segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Capitulo treze Our First Time


DEMI On
Agora não estou longe de duvidar para que estou vivendo porque se te faço feliz, eu não preciso de mais nada...


Eu estava sentada na sala no meio das pernas do Joe enquanto ele acariciava meus cabelos, já havíamos comido estávamos vendo TV. Vez ou outra eu sentia os lábios do Joe no meu cabelo ou rosto entrelacei sua mão na minha e lhe dei um selinho.

Iniciamos um beijo doce e calmo, mas ele se tornou um daqueles beijos que me deixam sem folego, eu me deitei sobre ele fazendo-o cair pra trás no sofá e rimos sem nos separar. Joe passou a mão nas minhas pernas subindo por baixo da camiseta que vestia pra dormir.

Eu passei a mão por baixo da camiseta dele, me sentei no colo do Joe, puxando a camiseta dele e sem tempo de olhar pra ele e ficar envergonhada voltei a beijá-lo. E o bendito do celular começou a tocar, resmunguei reclamando e mordi o lábio dele, Joe apertou minha coxa mais forte, acho que ele pensou em ignorar a ligação, e eu pensei que a pessoa iria desistir, mas o filho da mãe era persistente, me sentei olhando pra ele, peguei seu celular do bolço e atendi.

Joe apenas me olhou sorrindo, passando a mão na minha perna.

_Alô?_ eu perguntei sorrindo com o carinho do Joe_ Alô?

_Err... Não sabia que a relação de vocês estava no nível de você atender ao telefone dele... Nossa!_ Não reconheci a voz, mas era uma garota e das bem chatas se eu não estava enganada.

_Como nós estamos ou deixamos de estar eu acho que não é da sua conta!_ eu disse_ Quem tá falando?

_Quem é?_ Joe perguntou e eu dei de ombros_ Que estranho... Se não diz quem é, desliga!

_Ai..._ A voz da garota reclamou _ Não acredito que não reconheceu minha voz, priminha?

_Af, meu Deus o que você quer Nicole?_ Joe fez uma careta e eu olhei pra ele deu de ombros e beijou minha perna_

_Quero falar com o Joe... Esse é o telefone dele, não é?

Eu revirei os olhos e entreguei o telefone ao Joe, me levantei e fui até a cozinha tomar agua, ouvi Joe reclamar de alguma coisa e ri, fui até a porta e fiquei escorada vendo ele se sentar sem muita paciência se ele tratar ela como me tratava isso seria engraçado.

_O que você quer que eu faça? Eu não tenho nada a ver com isso, se vira_ Joe falou_ Nicole, eu não posso te ajudar... A Demi é problema meu não seu!

Eu ri pra ele, e dei tchau subindo as escadas eu iria direto pro meu quarto, mas parei na porta do quarto do Joe e entrei, me joguei na cama dele, arrumada eu ri fazia alguns dias que ele não dormia aqui, mas o cheiro dele ainda estava aqui.

Fui até ao banheiro era bem limpo, só roupas jogadas num canto e uma toalha pendurada na porta me olhei no espelho, hoje estava me sentindo perfeita, mas ficar se olhando muito tempo no espelho é capaz de acabar com a minha autoconfiança, então sai, dali e me joguei de novo na cama.

Peguei a foto na cabeceira da cama e meu coração se apertou. Joe estava com os irmãos e Denise, nunca parei pra pensar desse jeito, mas Joe era apenas uma criança quando a mãe morreu e teve que contar ao Nick. E mesmo assim só o vi chorar uma vez, quando chegou em casa e sentou naquele balanço onde costumava ficar com a mãe e os irmãos, Joe sempre fora o mais apegado a Denise, não foi fácil pra ninguém, mas Joe sofreu calado e ainda ajudou com o sofrimento dos outros, isso o tornou mais maduro eu acho. Só havia uma pessoa com quem o Joe era infantil e imaturo... Eu.

_Demi?_ Joe entrou no quarto e me olhou desconfiado_ O que esta fazendo?

_Hum... Nada?_ eu olhei a foto uma ultima vez e coloquei no lugar. Joe entrou e fechou à porta ele estava olhando pra qualquer lugar_ Eu fiz algo errado?

_Não, não fez nada minha pequena._ ele sorriu olhando pra mim_ Nicole, ela fez.

Eu me sentei na cama e o olhei intrigada como Nicole viera parar nessa conversa?

_O que ela fez?

_Esta gravida_ ele deu de ombros, e eu o olhei ainda mais confusa.

_Joseph Adams Jonas, o que você tem haver com isso?

_Hei, pode ficar calma Demetria... Eu não tenho participação nenhuma nisso.

_Então...?

_Ela quer minha ajuda... Quer que eu diga que sou pai, para os pais dela.

