa agora, não agora. Ele não precisa disso não precisa.

Joe estava dormindo e eu me juntei a Miley no balcão da cozinha. Ela estava animada conversando com o Nick e Robert sobre tudo o que houve eu tentei mesmo ouvir toda a conversa, mas acbei perdendo partes importante sobre o assunto, minha cabeça estava tão cheia e eu estava cansada demais, agora que o Joe estava de volta eu podia me permitir sentir o peso das últimas semanas, o desespero, o cansaço, eu estava acabada me sentindo terrível, eu nem ao mesmo podia formar um pensamento coerente.

_E então Demi, como vai sua matéria?_ Robert me questionou

_Desculpe, o que?_Eu o olhei confusa.

_Você não foi a Saint Land para fazer uma entrevista com Joseph?

_Bem, não deu muito certo._Eu sorri tentando entender onde ele queria chegar com isso.

_Mas, você tem bastante material._Ele replicou

Eu olhei confusa pra Miley e Nick e percebi que eles também esperavam minha resposta. Gente, por favor eu to tão cansada!

_Não, eu não tenho material algum_Eu respondi olhando para Robert  quem me fez a  pergunta_ Eu desisti dessa merda de entrevista a muito tempo, se perguntar isso ao Joe ele vai te responder a mesma coisa. E de qualquer forma isso não te interessa. Por que você apenas não me diz de uma vez o que esta pensando?

_Me desculpe, se acalme._Robert disse_Eu apenas estava pensando sobre  isso e resolve lhe questionar, por que devido aos últimos acontecimentos uma entrevista bem feita pode cessar alguns comentários maldosos da imprensa.

_Eu não vou fazer entrevista nenhuma, não vou expor o Joe dessa forma._Eu disse eu conheço toda aquela gente, conheço o Joe, e a vida dele. Não posso fazer isso._Vocês podem fazer uma nota explicando tudo de maneira resumida e sucinta. Para a imprensa sensacionalista não poder falar muita coisa.

_Por que você, não nos ajuda com isso?_Nick questionou.

Eu suspirei fundo passando a mão pelo meu rosto_Eu... Eu não sei... Quando Joe acordar vocês perguntam a ele o que ele acha, afinal vocês tem uma equipe pra isso certo?

_Sim, mas você é ótima escrevendo e...

_Desculpe_Eu interrompi Nick_Eu já disse Nick falem com o Joe primeiro.

_MEU DEUS!_Miley exclamou_Vocês não estão vendo que ela esta esgotada? Vocês são um bruta monte mesmo, a garota suportou um monte de coisa essa semana e gravida e vocês a pressionando, deixem ela um pouco quieta, rapazes.

_Obrigada Miley._Eu dei sorriso fraco a ela_Eu estou cansada demais.

_Quem vai ter um bebe, tia Miley?_Marie apareceu coçando os olhinhos, ela estava dormindo com o pai e olhei pra trás apavorada que Joe pudesse estar atrás dela, mas não dessa vez. Suspirei de alívio.

_Ah querida minha irmã Selena._Eu respondi pra Marie que se sentava no meu colo.

_Eu posso conhece-la?

_Claro que sim, não sei quando, mas com certeza sim princesinha.

Todas os adultos me olhavam de forma estranha, mas não dei nenhuma explicação para eu ter mentido. Mas, eu não to a fim de explicar para uma criança o que nem eu entendi muito bem. Como por Deus eu esqueci a porcaria da camisinha? Como Joe pode esquecer? Que inferno!

_Marie vamos lá tomar um banho e eu vou te dar algo pra comer, e vamos assistir desenho depois... Pode ser?

_Pode!_Ela bateu palminhas animadas_Pode ser o da Barbie?

_Pode ser o que você quiser.

_Ta bom,

Logo após nossa sessão de banho... Nossa sessão de banho por que ela me olhou inteira, eu dei a ela café da tarde, brincamos, assistimos tv, brincamos de novo. Eu me sentei no sofá por cinco minutos enquanto Miley e a cozinheira riam de algo enquanto faziam o jantar, Robert e Nick saíram foram dar as devidas explicações a imprensa, e Joe... Bem, permanecia dormindo. Fechei meus olhos encostando minha cabeça no sofá. Mentalmente cantei minha musica favorita, mas em alguns segundos eu não conseguia raciocinar direito sobre o que eu estava pensando, não sabia o que estava me incomodando tanto. Mas, eu obviamente estava muito incomodada.... Onde a Taylor se meteu? Por que eu estava pensando nela? Ah sim por que ela é a "mulher"do homem que eu amo, e pai do meu bebe. É por isso. Eles são casados. E eu não sou nada. Sou apenas a repórter enxerida que entrou na vida deles.

Eu estava me entregando ao cansaço... Não aguentava precisava me levantar pra tomar um banho e cair na primeira cama que eu achar vaga nesse apartamento.

_Ei eu pensei que você é quem faria a janta essa noite._Eu sorri ao reconhecer a voz do Joe, mas ainda não abri meus olhos.

_Ah não _Eu suspirei abrindo olhos e encarando-o_Sinto lhe decepcionar, mas não será essa noite que você irá comer a melhor comida da sua vida!

_O que há com você?_Joe me perguntou me olhando com cuidado, me senti bem ao perceber que ele havia notado, mesmo comigo tentando me manter em controle... Por outro lado me perguntei o quanto eu devia estar aparentando estar mal.

_Nada amor, eu estou apenas cansada... Dia longo.

_Não, não é apenas isso... É quase como se eu pudesse ver as engrenagens da sua cabeça funcionando Demi... O que foi meu bebe?

_Eu não quero falar disso agora, meu bem. Eu estou cansada acho que não ia conseguir colocar minha cabeça em ordem para lhe explicar a confusão que isso aqui_Apontei para minha dor de cabeça_ Eu preciso apenas de uma boa noite de sono.

_O.k, então vamos eu vou te dar banho...

_Joe você já tomou banho.... E você esta com um braço machucado e....

E vou colocar você na cama_Ele continuou falando como se eu não tivesse o interrompido_Se é de sono que você precisa sono você terá.

_Você é muito... Muito....Muito....

_Fofo? Romantico? Cuidadoso com quem eu amo? Sim, sim, eu sou tudo isso obrigado.

_Convencido.

_Mal humorada.

_Idiota.

_Dramática.

_Eu odeio você.

_Que bom!_Ele riu disso_É sempre bom ouvir isso!

_Posso saber por que?

_É sempre o contrário baby, sempre o contrário.

_Convencido, estupido, idiota... Senti sua falta.

_Eu sei. Senti sua falta também._Ele descruzou os braços e me deu um beijo na testa me derreti com seu toque_Vamos, banho e dormir.. Você precisa mesmo disso?

_Espera eu to cheirando tão mal assim?

_Ah meu Deus Demetria cala a boca_Ele riu de mim segurando minha mão.

_Vocês são lindos juntos e tal... Mas essa garota vai jantar antes de dormir querido_Miley disse atrás do Joe.

_Você esta com fome Demi?_Joe me perguntou

_Na verdade, não.

_Demi não tem querer nas condições que ela esta ficar sem comer pelos próximos meses mesmo que uma noite, esta fora de cogitação.

Porra.

Joguei minha cabeça no sofá de novo.

Obrigada Miley Anderson Cyrus. Agora eu odeio você!

_Como assim nas condições que ela esta? Você esta doente Demi?_Joe me questionou sério.

_Não, eu não... Só estive um pouco mal... O estresse das últimas semanas e...

_Demi por favor não minta pra mim.

_Não estou mentindo.

_Ela não esta doente, mas esta mentindo de certa forma._Miley disse.

_MIley!_Eu exclamei

_Mentindo sobre o que?_Joe perguntou

_Demi você tem que contar pra ele.

_Contar o que?

_Isso não é da sua conta... Eu conto se eu quiser a vida é minha.

_Não nesse caso.

_Miley quem decide isso não é você.

_Do que diabos vocês estão falando?_Joe estava começando a ficar irritado.

_ Você espera conta quando pra ele? Quando não der mais pra esconder?

_Por que você esta tão interessada nisso Miley?

_Por que ele é o meu melhor amigo e eu me importo com ele!

_Ótimo pra vocês, mas da minha vida quem sabe sou eu.

_Eu to aqui... Destiny cala a boca!_Joe falou mais alto, Marie apareceu segurando um bichinho de pelúcia e ficou atrás do pai_Demetria fale comigo.

_Eu..._Me levantei acho que rápido demais por que fiquei tonta me segurei no braço do sofá _Eu... Podemos falar disso mais tarde?

_Não Demi eu quero saber agora o que foi isso tudo.

_Joe eu não me sinto bem.

_Joe... _Miley disse com os olhos arregalados_Ela não parece mesmo bem... Ai meu Deus Demi!

Eu não consegui mais me manter em pé e cai, tudo ficou escuro, eu estava totalmente sem forças, mas antes de perder a minha total consciência senti os braços de alguém me segurar... Estava totalmente fora de mim....





Estamos chegando ao fim de "A Repórter Americana", obrigada a todos que leem...

Não vamos tocar no assunto do fiasco do Lovatic Day nunca mais... Eu estou sim decepcionada minha gente e puta da cara com isso... Mas, espero que apesar da ignorada legal que ganhamos da Demi nos últimos dias e principalmente no Lovatic Day que vocês tenham aproveitado muito se divertido e pensado nas coisas que os mantêm forte todos os dias... Força sempre minhas boas crianças!!!!

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Happy Lovatic Day


" O  espelho pode mentir não mostra quem você é por dentro e ele pode dizer que você esta cheia de vida, é incrível o que você pode esconder apenas em um sorriso... Eu não quero ter medo eu quero acordar hoje me sentindo bonita e saber que eu estou bem porque todo mundo é perfeito do seu jeito, você vê? Eu apenas quero acreditar em mim."

" Ela se dava ao mundo tanto que ela não poderia ver e ela precisava de alguém para lhe mostrar quem ela poderia ser e ela tentava sobreviver demostrando abertamente seus sentimentos, mas eu precisava que você acreditasse... Ela estava com medo de tudo olhando de longe, lhe deram as regras nunca soube quando apenas jogar e ela tentou sobreviver viver a vida a sua maneira sempre com medo do que ia acontecer, mas você me da forças para encontrar um lar... Ela estava assustada, despreparada, perdida no escuro, eu consigo sobreviver com você ao meu lado, nós vamos ficar bem isso é o que acontece quando dois mundos colidem"

"Me diga se você se sente como eu me sinto? Porque nada mais é real pra mim em Los Angeles... Eu não vou mudar nada na minha vida eu vou ser eu mesma essa noite!"

"Ás vezes você acha que vai ficar bem sozinho porque um sonho é um desejo que você faz sozinho, é fácil sentir como se você não precisasse de ajuda, mas é mais difícil andar por conta própria..."

"VOCÊ TEM UM ROSTO FEITO PARA SORRIR, VOCÊ SABE." "STAY STRONG"

"Todas as minhas janelas estão quebradas, mas eu ainda estou de pé... Você pode pegar tudo o que eu tenho, você pode quebrar tudo o que sou, como se eu fosse feita de vidro, como se eu fosse feita de papel vá em frente e tente me derrubar eu ressurgirei do solo como um arranha-céu!"

"Eu sou um peso-leve fácil de cair, fácil de quebrar com qualquer movimento meu mundo inteiro treme me impeça de cair aos pedaços.... Eu sou inquebrável!"

Nem preciso dizer nada, né?


"Eu estou viciada na loucura, eu sou a filha da tristeza eu já estive aqui muitas vezes antes, fui abandonada e eu estou assustada agora eu não posso suportar outra queda... Sou frágil deixada na praia... Admito que eu estou dentro e fora de controle não escute uma única palavra que eu disse, apenas me ouça antes de ir embora porque eu não consigo suportar essa dor, não eu não posso suportar essa dor."



"Me de amor como nunca antes, porque ultimamente eu tenho eu precisado demais e já faz algum tempo, mas eu ainda sinto a mesma coisa..."



"Fora das cinzas eu estou queimando como fogo, você pode pegar as suas desculpas, você não é nada além de um mentiroso, eu tenho vergonha, e eu tenho cicatrizes que eu nunca mostrarei, eu sou uma sobrevivente em mais jeitos do que você sabe, porque toda  a dor e a verdade eu uso como uma armadura de batalha, tão envergonha tão confusa eu estava quebrada e ferida, mas agora eu sou uma guerreira agora eu tenho uma pele mais espessa, eu sou uma guerreira eu estou mais forte do que eu jamais estive.... Eu sou uma guerreira!"


Happy Lovatic Day!!!!!

Eu não irei fazer nenhum daqueles discursos que vocês estão acostumados ou coisas assim. Apenas uma coisa será um clichê: Eu a amo e sou extremamente orgulhosa da Demi. 