_Como que é? Você esta brincando comigo, certo?

_Na verdade ela falou bem séria... Parece que o namorado caiu fora e disse que não vai assumir, e os pais dela vão matar ela... E eu... Disse que não ia fazer isso, mas fico pensando qual será a reação dos pais dela, você os conhecem sabe como são.

_Estou começando a duvidar da sua inocência meu caro Joseph.

_Eu estava com você Demi, não trairia você fui bem avisado disso no inicio... E, aliás, eu levei um bom tempo pra ficar com você não jogaria tudo fora por um caso bobo com uma das minhas ex-namoradas, tenho você comigo não preciso de outra.

Filho da mãe pensei. Sorri abaixando a cabeça e revirei os olhos Joe se sentou do meu lado e não disse nada, olhei pra ele e sorri largamente.

_Ok, Joe... Todos temos que assumir as consequências dos nossos atos, falta de aviso não foi... Você sabe não se transa sem camisinha! Quero dizer você sabe né?

_Não, não sei Demi, isso é comum? – ele me olhou serio, mas depois começou a rir e eu ri junto_ Ai meu Deus Demi, isso é coisa que se diga?!

_Sei lá talvez você não soubesse desse detalhe _Me sentei em seu colo de frente pra ele envolvendo sua cintura com as minhas pernas_ Por que isso realmente seria um problema pra mim...

_Seria?_ Joe me puxou pela cintura.

_Eu tenho certeza que seria_ eu me inclinei em sua direção e rocei meus lábios nos seus, me afastei e o olhei nos olhos_ Você não pretende me parar pretende?

_Eu deveria?_ ele mordeu meu lábio apertando minha coxa, fechei meus olhos e neguei com a cabeça e então ele me beijou de verdade, o beijo foi calmo e apaixonado, não esperava que fosse desse jeito... Calmo.

Aos poucos o beijo foi se aprofundando tanto eu quanto Joe parecíamos querer mais, minhas mãos se perderam em seus cabelos, acariciando sua nuca e ele deu um pequeno gemido por entre o beijo apertando minha cintura com força, passei minhas mãos por baixo da camiseta dele, ambos estávamos sem folego nos afastamos e eu sorri erguendo a camiseta dele, tirando e jogando em algum lugar e em seguida voltei a beija-lo.

Passei minhas unhas por seu abdômen e fui vagando pra suas costas e minhas mãos voltaram a bagunçar seus cabelos, Joe me puxava ainda mais pra ele, eu estava sem ar novamente nos afastamos fechei meus olhos, eu não sabia se Joe sabia que essa era a minha primeira vez, mas eu estava adorando essa sensação de saber que não era mais uma das nossas  brincadeiras.

Ele deu um beijo na minha bochecha, eu ri tinha algo atrás disso só podia ter. Então, seus beijos foram para minha orelha eu virei um pouco o rosto pra ele e puxei seu cabelo quando mordeu de leve, seus beijo desceram até meu pescoço.

Nós voltamos a nos beijar e suas mãos entraram por baixo da camiseta que eu usava e foi erguendo, me separei apenas pra ele poder tirar olhei em seus olhos, fiquei um pouco vermelha por Joe me ver sem sutiã e só de calcinha em seu colo, mas logo voltei a beija-lo, ele abraçou minha cintura me puxando ainda mais pra ele, e sentir seu  corpo perfeito no meu me fez arrepiar e gemer por entre o beijo.

Ele desceu os beijos com carinho pelo meu colo, mantive meus olhos fechados com força, algumas coisa não precisam ser vistas apenas serem sentidas como isso agora, puxei seu cabelo quando senti sua língua em meu seio. Eu gemi baixinho em seu ouvido, e senti ele se arrepiar um pouco e apertar minha coxa com mais força.

Joe me segurou com força, me deitando na cama, deixando o peso de seu corpo cair sobre o meu, se pressionando contra mim, e eu gemi novamente sentindo sua excitação, eu passei a mão em seu rosto e o puxei para mais um beijo nada calmo e que parecia acabar comigo por dentro, me deixando extremamente frágil por fora, deixando no lugar outra Demi louca pelo Joe e o que ia acontecer.

Prendi minhas pernas em volta de sua cintura enquanto o beijava desesperadamente, movendo meu quadril contra o seu... E sua mão apertou minha coxa com força. Joe gemeu meu nome em meu ouvido eu sorri arranhando sua nuca desesperada por mais, desci minhas pernas pra fazer a calça dele cair e Joe me ajudou com isso, aproveitando pra beijar minha barriga.

Suas mãos subiram pela minha perna, eu abri os olhos e vi o Joe olhando pra mim eu apenas sorri mordendo meu lábio e acariciei seu rosto ele fechou os olhos deixando um beijo na minha coxa... Joe de repente não estava mais em cima de mim, fechei meus olhos tentando me acalmar. Os lábios do Joe voltaram a tocar os meus com cuidado, mas mais urgentes do que antes, sorri arranhando sua nuca.

Senti ele puxar minha calcinha devagar e sua mão me acariciar, mordi seu lábio com a surpresa, ele sorriu deixando seus dedos memorizarem cada linha e curva do meu corpo...


Joe On
O que você fez comigo? Me fez sentir tão bem por dentro...

Eu estava acariciando as costas da Demi deitada em meus braços, ela deixou sua mão segurando a minha brincando com meus dedos, eu sorri com a imagem da garota linda em meus braços. Eu de jeito algum poderia descrever a noite que tive com a Demi, não fora planejado, pelo menos não por mim, e foi perfeito em cada segundo das duas vezes, eu ainda não tinha sido capaz de acreditar.

_No que esta pensando Joe?

_Em como você esta linda assim, nos meus braços...E no quanto eu queria ter sido o único a estar com você. O único a fazer você se sentir assim.

_E se eu te contar um segredo?_ Ela se sentou puxando o lençol pra se cobrir, eu ri já havia visto tudo não entendo por que se cobrir.

_E que segredo seria esse?_ Me ajeitei lhe dando um selinho e ela me empurrou sorrindo de leve_ Ai essa sua unha me arranhou... De novo.

_Que bom... Então posso te contar meu segredo?

_Pode eu estou esperando, na verdade.

_Você foi o único a me fazer sentir assim, você foi o único a estar comigo dessa maneira_ ela apontou pra nós _Você foi o único nesse sentido.

_Você esta querendo me dizer que eu... Você é virgem?

_Era na verdade._ Ela sorriu abaixando a cabeça_ Eu não quis te contar por que... Na verdade eu não achei esse detalhe importante.

_Detalhe?_ eu perguntei olhando pra ela_ Na verdade, é importante sim.

_Por quê?

_Por que se eu soubesse não teria sido desse jeito, eu teria tomado mais cuidado... Eu te machuquei?

_Se isso é machucar sinta-se a vontade pra me machucar sempre._ ela disse sorrindo pra mim_ Joe acredite, não tinha que ser de outro jeito, você tem alguma noção do quanto essa noite foi perfeita pra mim?

_Mas poderia ter sido melhor...

_Você não vai acabar com a noite maravilhosa que eu tive eu não vou deixar Joseph... Ah, sabia que o meu namorado é o cara mais incrível do mundo? Ai meu Deus, eu te contei?! Ele é perfeito, eu tive minha primeira noite de amor com ele e eu já sei que nada nunca vai ser melhor do que isso!

Ela disse como se estivesse contando alguma coisa pra Selena, gesticulando com as mãos e segurando o lençol. Eu revirei os olhos e comecei a puxar o lençol devagar deixando escorregar pelo corpo perfeito dela eu me deitei sobre ela acariciando seu rosto tirando uma mecha de cabelo que teimava em cair em seus olhos, rocei meus lábios nos seus e olhei em seus olhos.

_Sabia que nunca deve se dizer nunca_ eu sussurrei a vendo fechar seus olhos e sorrir de leve arranhando meu braço_ A gente sempre pode melhorar... O que acha?

_Eu acho que a pratica leva a perfeição, e isso significa melhorar.

_O que foi que aconteceu com Demi fofinha e envergonhada?

_Foi passear um pouquinho... Quer que eu a chame?

_Deixa pra mais tarde, você vai ficar ocupada por um tempo.

_Ah é? Espero que por um longo tempo... Gosto de ficar ocupada!


_Sua pervertida!_ comecei a beija-la, e repetimos tudo mais uma vez aquela noite, ela não tinha medo e era fácil pra mim ver quando ela queria alguma coisa, eu amo essa garota realmente amo.



Olá pessoas,
Que não me amam e eu nem sei se gostam da Fic por que não comentam, mas eu gosto tanto de postar que eu não me importo de ser ignorada, amores eu sofri bullying por anos ou seja estou acostumada a ser ignorada, então isso não me afeta, maaaaaaaaaaaas deixando o drama de lado e falando um pouco mais desse capitulo, bem esse capitulo teve um Hot não muito Hot por que eu não sabia muito bem como escrever sem parecer vazio e vulgar, mas é isso e eu achei tão legal... Ok que minha opinião não vale muito por que fui que escrevi, mas eu achei tão legal, em fim como sempre eu espero que gostem do capitulo e bem por hoje é só pessoal!
Bjo bjo meus anjos! *_*

Obs: Eu ando sem muita imaginação acho que algum bloquei mental, mas deve passar talvez demore, mas passa ainda mais que eu tenho toda a história na minha cabeça!