 Eu vou lembra-los de que esta tudo bem não estar bem, e que TODOS NÓS temos o direito de fraquejar algumas vezes, mas é isso que nós tornam guerreiros o que fazemos com essa fraqueza. Você só precisa saber que toda hora ruim vai passar, mesmo que demore você não esta sozinho, nunca esteve e nunca vai estar. Outro dia eu estava assistindo "P.S Eu Te Amo" e uma frase me chamou atenção: " Se estamos todos sozinhos, então estamos todos juntos nessa." entendem?  Estamos juntos mesmo nos momentos de solidão, por que em momento ou outro todos já nos sentimos da mesma forma. E novamente eu insisto esta tudo bem não estar bem!  Eu sei que hoje é o dia em que faz 4 anos que a Demi saiu da reabilitação e o maior ensinamento que tiramos disso é peça ajuda se você precisa não tenha vergonha, nunca, da maneira que você se sente, não tenha vergonha de si mesmo, não tenha vergonha de admitir que você talvez precise que alguém de um rumo pra sua vida pra você. Você é linda incrível, linda e merecedora de amor e uma vida linda cheia de maravilhas e realizações... Você precisa de amor o seu próprio e o que você é capaz de receber... ás vezes é difícil perceber que você é amado e merecedor de amor, mas acredite você merece todo amor que recebe. 

Uau acho que isso é um pouco clichê, mas nunca é demais repetir.

Agora, eu digo Demi Lovato é realmente uma lutadora, uma guerreira, um exemplo de superação, força e amor. Mas, você é capaz de tudo isso também não se menospreze, não diga que você não consegue ou que você não é capaz, que não é forte o suficiente, você é capaz de qualquer coisa que sonhar e se esforçar pra isso. Tenha fé em si mesma. Tenha amor por si mesmo e por tudo que você faz. Seja forte. Não desista. Aguente firme.

Eu reparei que a Demi nossa princesa guerreira apesar, da sua força não ta muito bem, talvez seja uma preocupação excessiva minha, mas de qualquer forma, saibam que vocês podem fraquejar algumas vezes, entendem? Você só não pode desistir. Não se auto-abandonem, não se afastem das pessoas que vocês amam... E um pedido especial de que talvez, se a Demi fraquejar não saiam do lado dela, mostrem a ela que estaremos com ela de qualquer forma, que nós a amamos do jeito que ela é, independente da aparência, independente da roupa que ela usa, do namorado (idiota) dela, da infantilidade desnecessária, em fim que a amamos com defeitos porque apesar de tudo ela é apenas humana, que comete erros e não pode e nem deve carregar o mundo nas costas, de qualquer forma esse é um dia de comemoração, de lembranças, de desejos, de saudade também.  Eu acho que hoje é um dia de união e força. 

Eu amo fazer parte do FaMdon Lovatic, mesmo quando eu odeio... Vocês sabem. Amo essa loucura, amo a Demi Lovato. Eu achava besteira esse negócio de se sentir salva por uma pessoa que você nem conhece, mas graças a Demi ( E aos Jonas Brothers, mas esse dia não é deles kkk)  eu me senti salva e amada por pessoas que eu não conheço, mas literalmnte salvaram minha vida e eu tenho total orgulho disso. 

Que o dia 28/01 seja um dia em que vocês possam não apenas pensar na Demi, mas pensar em vocês também, no que vocês enfrentaram e acharam que não conseguiriam e as outras coisas que vocês ainda vão enfrentar, a vida é complicada e estranha, mas não esqueçam ela vale a pena, você vale a pena. Você sempre valerá a pena. O mundo nunca seria igual sem você, não seja um sorriso a menos no mundo, seja um sorriso a mais responsável pela alegria e beleza do mundo. Você faz parte do mundo, você o embeleza e o faz muito especial... Você é especial e eu amo você! HAPPY LOVATIC DAY!!!!!!!!!!!!!!

A Repórter Americana Capitulo 22


"Eu andei por uma rua cheia de gente um mar de olhos me olhavam e eu vi você ali no meio, seu rosto perturbado você usa ele bem você camufla da forma que você se sente quando tudo é um problema, nós todos já fomos por esse caminho procurando por algo mais..." 


Eu andava de um lado para o outro no apartamento do Nick em L.A e eu nem poderia pensar que ele tinha um apartamento aqui pelo visto eu não sei nada sobre qualquer um deles, na verdade.

 Marie andava de um lado para o outro junto comigo até que eu parei na frente dela.

_O que esta fazendo mocinha?

_Imitando você.

_Posso saber por que?

_Por que eu estou esperando o papai junto com você, Demi._Ela disse baixinho cruzando os braços eu pude ver aquele olhar de divertimento misturado com desafio que Joe me lançava as vezes, eu sorri pra ela abrindo os braços e então ela veio para os meus braços_Eu estou com saudades do papai Demi.

_Eu sei minha princesinha, eu também estou com saudades dele, mas ele vai voltar esta quase chegando acredite, o.k?

_O.k Demi.

Eu a abracei e comecei a dançar bem devagar de um lado para o outro até que ela pulou do meu colo de repente correndo para um barulho atrás de mim, mil possibilidades passaram pela minha cabeça, um ladrão, sequestrador... qualquer coisa ruim então corri até ela na sala e não estava pronta para o que vi. Robert, Joe e Nick. Eu não fazia ideia se estava ou não respirando, ou se meu coração estava batendo devidamente, nem se minhas pernas poderiam se mexer, por um momento pensei que cairia. O que uma semana pode fazer com você? Joe estava com uma atadura no braço, mas isso não significou nada para que ele pudesse pegar Marie no colo.

_Demi você esta bem?_Eu nem mesmo havia notado a presença de Miley ao meu lado.

Eu não a respondi, não conseguia encontrar minha voz. Então, eu estava realmente chorando em silêncio com um sorriso fraco no rosto.

_Deviam ter avisado que já estavam com o Joe e que viriam pra ca_Miley brigou com Nick, Robert e possivelmente com Joe também_Se essa garota passar mal eu enterro a cabeça de vocês!

_Papai! Papai! Papai!_Era tudo que Marie dizia enquanto beijava Joe em todo seu rosto eu nunca presenciei cena mais linda.

_Minha princesinha linda eu estava com tantas saudades de você, meu amorzinho.

_Eu sei_ ela disse convencida com os braçinhos presos ao pescoço do pai_Eu também senti sua falta!_Ela riu abraçando o pai com mais força.

_Essa sua certeza me deixa muito feliz princesinha.

_Eu achei que você não voltaria mais, igualzinho a minha mãe, mas a Demi disse que você me amava demais e sempre voltaria pra mim, por que é isso que o amor faz.

Joe beijou a filha abraçando-a apertado e com carinho, eu vi que Joe deixou umas lágrimas caírem sem problema em deixar que as vissem, eu mal notei quando as pessoas ao nosso redor saíram e deixaram apenas nós três na sala. Mas, eu não fazia parte dessa família não de verdade, não deveria ver essa cena tão pouco quanto os outros, porém não conseguia me mexer do lugar. Assim como não queria presenciar cena tão bela e íntima que me fazia lembrar do meu pai, também não queria deixar de ver, ou me mexer dali.

_A Demi é uma moça incrível não é, princesinha?_Joe perguntou a ela, mas mesmo de cabeça baixa eu senti seu olhar em mim e olhei pra ele, estava certa. Ele me olhava.