Musicas que eu estou ouvindo:
Um ida a gente se encontra do Charlie Brown Jr.
Real and True do Future com Miley Cyrus( DIVA) e Mr.Hudson
Lego House do Ed Sheeran (AMO_
Let It Go da Demi (DIVA LINDA) Lovato
Let Me Go da Avril Lavigne com Chad Kroeger (Vocalista do Nicklelback e eu não sei se o sobrenome dele ta certo)
Who Says da Selena (Perfeita) Gomez
Somos Quem Podemos Ser do Engenheiros Do Havai
Beutiful da Bethany Dillon
Beutiful  da Cristina Agulera
Changes 3 Door Down
Adore You da Miley Cyrus
The Only Exeception do Paramore
You're My Favorite Song do Joe (LINDO QUER CASAR COMIGO?) Jonas e Demi Lovato
Tempo Perdido Legião Urbana
Wings da Birdy
First Time dos Jonas Brothers
This Song Saved My Live Simple Plan
Love Thats Lets Go Hannah Montana feat Billye Ray Cyrus( SIM EU TENHO 18 ANOS E ESCUTO E ASSISTO HANNAH MONTAN E CHORO QUANDO ELA TIRA A PERUCA)
Nobody Knows da Pink
When I Was your Man do PERFEITO Bruno Mars
Story Of My Life do One Direction
Bad do Rei do Pop Michael Jackson (EU AMO ELE)
Neon Lights da Demi Lovato
é muita musica, não vivo sem musica e isso  não é nem metade kkk sério, não mesmo nem a metade da metade da metade, mas essas são as que eu não paro de ouvir ultimamente!

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Capitulo Doze Sozinhos!

Demi on
Somos somente um desperdício de tempo, mas sabemos que isto é real...

Acordei e fiquei um bom tempo olhando Joe dormir, sorri boba olhando pra ele, parecia um anjo dormindo e por hoje ser sábado resolvi deixa-lo dormindo. Dei um beijo no seu rosto e fui ao banheiro, depois de fazer minha higiene matinal, desci.

Minha mãe, Selena, Nick, Kevin e Dani estavam sentados na mesa pra o café da manhã.

_Que lindos, nem me chamam pra tomar café_ eu disse me sentando ao lado do Nick_ Bom dia povo que me ama!

_Bom dia_ todos responderam juntos e eu bem satisfeita_ Que bom humor é esse monstrinha?_ Minha mãe perguntou cheia de segunda e terceiras intenções.

_Nada demais... Eu só tenho o namorado mais perfeito do mundo, que me da uma rosa vermelha e perfeita, e ainda canta pra mim dormir, só isso.

Confessei feliz demais pra ficar com vergonha de esconder alguma coisa.

_Ai que coisa fofa meu Deus, o tia Di já viu a Demi boba assim por causa de namorado?_ Selena perguntou

_ Não, é o efeito Jonas, não é mesmo meninas!

Todas as garotas da mesa tinham seus respectivos Jonas, então apenas nos olhamos e caímos na gargalhada, Kevin e Nick deram um toque de mão e eu revirei os olhos.

Me levantei e minha mãe me olhou como se eu fosse maluca_ Você não acabou de se sentar?

_Eu vou lá acordar o meu Jonas._ e subi ignorando o barulho que eles fizeram na mesa, entrei no meu quarto em silencio e encostei a porta fui até o Joe que continuava dormindo que nem um anjo, sorri_ Amor, _eu disse fazendo carinho em seu rosto_ acorda, amoor... _Eu beijei seu rosto e fiz carinho em seus cabelos_ Amor, acorda.

Eu falei baixinho em seu ouvido, ele colocou uma mão em minha cintura resmungando alguma coisa eu sorri e voltei a acariciar seu rosto.

_Se você finalmente abrir esses lindos olhos castanhos eu te dou um beijo..._ Ele abriu os olhos e eu ri alto_ Ai meu Deus que menino interesseiro!

Eu o beijei de verdade e com vontade, era tão bom sentir a língua dele brincando com a minha como se pertencessem uma a outra, Joe me puxou pela cintura me fazendo deitar em cima dele. Eu sorri por entre o beijo o que foi muito bom, me afastei dele sem ar e ainda sorrindo.

_Bom dia!_ eu sussurrei_ e a proposito eu preciso respirar._ Eu ri e ele me deu um selinho, ele estava com uma carinha de sono o rosto amassado ele era tão perfeito.

_Bom dia!_ ele me deu mais um selinho e eu sorri pra ele_ E a proposito eu não tenho culpa se você tem pouco folego!

_Ah claro que não..._ eu disse sarcástica_ Você que me beija desse jeito que me deixa sem ar... Meu Deus! Sabia que eu nunca fui... _ beijada assim_ Você esta a coisa mais linda do mundo assim.

_Eu sei que sou lindo de qualquer jeito, mas o que você ia falar de verdade não mente pra mim, Demetria eu sempre sei e você sabe!
_ O chato_ mostrei a língua pra ele_ Tudo bem... Eu ia dizer que... _ baixei a cabeça envergonhada fazendo desenhos com a minha unha em seu peito_ Eu ia dizer que nunca fui beijada desse jeito e que é incrível o jeito que você me beija como se eu fosse sua a uma vida inteira... E eu gosto disso.

Eu disse olhando em seus olhos e logo depois escondi meu rosto na curva do seu pescoço, ele acariciou o meu cabelo e o beijou.

_Olha pra mim_ ele pediu baixinho, demorei um pouco e então voltei a encarar seus olhos_ Eu acho que nunca gostei tanto de beijar alguém, e sinceramente beijar você é algo incrível!

Eu o olhei voltei a beija-lo, daquele jeito que ambos gostamos, como se o mundo fosse acabar e nós nem perceberíamos, eu sorri com a ideia de o mundo acabando e eu nos braços do Joe o beijando, esse parece um bom jeito de suportar o mundo acabando.

_O que é tão engraçado?_ ele perguntou também rindo, eu apenas balancei a cabeça e voltei a beija-lo. E de novo eu acabei embaixo dele, baguncei o seu cabelo o abraçando pelo pescoço, ele apertou minha coxa e mordi seu lábio...

_Hey, você disse que ia acorda-lo_ Selena falou na porta_ Não que iria engravidar de manha cedo!

_Selena!_ eu gritei rindo e joguei um travesseiro nela_ Sai daqui sua praga...

_Selena, eu não vou engravidar ninguém!_ Joe se defendeu rindo_

_Calado Joseph!_ eu disse voltando a beijá-lo_ Ás vezes você fala demais...

Joe riu e logo voltou a me beijar, eu adoro esse beijo eu poderia passar o dia assim, pra minha sorte Joe parecia gostar tanto da ideia quanto eu... Um maldito celular começou a tocar e não era o meu.

_Santo Deus!_ eu reclamei rindo

_Ah!_ Joe exclamou sorrindo_ O que você tem hoje Demetria?

_Eu só queria ficar o dia inteiro beijando você sem ninguém atrapalhar!

Ele apenas me olhou sorrindo, e atendeu o telefone.

_Jonas, quem fala?_ eu beijei seu rosto_ E ai pai?

_Eu vou tomar café_ sussurrei no ouvido dele ele assentiu sussurrando um já vou descer, sorri pra ele.

_Demi vou te fazer uma pergunta..._ minha mãe disse_ Quer ir pra praia esse fim de semana?

_Quem vai?_ eu perguntei desconfiada minha mãe sabe que eu não gosto muito de praia.

_Eu Paul e Frank._ ela respondeu eu a olhei confusa e o resto?_ Kevin vai passar o fim de semana na casa da sogra, Nick e Selena vão viajar sozinhos... Então quer ir ou quer ficar?

_Eu... Joe?_ eu perguntei pra minha mãe_ Ele vai pra praia?

_Eu só vou se você for!_ Joe disse entrando na cozinha_ Bom dia, tia Di.

_Bom dia genro/enteado._ Joe olhou pra ela depois pra mim eu dei de ombros e ele sorriu se sentando ao meu lado me dando um selinho_ Anda vai ou não vai, por que vamos sair antes do almoço.

_Eu não quero ir_ eu olhei fazendo biquinho pra ele_ Você quer ir?

_Na verdade eu não quero... Vai chover vocês estão sabendo né?

_É, mas é pra uma festa de um amigo do Paul e ele quer ir.

_Bom, eu não vou_ eu disse_ e qualquer coisa eu saio com a Miley.

_E eu?_ Joe perguntou _ Vou ficar fazendo o que?

_Tudo bem amor, eu fico aqui com você e nós assistimos filmes deitados naquele sofá e nos entupimos de pipocas o dia todo.

_Perfeito pra mim!_ ele sorriu e eu também, a ideia realmente não era ruim.

Joe On
Quando seus lábios estão tocando os meus nossos corações batem como um só...

Aquela chuva estava boa e o filme estava bom, filme de terror em uma tarde de sábado e a Demi deitada ao meu lado morrendo de medo, eu ria mais dela do que prestava atenção no filme. Ela se virou pra mim no sofá, cansada de tentar assistir ao filme.