_Sim!_Marie respondeu entusiasmada olhando pra ele, quase não conseguia parar quieta parecia que ela tinha tido a melhor ideia de todos os tempos_Ela pode ser minha mamãe, papai?

Eu arregalei os olhos e dei um passo pra trás... Isso lá é pergunta que se faça? Um instinto extremamente novo pra mim, me fez colocar minhas mãos em minha barriga, em meu ventre. Eu terei um filho! Eu não havia pensado nisso antes não dessa forma, essa realidade me assolou tão rápido que fiquei tonta, me segurei no braço do sofá e a conversa dali pra frente se tornou quase um sussurro, e a minha visão ficou turva. Respirei fundo, mas senti minha bile crescer.ó Deus eu não posso vomitar agora, isso não é hora ou momento, até agora não tive nada disso, não é hora de começar.

_Demi? Demi?_Eu podia ouvir meu nome, mas não conseguia definir quem me chamava, respirei fundo e pisquei algumas vezes... Eu vou ser mãe, eu estou grávida, eu vou ser mãe... Quando foi que parei pra pensar nisso na vida? Não depois dos 9 anos, não!_Demi!

_Oi!_Eu respondi rápido e assustada_Sim?_Eu olhei pra baixo Mari puxava minha blusa_O que foi querida?

_Papai mandou eu perguntar pra você se você quer ser minha mãe... Você pode ser minha mãe?

Eu ri pra ela e uma lágrima caiu.

_Sim eu posso ser sua mãe_Ela se agarrou as minhas pernas e eu acariciei seus cabelos pegando-a no colo_Pelo tempo que você quiser.

_Pra sempre!

_Pra sempre então!

Joe olhava a cena ainda no mesmo lugar, sem dizer nada ou se aproximar como se estivesse com medo, como se fosse cometer um erro a qualquer instante meu coração se apertou com medo. Algo estava errado. Me perguntei se ele estava mais machucado do que eu poderia ver, o que haviam feito com ele e o que haviam dito para ele.

_Marie amor_Eu chamei ela.

_Sim mamãe._Ela me respondeu tão animadamente contente que isso aqueceu meu coração, mesmo com o olhar do Joe me congelando.'

_Pode deixar eu e o seu pai_Eu parei para analisar o quanto isso parecia estranho_Termos uma conversa, eu prometo que é rápido!

_Ta bom_Ela me deu um beijo no rosto e pulou do meu colo indo abraçar o Joe e correu pra dentro.

Eu não sabia bem por onde começar, mas olhando nos seus olhos vendo seu braço machucado, e seu lindo rosto com algumas feridas eu não exatamente precisava de palavras, não agora. Ele parecia trite, aliviado, agoniado, cansado... Mas, acima de tudo triste.

Eu suspirei fundo e fechei meus olhos_Joe..._Isso se transformou em sussurro, que foi o suficiente pra  mim abrir meu olhos novamente e correr para seus braços, em busca de paz, e prova concreta de que ele realmente estava diante de mim, nos últimos dias sempre que sonhava, via o Joe, mas ele sumia quando me aproximava. Mas, dessa vez ele não sumiu, me aceitou em seus braços, o seu braço machucado devagar foi para minhas costas, o seu braço bom me apertou com carinho e força. Meu paraíso. Eu não estava enganada. Eu o amo. Estou completamente apaixonada por ele.

_Demi... Minha bebe_Ele beijou meu cabelo _Esta tudo bem agora, não precisa chorar bebe.

Eu nem havia reparado que estava chorando, mas deveria eu estava tremendo e soluçando. Eu e minhas histerias ridículas, quando menos se espera elas começam, quero dizer passei a semana inteira sendo forte, mas agora que eu estava nos braços dele e sabia que ele estava fora de perigo, simplesmente não conseguia controlar, não conseguia parar de chorar.

Joe me ajudou, sem me largar, a chegar no sofá. Me sentei no colo dele chorando com a cabeça em seu pescoço.

_Eu estava tão assustada... E com medo Joe, meu Deus! Eu estava apavorada.

_Eu sei, mas esta tudo bem agora bebe, eu estou de volta agora, eu estou bem você esta bem, estamos bem.

_Eu sei, mas... Mas, você nem pode imaginar eu pensei que não voltaria que me tirariam de você de mim, antes de mesmo de você ser meu de verdade._Eu me agarrei a ele, não estranhei o silêncio dele achei normal_Como  você esta? Machucaram muito você? O que houve?

_Eu estou bem, não muito mais machucado do que esta vendo Demi._Ele deu de ombros_Não me macucaram muito fisicamente. Ainda to tentando entender o que houve, ainda esta um pouco confuso.

_É de se esperar _Eu me ajeitei melhor em seu colo de maneira que podia olhar pra ele melhor, passei a mão em um machucado em seu pescoço, desci minha mão por seu braço bom até seu pulso, marcas de cordas_Filho da puta desgraçado._Eu resmunguei cruzando nossos dedos_Eu ainda não vi esse tal de Justin, mas eu vou ver e juro por Deus que vou  espancar esse filho da mãe vadio...

_Ei, ei_Joe apertou meus dedos_Você não  viu e nem vai ver ele esta preso e você bater em um homem na cadeia esta fora de cogitação. Você em perigo não é algo que eu queira de forma alguma, entendido?

_Joe eu...

_Entendido, Demetria?

Eu suspirei fundo e então concordei_Entendido Joe._Eu o abracei novamente me ajeitando em seu peito_Esta cansado?

_Um pouco, na verdade.

_Quer dormir um pouco?

_Quero, eu preciso descansar e pensar um pouco.

_Quer que eu faça algo pra você comer?

Ele riu_Você cozinha?

_Ah um pouco... Eu não te contei muito sobre meu pai porque é um pouco doloroso, mas ele era um chef de cozinha muito bom, especializado em comidas latinas... Então eu sei fazer algumas coisas, nada demais, mas obviamente nunca morri de fome.

_Será que é por que existe Fast Food e comida congelada?

_Joe!_Eu ri batendo em seu braço_Você esta muito mal... Acho que vou deixar você morrer de fome.

_Ainda existe comida congelada e Fast Food!

_Seu idiota.... Eu odeio você!_Eu disse rindo.

_Não me diz isso_Ele pediu sério _Eu estava com saudades de você e querendo ouvir a sua voz de qualquer jeito me dizendo qualquer coisa menos que me odeia... Eu... Eu preciso de você.

_Oh Joe!_Eu não pensei em nada apenas o beijei. Lento e doce. Era só o que eu queria e só o que Joe queria, percebi da maneira que ele sorriu  por entre o beijo e seu braço bom acariciou meu rosto e me puxando pra aprofundar o beijo_Que saudade_Eu sussurrei em seus lábios por entre o beijo.

Joe sorriu mordendo me lábio._Eu sei.



terça-feira, 20 de janeiro de 2015

A Repórter Americana Capítulo 21


"Mundos estão dando voltas não há tempo para ir devagar então por que você não respira fundo, apenas respire fundo, pessoas mudam e promessas são quebradas, nuvens podem se mover e os céus se abrirão, então não esqueça de respirar fundo..." 

Logo depois do barulho e a gritaria houve aquele maldito silêncio. Eu achei que as coisas não poderiam ser piores, mas a risada que aquele maldito garoto chamado Justin deu me disse que ele não poderia estar mais contente em ser preso ou achava que realmente não ficaria preso por muito tempo. De qualquer forma achei que estava na hora de levantar minha cabeça. Olhei ao redor homens com roupas da Swatt e FBI estavam por todos lados cercando o traficante. Em meu ver ele definitivamente deveria ser pouca merda, mas não no momento em que ele consegue atacar a um rei e sequestrá-lo.

_Senhor Jonas?_Um agente se aproximou de mim

_Sim._Eu disse sentindo cada dor em meu corpo e pensando se isso continuaria a me incomodar_Eu mesmo agente...?

_Rogers. Agente Rogers senhor.

_Prazer agente Rogers, poderia me soltar?

_Sim senhor Jonas._Ele me levantou e me soltou definitivamente sentir meus punhos livres foi a melhor coisa que  me aconteceu esfreguei minhas mãos em meus punhos e estiquei meus braços gemi com a dor que sento em meu braço baleado, eu não vou morrer, mas porra dói!

_Obrigada agente.

Olhando ao redor eu não vi Taylor, apenas Justin com as mãos erguidas e armas apontadas para a sua cabeça. Mas, ele ria, ele simplesmente ria.

_Do que ele esta rindo?_Eu questionei enquanto o levavam dali o agente Rogers me disse que ainda não sabia, mas que iria descobrir. A equipe de paramédicos me atendeu ainda na frente do galpão questionei onde estava, o sol forte e o calor infernal.

_Esta em L.A senhor Jonas_A jovem enfermeira me disse enquanto cuidava de alguns machucados e colocava ataduras em meu braço, ela parecia nervosa_Não esta acostumado com o calor?

_Na verdade sim, mas este é um calor insuportável._Eu disse a ela

_Na verdade há alguns anos o calor de L.A tem se tornado bem... _Ela deu de ombros_Insuportável mesmo.

Eu sorri pra ela e com a outra mão limpei o suor da minha testa o agente Rogers voltou novamente parecia bem mais nervoso do que antes guardando o telefone celular no bolso_Senhor Jonas temos um problema com a sua casa...

_O que houve com a minha casa? O que aconteceu?_Eu perguntei nervoso dispensando a enfermeira sentindo o nervosismo lembrando-me de minha filha, amigos e... Diabos Demi também!

_Foi atacada a mando de Justin... Ele mandou explodir sua casa e bem...

_Minha família,  amigos, empregados? Me diga alguma coisa!

_Nenhum sinal ainda de pessoas mortas... Ou vivas.

Meu coração gelou. Minha pulsação foi para quase zero. Pela primeira vez eu não sabia o que fazer, permaneci sentado olhando pra Rogers o homem pareceu entender meu desespero mudo e não disse nada, mas eu sabia o que precisava ser feito, porém meu corpo não concordava com meu cérebro.

_Estou a procura do Rei Jonas de Saint Land_Eu estava em estado paralitico e não me mexia, mas obviamente reconheci aquela voz_Sou Robert.

_Aqui Robert_Eu disse ainda mortificado se Robert estava aqui então talvez, nem tudo estivesse realmente perdido Robert se aproximou e sorriu pra mim feliz _O que houve em Saint Land?

Ele me olhou confuso e então me respondeu _Graças a Deus nada sério.

_Como nada sério? Aquele desgraçado do tal do Justin disse que foi atacada?

_Era para ter explodido algumas bombas no palácio, e em alguns pontos especifico, mas conseguimos desativa-las, então nada aconteceu Joe.

Eu respirei aliviado e Robert me olhou sorrindo eu finalmente pude ver que ele estava feliz e aliviado com tudo eu me levantei e o abracei ele  era meu irmão e estava vivo. Estava tudo bem.

Fomos para a delegacia o mais rápido que eu pensei e então repeti tudo o que eu vi e ouvi nas últimas semanas, me entregaram um celular e eu apenas ri quando percebi que o presidente dos E.U.A era um cara com um humor, de qualquer forma. Ele havia mandado me soltar, era obvio que Justin não pensara muito bem no que estava fazendo quando sequestrou um rei.

Eu ainda não fazia ideia do que aconteceu com a Taylor, mas eu queria saber queria o divórcio agora que sabia que ela estava viva e esperava que ela fosse punida por todos os crimes que ela cometeu e pela dor sem cabimento que ela causou a mim e na minha filha e em todas as pessoas que a amavam. Enquanto íamos para um hotel passamos por um mar de repórteres e paparazzi ao meu redor interrompendo minha linha de raciocínio lógico. Já que meus pensamentos se voltaram para a Demi e o horror que eu vi em seus olhos antes de eu ser arrastado para fora da minha vida.

Saímos daquele mar de moscas verdes que tínhamos em volta e conseguimos entrar no carro. Já no banco de trás onde eu me sentei tinha um Nick absurdamente feliz ao me ver. Eu sorri pra ele.

_O que houve com o braço Jonas?_Ele perguntou rindo

_Uma bala de raspão no meu ombro._Eu dei de ombros e em seguida dei um abraço rapido nele Nick nunca foi dessas coisas de abraços ou demonstrações de afeto_Eu estou bem agora.

_Eu sei graças a Deus, agradeça-nos mais tarde. Meu Deus pensei que Demi mataria Sterlig!

_Vocês deixaram a Demetria perto daquele maluco Nicholas?

_Hei calma!_Nick disse ao mesmo tempo que Robert ria no banco da frente__Não seria fácil fazer aquela garota mudar de ideia nem que quiséssemos, mas ela esta bem. Sterling foi para o hospital presidiário de Saint Land essa semana._Eu o questionei com os olhos e Nick e Robert me contaram tudo o que estava acontecendo em Saint Land e que estava quase tudo resolvido em Saint Land_E resolvemos tudo da melhor maneira.

_Nicholas você realmente deixou a Demetria "interrogar"o Sterling?

_Nem Deus iria para-la Joe. Ela estava determinada demais.

_Teimosa._Eu comentei olhando pela janela_E Marie? Como esta minha princesinha.

_Bem e impaciente, quer ver você de qualquer forma e não vê a hora de isso acontecer_Nick disse rindo_Essa garota puxou o pai de verdade, ela é tão determinada e decidida quanto você Joe.