Eu acariciei seu rosto e ela respirou fundo escondendo o rosto no meu pescoço, eu puxei a coberta e a cobri mais fazendo carinho em suas costas e em seus cabelos.

_Quer ver outro filme?_ Eu perguntei baixinho

_Não... Quero dormir._ ela se encolheu mais e eu a abracei apertado.

_Então dorme pequena... Quer sair a noite ou prefere ficar em casa?

_Depois eu penso amor, eu odeio acordar cedo não sei por que fiz isso hoje!

_Eu também não sei como você conseguiu fazer isso... Dorme pequena qualquer coisa eu te acordo.

Ela me deu um selinho rápido, segurando minha camiseta. Em pouco tempo adormeceu, fiquei vendo ela dormir mal prestei atenção no filme, gostava do jeitinho de anjo que ela tinha, dormia como um, na verdade. Ela passou os braços por mim me abraçando, acabei dormindo também.

Acordei e a Demi estava sorrindo pra mim fazendo carinho em meu rosto, sorri pra ela  escondi meu rosto na curva do pescoço dela, como costuma fazer comigo. Deixei um beijo ali enquanto ela acariciava meu cabelo, Demi e eu ficamos assim deitados apenas nos acariciando, até que ela suspirou e eu olhei pra ela.

_Algo errado?_ eu perguntei fitando seus olhos, e um sorriso brincalhão estava em seu rosto_ o que foi?

_Ãn eu estou com fome... Mas esta tão bom aqui que eu não quero levantar!

_Meu Deus! O que você tem de linda tem de preguiçosa._ eu ri dela.

_Por acaso você quer se levantar?

_Não, mas se eu estivesse com fome eu me levantaria e ia fazer algo pra comer, o bicho preguiça!

_Então aproveita que não ta com preguiça e vai fazer algo pra sua namorada linda e preguiçosa comer, vai!

Eu sorri pra ela e já ia fazer um comentário sobre a sua evidente modéstia, mas ela de repente ficou séria, e em seguida seu rosto corou levemente e seus olhos fitaram os meus.

_O que foi Demi? A fome é tanta que você não consegue mais falar?_ Eu brinquei mas estava preocupado com a expressão um pouco vazia no rosto dela_ O que foi Demetria?

_Eu... Eu... Eu... 

_Eu já entendi Demi, você o que?

_COMO você o que? Eu te chamei... Me chamei de namorada, sua namorada!

Ela se levantou depressa e se eu estivesse distraído teria ido junto, mas direto pro chão.

_E qual o problema disso?_ eu perguntei me sentando sem entender muito bem por que toda aquela confusão_ é tão ruim assim ser a minha namorada?

_Mas eu nem sabia que era sua namorada!

_Como não? Eu precisava postar no Facebook pra você saber que é?

_Mas você nunca me chamou de namorada... Eu achei que...

_Achou que eu estava enrolando você? Achou o que?_ eu perguntei me levantando.

_Não, eu não achei isso... Por que você esta me enrolando, Jonas?

_Não Demi eu não estou te enrolando eu só não estou entendo por que todo esse carnaval por ter se chamado de minha namorada? Não quer ser minha namorada?

_Eu quero ser sua namorada Joseph Jonas!_ ela sorriu pra mim e de repente eu não entendi mais nada, primeiro irritada por ter se chamado de minha namorada e agora feliz em ser minha namorada... TPM?_

_O que eu perdi Demi?

_Nada senhor Jonas, olha eu achei que você ficaria bravo por eu ter me chamado de namorada... Porque você nunca me chamou e ia achar que eu estou te obrigando a ser meu namorado, entendeu?

_Você achou que... Eu não sabia que isso era importante pra você, me desculpe! Você nunca falou nada, mas faz um tempo que eu digo que sou comprometido para os meus amigos... Eu realmente não sabia que isso era importante pra você, me desculpe!

_Ei eu não estou preocupada com isso!_ ela sorriu entrelaçando nossos dedos_ Eu não me importo com rótulos, eu só não queria pressionar você.

_Claro, não pressione o cara que há quase três meses dorme com você!_ eu disse num tom brincalhão. E ela riu concordando com a cabeça.

_É faz três meses que estamos juntos... Uau!

_Quer uma festa de comemoração? _Eu ri fingindo pensar na ideia.

_A gente bem que podia_ Eu a puxei pra mim a abraçando pela cintura_ E o tema podia ser “Três meses quem diria!”.

Eu ri alto e ela balançou a cabeça_ E completa com um “Sem se matarem”!

Demi gargalhou gostoso e fui obrigado a rir junto meu Deus ela tem uma risada tão boa, aquela gargalhada é como de bebe é impossível não rir junto.

_Ok, temos que preparar uma festa_ ela disse por fim me dado um selinho_.