_Com certeza_Robert disse_Ela quase me bateu quando disse que não tinha muitas novidades sobre você esta manha.

_Sim ela é muito decidida._Eu concordei olhando pra fora minha cabeça esta confusa demais.

Eu estou com saudades da Demi, mas não sei se consigo passar por isso. Não sei se posso confiar nela ou em mim para isso. Eu obviamente sou uma pessoa incapaz de fazer uma mulher feliz sendo que minha mulher preferiu se fingir de morta a ficar comigo e preferiu ficar com um traficante nojento.

Seria incapaz de fazer uma mulher como a Demi feliz. Eu vou deixá-la ir embora. Esse pensamento me doeu e partiu meu coração, mas eu tenho que fazer isso por ela. Ela merece mais do que eu posso oferecer.




terça-feira, 6 de janeiro de 2015

A Repórter Americana Capítulo 20

Eu sou tão apaixonada por esse homem, e essa foto... Jesus do céu!!!!
"Se você precisar de mim, apenas me diga e eu estarei lá por que eu fui construído para carregar você, sim eu fui construído para carregar todos os seus sentimentos, porque eu não vou deixá-los saber eu não vou deixar você ir baby..." 

Joe on

Eu estava trancado e algemado em um galpão haviam dias. Era pouco iluminado e tinha em cheiro horrível eu estava faminto e não sabia ainda qual era minha utilidade aqui. Eu abaixei minha cabeça repassando novamente em minha mente como eu havia chego aqui. Meu ombro ainda  doía do tiro que eu havia levado, e a cada hora eu perdia mais um pouco de consciência. Sempre que eu conseguia adormecer eu poderia ver o sorriso de Marie enquanto brincávamos ou quando eu contava sua história favorita sobre a princesa do deserto, e inevitavelmente senti o cheiro do perfume doe de chocolate de Demetria. Eu via os cabelos dela, os olhos, era quase como se eu realmente pudesse toca-la, e então eu acordava.

Dessa vez não foi diferente ela sorriu pra mim me pedindo pra eu voltar pra ela, que ela precisava de mim uma lágrima caiu do rosto dela, eu tentei, tentei muito faze-la parar de chorar, mas ela sumiu antes que eu pudesse secar aquelas malditas lágrimas que me machucam na alma.

Abri meus olhos quando ouvi um barulho na porta do galpão me endireitei na cadeira erguendo minha cabeça, o loiro entrou acompanhado de uma mulher, eu meneie a cabeça, ela tinha os cabelos compridos e negros, os olhos castanhos quase pareciam violeta, mas o rosto aquela fisionomia não me era estranha. Ela se parecia muito com alguém que eu conhecia. Imediatamente me senti culpado por não sentir falta da Taylor.

_Hora do almoço?_Eu perguntei olhando pra eles.

_Você deveria manter a sua boca fechada, não esta em uma posição muito boa Jonas._O loiro que se chama Jason ou Justin eu não lembrava ao certo o nome dele.

_Ah você acha?_Eu perguntei de bochado.

_Minha amiga aqui, vai cuidar dos seus machucados enquanto conversamos._Eu revirei os olhos sobre a ideia de conversar, mas meu ombro doía muito pra eu fazer oposição sobre os cuidados nos meus machucados.

_Eu acho que poderíamos mudar algumas coisas, você sabe o suficiente de mim, mas eu não sei nada de você_A garota se aproximou de mim se ajoelhando e rasgando minha camisa para olhar o meu corte, o médico que me arranjaram de me trazerem para cá conseguiu tirar a bala de dentro de mim, mas a dor ainda era terrível_ E nem sobre sua amiga, qual seu nome querida?

Ela não me respondeu ou me olhou nos olhos, eu revirei os olhos era óbvio que eu não podia contar com honra ou respeito de uma pessoa que esta me mantendo preso.

_Então, S.r Jonas você é um rei de um país qualquer que quase ninguém conhece, mas o senhor é rico o suficiente para mandar em qualquer um no mundo, se quisesse no entanto, permanece enclausurado, algum motivo especial.

_Gosto de ficar sozinho, não vejo necessidade de meter entre os grandes... Então, garoto vai me contar por que eu estou aqui?

_Não é óbvio?

_Dinheiro? O seu problema é dinheiro? Você sequestrou um rei onde nesse momento quase todos os chefes de segurança do mundo estão atrás de mim e irão me achar em questão de tempo, por um pouco de dinheiro? Isso não é muito inteligente .

Ele me olhou sério com as mãos nos bolsos _É  verdade você tem razão, tem basteante gente poderosa atrás de você e inevitavelmente atrás de mim... _a garota ajoelhada a minha frente tremeu
_E de você também meu amor. Mas, se eu conseguir dinheiro o suficiente do senhor por mim tudo bem dessa forma.

_Como pretendem fazer isso?_Eu perguntei sentindo uma forte no ombro enquanto ela limpava meu ferimento.

_Eu estava pensando em sequestrar a sua filha_Eu o encarei com ódio no olhar quando ele falou da minha filha_Relaxa não a encontramos graças a aquela maldita repórter... Aliás ela é muito linda.

_Fique longe dela, fique longe da minha filha ou eu juro por Deus que antes de morrer eu mato você.

_Você é bem agressivo onde aprendeu isso Jonas?

Pare de joguinhos eu estou cheio disso_Eu disse afastando com o corpo a garota de perto de mim ela caiu sentada_ Fale de uma vez o que quer claramente.

Justin foi até a garota e a levantou ela pareceu calma por um instantes até que ele levou a mão aos cabelos dela e puxou, os cabelos negros caíram no chão e ficou apenas o cabelo loiro no lugar, eu olhei estático por alguns minutos do cabelo no chão ao cabelo loiro preso a realidade me tomou como um assalto.

_Taylor!

Eu não sabia o que estava sentindo, Um misto de decepção, raiva ódio, tristeza e dor. Dor em pensar que ninguém nunca amou tanto uma mulher quanto eu amei a Taylor e pensei no que eu havia feito de errado para que Taylor estivesse ao lado dele. Eu dei minha vida a ela, e por um tempo até mesmo minha alma e ela agora estava ajudando a me sequestrar e a própria filha isso era doentio.

_Você nunca foi sequestrada pelo seu irmão.

_Não._Ela respondeu séria soltando os cabelos.

_Por que esta fazendo isso?

_Eu não concordo com a ideia de matar você_Ela deu de ombros _Então, eu não sou assim tão má.

_O que eu fiz de tão errado Taylor? Fui um marido ruim? Eu não te feliz?

_Não, você não me fez feliz._Ela deu de ombros novamente soltando os cabelos_Mas, foi um marido ruim, nunca conheci um homem tão atencioso e carinhoso, mas acho que cansei de tanta bondade e amor.