_Ou então a gente comemora assim_ eu a puxei a beijando e as mãos dela foram pro meu pescoço e bagunçando meu cabelo e por DEUS que corpo perfeito se pressionava contra o meu. O perfume dela parecia ter sido feito para me fazer perder a razão, desci minhas mãos da sua cintura e fui pra suas coxas ela riu por entre o beijo, mas não se separou de mim ou pareceu achar ruim. Ela estava arranhando minha nuca, e sem perceber ela gemeu e mordeu meu lábio, eu já estava colocando-a contra a parede não sei exatamente o que me deu eu sabia que com a Demi deveria ser tudo mais devagar, mas sinceramente isso não é tão fácil quando ela esta de vestido e sorrindo enquanto me beija.

As mãos da Demi vieram para o meu rosto acariciando devagar, eu ergui uma das pernas dela e ela pegou impulso pra prender as pernas na minha cintura, nos separamos pra poder respirar e ela sorriu olhando nos meus olhos.

_Joseph Jonas eu ainda estou com fome por mais que isso seja muito bom você ainda vai se virar com comida pra mim!

Eu ri e ela voltou a me beijar, eu tinha uma ideia de ate onde eu poderia ir se essa fosse uma das nossas brincadeiras e se não fosse bom... Isso a gente descobre depois.

Nos separamos e eu a coloquei no chão, ela me olhou um pouco confusa eu respirei fundo não queria fazer isso com a Demi desse jeito, encostada em uma parede da sala, era errado eu queria, mas não desse jeito.

 Passei a mão em seu rosto e lhe dei um selinho delicado, ela sorriu e me mostrou a língua e depois me abraçou envergonhada. Eu a abracei de volta a tirando do chão.

_Quer colo?_ eu perguntei no seu ouvido.

_Quero... Você me leva pro quarto e enquanto eu tomo banho você faz comida.

_Meu Deus que folgada você é!

_E meu filho há 19 anos!_ Ela riu e a peguei no colo ela prendeu as pernas na minha cintura_ Cara, eu adoro quando você me pega no colo.

_Eu gosto de te pegar no colo..._ dei um beijo no seu rosto- Menos quando você me obriga a cozinhar...

_Ah coisa chata_ ela revirou os olhos_ pede pizza... Alias pede duas por que a sobremesa vai ser pizza de chocolate branco e...

_Eu não vou esquecer a Coca-Cola ou Pepsi... Eu sei das suas escolhas.

_Que namorado atencioso... Ui que fofo que ele é_ me deu um selinho_ Ui te amo, coisa fofa!

_Também te amo, coisa preguiçosa, manhosa, confiada, linda, chata e você não vai gostar disso, mas é verdade, gostosa.

_Há, por que eu ia gostar depois de ser chamada de chata, seu chato!

 Eu lhe dei um selinho e a coloquei no chão do seu quarto.

_Entregue senhorita... E eu nem vou mais perguntar nada por que...

_ Você percebeu que estamos sozinhos aqui? E que isso é muito bom?

_Percebi desde que Nick e Selena saíram às duas horas, é bom né eu gostei disso podia acontecer mais vezes, o que acha?

_Eu acho uma ótima ideia... Você vai dormir aqui comigo hoje, né?

_É... Eu vou..._ Onde ela queria chegar com essa conversa? _ Esta carente hoje né?

_É mais ou menos..._ ela ficou nas pontas dos pés e eu a abracei forte sentindo seu perfume _ Você reparou que eu não cheirei, mais a mato?

_Reparei_ eu disse rindo beijando seu pescoço... E inconscientemente minha língua estava brincando no pescoço dela ela gemeu e prendeu suas unhas na minha camiseta, o beijo se transformou em um chupão eu desci os beijos até chegar a seu colo, seus olhos estavam fechados_ é melhor eu parar, e só pra constar não me mate quando se olhar no espelho e vir um roxo no pescoço foi sem querer juro, pequena.

_Tá eu sei... E gostei. Da ultima vez eu achei que minha mãe fosse nos matar, mas como ela não fez nada_ ela deu ombros_ E já que estamos sozinhos mesmo..._ ela me deu um selinho_ Só não torne isso um hábito Jonas.

_Certo, senhorita Lovato... Agora vai tomar seu banho que depois eu tomo o meu.

Ela virou as costas e foi pro banheiro, eu me virei pegando meu celular do bolso quando estava fora do quarto a ouvi chamar... Garotas!

_Sim, Demi?

_Quando vai chegar o dia de você tomar banho comigo?_ ela disse com a porta entre aberta e um sorriso que deixava bem a imaginação correr até eu perceber que ela estava enrolada em uma toalha e provavelmente sem roupa nenhuma.