_Então, resolveu que forjar a própria morte era melhor do que pedir a droga do divórcio?_Eu gritei

_Acalme-se s.r Jonas._Justin pediu beijando o rosto da Taylor_Resumindo ela fugiu de você veio para nos meus braços, tivemos uma briga horrível quando eu descobri que você na verdade é um rei e que ela ainda é casada com você, mas foi dada como morta. Ela insistentemente quis voltar pra você quando decidiu que ainda queria ficar com você, para que eu não pudesse mata-lo  e claro dinheiro é necessário na jogada.

_Ela também quis fugir de você?_Eu ri amargo pra eles_Você não sabia que ela havia voltado pra minha casa?

_É eu não sabia, mas adivinhe? Eu fui buscá-la diferente de você que preferiu a repórter, eu não pude dar uma boa olhada nela no outro dia, mas espero vê-la novamente para descobrir se pelo menos ela é mais bonita do que Taylor!

_Eu já te avisei que se encostar nela  eu mato você, eu juro que mato.

Justin me olhou sério ao lado da Taylor. Eu devia mesmo estar com mais raiva do que eu demonstrava por que os dois realmente ficaram assustados com a minha ameaça.

_Como é mesmo o nome dela, querida?

_Demi... Demi Lovato.

_Mais tarde eu vou ver o que descobrimos sobre ela..._Ele foi interrompido no meio da frase com um barulho que eu poderia jurar ser de um helicóptero, segundos depois carros não estavam longe de nós. Pela surpresa e susto vistos nos rostos de Justin e Taylor eu sabia que não eram amigos deles.

_Eu disse que mais cedo ou mais tarde me achariam._Eu ri para eles_Vão me matar? Me usar como refém? Eu tenho uma ideia melhor saiam enquanto podem e fiquem livres por um tempo... A polícia vai achar vocês de qualquer jeito mesmo.

_Cala a boca!_Justin gritou

_Justin ele tem razão temos que ir embora daqui, por favor!

_Ele é o nosso bilhete premiado.

_Ele é o seu bilhete premiado, eu quero ir embora daqui.

_AQUI É DA POLÍCIA DOS ESTADOS UNIDOS RENDAM-SE AGORA!_Eu apenas podia rir alto.

_Meu país é realmente pequeno, mas parece que o seu país acha o líder importante demais.

_Ah cala a boca._Justin gritou, mas eu não sabia bem pra quem, já que ele e Taylor haviam travado uma discussão. Joguei meu corpo da cadeira e me encolhi no chão tentando proteger minha cabeça quando houve o estouro.

Eu pude ouvir a Taylor gritando e vidros estilhaçando.


segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

A Repórter Americana Capítulo 19


"Você poderia estar morto? Você sempre esteve dois passos a frente de todos, nós andaríamos atrás enquanto você correria eu olho para sua casa e eu posso te ouvir gritando para mim onde eu sempre costumava estar. E eu sinto sua falta assim como os desertos sentem falta das chuvas..."

Estávamos sem notícias haviam 4 dias. 4 terríveis dias de angústia como eu poderia saber como Joe estava? Como eu poderia saber onde Joe estava?


 Haviam muitos chefes de segurança a procura do Joe, mas haviam poucas notícias sobre o que aconteceu, ainda mais que o estúpido do Sterling estava em coma induzido por causa da pancada que levou na cabeça. E estava com a perna esquerda quebrada em três lugares.

 Eu devia ter ficado chateada ou preocupada com Sterling por que sou um ser humano, mas tudo o que eu conseguia pensar era que eu queria que ele acordasse para nos contar o que sabia.

_Demi?_Não precisei olhar para saber que era Miley  me chamando. Eu estava na janela observando o nada. Desde que a casa do Joe foi praticamente destruída eu e Marie viemos para casa de Nick e Miley.

_Sim.

_Você precisa se alimentar não pode ficar sem comer.

_Eu sei é só que não consigo comer._Meus olhos se encheram de lágrimas enquanto eu continuava olhando pra fora_Eu acabo vomitado.

_Eu sei, mas você precisa comer linda, quando Joe voltar ele vai querer que você fique inteira. E o bebe dele também.

_Eu sei Miley. Só não concordo sobre o bebe.

_Ah Demi você sabe como o Joe é louca pela Marie e será louco pelo bebe de vocês.

Eu sorri, mas não criei esperanças Joe ainda era casado, mesmo que a esposa tenha desaparecido de novo.

_Você não contou pra ninguém sobre a gravidez, não é Miley?

_Não eu não contei... Quer dizer apenas para o Nick.

_Sim, tudo bem.Onde você acha que a Taylor esta?

_Não faço ideia!_Miley disse

_Acha que ela sumiu por causa dos exames que teria que fazer?


_Ela não sabia dos exames ainda.

_Verdade.

_Eu queria tanto que Joe estivesse aqui.

_Eu sei, também queria. Ele saberia exatamente o que fazer numa hora dessas.

_Ele é incrívelmente bom em saber o que fazer, chega a ser estúpido!

_Verdade, mas se não fosse isso Joe não seria O Rei Jonas!_Miley riu.

_Eu estou assustada e com medo Miley._Me virei pra ela me jogando no sofá ao lado da janela, aquele vinha sendo o meu lugar._Não quero que ele se machuque ou mo...

_Não, Demi ele esta vivo, não perca a esperança nele, ele é forte e teimoso demais.

_Eu disse que o amava, mas ele disse que não poderiamos falar desse assunto no momento, mas ele sorriu e disse que falaríamos sobre isso mais tarde, Miley eu quero muito falar disso com ele!

_Vocês vão falar sobre isso Demi, eu tenho certeza!-Miley veio me abraçar.

_Meninas?_Nick chamou entrando na sala, eu rapidamente limpei minhas lágrimas._Sterling acordou.

_Graças a Deus!_Eu disse me levantando_Ele já falou alguma coisa sobre Joe? Sobre o que aconteceu? Sobre a vadia da Taylor?

_Calma Demi... Ele acordou apenas á uma  hora atrás, vai demorar um pouco até obtermos respostas, no máximo amanha.

_Tudo bem... Eu posso ir com você? Eu não aguento mais ficar aqui esperando por noticias, por favor Nick...!

_Tudo bem.

_Obrigada!


***

Eu permanecia acordada a noite toda andando de um lado para o outro no quarto, por um momento eu achei que o chão abriria a qualquer momento, eu precisava de noticias e eu sabia que Sterling tinha algumas. Pra mim quanto mais tempo passávamos sem noticias queria dizer que o Joe estava em maiores problemas.

 Pela manha Miley me obrigou a tomar café e comer cereais eu estava nervosa demais pra comer, quanto mais demorava, mais nervosa eu ficava.

_Talvez, não seja uma boa ideia a Demi ir com você amor._Miley disse ao Nick e eu quase me afoguei por conta disso._Ela esta muito agitada.

_Ah por favor você estava reclamando que eu estava quieta demais Miley... E de qualquer forma eu tenho que fazer alguma coisa ou eu vou enlouquecer Nick por favor, você prometeu!

_Na verdade eu não prometi...

_Nick por favor!

_Tudo bem_Nick se deu por vencido

Estávamos indo pro quarto onde estava Sterling quando Nick me pediu pra ter calma quando chegássemos. Eu pensei “PORRA, CALMA O CARALHO” mas concordei, até por que ele tava digamos que em uma situação não muito boa, mas eu queria, eu TINHA que saber onde o Joe estava e pensando assim, eu tava pouco me lixando pro Sterling.

Entrando no quarto Nick se virou pra mim e disse:

_ Demi só, se acalma, não sai fazendo perguntas tão alteradas, ele ainda não esta totalmente bem_ E sorriu.

Tudo bem Nick_ Disse isso pensando qual seria minha primeira pergunta: Onde ta o Joe seu desgraçado? O que você fez com o Joe seu nojento? E se não respondesse fala seu Filho da puta.

Eu ri quando pensei nisso, as vezes até eu me apavoro com meus pensamentos.
Entramos no quarto Sterling estava falando com os médicos, que quando viram Nick saíram do quarto.

Quando entramos Nick perguntou_Tudo bem Sterling?

Ele olhou pro Nick_Eu to com cara de quem ta bem?_Ele respondeu irônico.

Sterling, não começa_Nick disse bem calmo, se fosse eu já teria uma discussão aqui.

Sterling revirou os olhos_Faça o favor de deixar eu voltar pra minha casa?

Não até responder minhas perguntas_Disse Nick ainda calmo, indo sentar ao lado da cama_Agora me diz o que você tem a ver com o sumiço do Joe a da Taylor?

_Você acha mesmo que eu tenho algo a ver com isso?_Ele respondeu irônico.

_Eu acho!_Eu gritei do outro lado do quarto sentada no sofá.

_Nossa, calma bonitinha_Stering falou calmamente_Eu não tive absolutamente nada a ver com o sumiço do Joe, e a Taylor? Eu não a vejo desde que fugiu com Justin.

_O.K_disse Nick_ Então por que tudo isso? Por que você destruiu a casa do Joe? De onde veio a Taylor e pra onde ela foi? E quem é Justin?

_Vocês realmente não escutam nada do que eu digo? Eu não tenho nada a ver com a casa do Joe. Foi uma coincidência eu estar lá.

_Uma incrível e feliz coincidência!_Eu debochei_Eu apenas quero saber onde o Joe sta por favor, por favor!

_Eu não sei do Joe querida, talvez o Justin saiba.

_Por Deus quem diabos é Justin?

_Aparentemente, o namorado da Taylor.

_O namorado de quem?_Eu e Nick perguntamos juntos.

_Da minha querida irmãzinha... Sabe por isso o Joseph controla tudo, você são realmente muito burros!

_O que a Taylor tem a ver com isso?_Eu perguntei tentando sequer pensar num por que Taylor faria uma coisa dessas.

_Não tenho total certeza de que Taylor seja a culpada por isso, mas não é totalmente inocente.

_Sterling para de enrolar e diga onde esta a Taylor?

_A ultima vez que soube da Taylor, ela estava em L.A. Ela não queria se separar do Joe, então forjo sua morte para fugir com Justin e a um tempo atrás me ligo dizendo que Justin descobriu que ela é casada e tem uma fila. Ele queria matar o Joe_Ele deu de ombros_Nunca dei  muita atenção a essas porcarias.

Eu não conseguia pensar no quanto essa história era fora do comum, e no quanto de raiva eu sentia da Taylor nesse momento.

_Você é maluco Sterling? Taylor te falou isso e você nem pra avisar o Joe?_Eu falei quase gritando_Você sabe onde eles moram em L.A?

_Querida, eu não sou maluco, eu apenas viso o que me importa.

_Joe era seu melhor amigo seu desgraçado!

_Demi acalme-se por favor._Nick pediu e eu respirei fundo.

 _E por que eu avisaria o Joe ou como? Ele não quer mais saber de mim assim como eu não quero saber dele_Sterling Falou num tom meio triste_E respondendo sua outra pergunta, eles moram na parte mais pobre da cidade! Ele é um contrabandista falido.

Graças a Deus tinha por onde começar.

Obrigada_Eu disse e sai correndo, mas parei na porta_Joe sente sua falta Sterling e Nick pelo amor de Deus vamos atrás dele, por favor!_E saímos.

_Demi você não vai a L.A._Nick  me disse assim que entramos no carro e ele pegou o celular para ligar para alguém.

_Por que não?

_Você sta grávida Demi! E se Joe ver que colocamos você em perigo ele me mata, e mata todos os nós... Ele é obcecado com a sua segurança e de Marie.

_Nick por favor não posso ficar aqui esperando vocês voltarem!

_Mas, vai ter que ficar.

_Nick!

_Demi, eu sinto muito, mas será dessa forma. Não podemos colocar vocês em risco_Ele olhou pra minha barriga_Não vou fazer isso.

_E se eu for e você me deixar em lugar seguro esperando?_Nick me olhou já negando_Pelo menos pense no assunto o.k? Não é muito. E aliás isso aqui esta um caos sem o Joe, se você e Robert forem, quem vai cuidar da gente? E da Miley? Vai deixa-la sozinha?

_Eu não acredito que você esta apelando para os  meus sentimentos em relação a minha esposa.

Eu ri um pouco e uma lágrima caiu_Desculpe, mas eu estou desesperada Nick.

Ele apenas me olhou e completou sua ligação para Robert.


Nesse capítulo que eu demorei pra postar segundo uma pessoa ai eu demorei tipo uns seis dias... Sete passou da meia noite, mas em fim eu tive ajuda da Duda do "Devonne Warrior" que salvou minha vida. Eu tenho todo a história na cabeça, mas não tava conseguindo organizar, mas então esse anjo da Duda, me ajudou!

E atrasada em 5 dias gostaria de desejar a todos um feliz ano novo! Que vocês possam realizar o sonho de vocês, que tenham toda a felicidade, amor, paz e sucesso do mundo! Que nesse ano vocês tenham muita saude e claro dinheiro também fazer o que? A gente precisa viver, comer, beber, morar, vestir e essas coisas... De todo coração que esse ano seja O ano de cada uma de vocês... Que seja O ano pra nós!!!!

E muito obrigada por estarem comigo nesse ano de 2014 vocês me fizeram mais feliz em perceber que vocês gostam das loucura que eu escrevo aqui, e sempre me fazem rir com os comentários espero que continuem comigo no ano de 2015!!!! Obrigada por tudo ontem, hoje e sempre!!!!!! Amo vocês minhas sweet disasters!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!