Sacudi a cabeça e a olhei sorrindo um pouco confuso, ela sorriu e fechou à porta do banheiro ela só pode estar tentando me enlouquecer!

 Ola pessoas,
Eu estou tão animada com o clipe de Neon Lights... Meu Deus ficou divo, perfeito, incrivel, maravilhoso, lindo, Deus que é isso Demetria? Seduzindo geral kkkkkkkkkkkkkkkkkkk Ficou muito bom, meu senhor.... E a Demi que fofa colocou o coração do Here We Go Again e que ela tatuou no pulso ( em homenagem aos Lovatics U.u, da licençca Lovatic passando pq aki é outro nível! kkk ) e eu amei cara, de verdade eu chorei quando eu vi aquele coração, gente é muito fofo da parte dela... Ai que amor como alguem pode ser hater dessa mulher.... Em fim ficou incrivel o clipe e como eu disse eu postaria dois capitulos hoje e postei! UUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU LIKE NEON LIGHHHHHHHHHHHHHTS!!!




Demi Lovato - Neon Lights (Official)

Capitulo onze Eu estou apaixonada por ele

 Demi On
Quando você me abraça forte, sentimentos que eu nunca tinha conhecido eles significam tudo, e me deixam sem escolha...

Acordei com um carinho bom no meu rosto, eu ainda estava nos braços do Joe por incrível que pareça na mesma posição em que dormi. Abri meus olhos devagar suspirando fundo e sorrindo.

_Bom dia, bebe._ Eu disse olhando em seus olhos.

_Bom dia, pequena_ ele me deu um selinho, e eu sorri, eu devia estar horrível e o menino aqui me beijando_ O que foi?

_Eu estou horrível_ eu escondi meu rosto na curva do seu pescoço_ muito horrível!

Ele riu balançando a cabeça e beijando meu cabelo.

_ Você é uma das poucas garotas que ficam bem até com o cabelo bagunçado.

_ Você é um grande mentiroso!_ eu disse conformada me levantando e indo até o banheiro.

Meu cabelo estava horrível, meu rosto um pouco amassado, meu sutiã aparecendo, meu shorts de dormi parecia ainda mais curto e apertado... Senhor, se o Joe não fugiu ao me ver acordando ele realmente é cego! Lavei meu rosto e tirei as lentes estavam machucando escovei meus dentes e prendi o meu cabelo revoltado e horrível.

Coloquei a cabeça pra fora da porta do banheiro e me encostei no batente.

_Joe pode pegar meus óculos na primeira gaveta, por favor?_ eu fico completamente cega sem lentes ou sem óculos_ E nunca mais me deixa dormir sem tirar as lentes, eu devo ter coçado enquanto eu dormi e me machuquei.

_Aqui_ ele colocou pra mim_ Esta melhor?

_Sim, muito! Agora eu posso te ver._ fiquei na ponta dos pés e o beijei_ eu nem tava te vendo, mas achei que ainda estivesse aqui.

_Achou certo_ ele me beijou de novo_ Sabia que você fica linda assim de óculos?

_Eu fico é?

_Fica... Muito linda!

Ele me abraçou pela cintura me tirando um pouco do chão e me beijou.

_Lindo você_ eu disse lhe dando um selinho_ E isso é muito injusto... Porque você acorda perfeito como sempre e eu parecendo uma bruxa?

_Você não parecia uma bruxa... No mínimo precisando de um quilo de maquiagem pra parecer gente de novo... E um pente de aço!

_Ahé?_ eu me afastei dele_ nunca mais fale comigo, Jonas! _Eu mostrei a língua pra ele_ To de mal com você!

Ele riu e veio atrás de mim, me puxando pela cintura eu virei o rosto pra ele não me beijar e cruzei os braços.

_ Você sabe que isso não é verdade, não sabe?_ ele perguntou baixinho_ Você é linda de qualquer jeito, juro. Você não precisa de maquiagem ou qualquer uma dessas coisas que vocês garotas usam, pra ser linda, você é linda. Minha linda.

Eu o beijei no começo fazendo charme, mas depois cedi aos seus lábios e a sua língua acariciando a minha.

_O Demi?_ Selena entrou sem bater _ Ai desculpa, eu juro que  não fiz por  mal... Bom dia pro quase casal._ ela saiu fechando a porta eu e Joe nos olhamos confusos sem entender muito bem e acabamos rindo_ Ah Demi você sabe que  fomos suspensa dos cursos até nossos pais voltarem de viagem, não sabe?_ Ela perguntou sem entrar no quarto se segurando na maçaneta.

Eu dei de ombros_ Não eu não sabia, mas não lamento.

_Nem eu_ A Selena disse saindo e fechando a porta.

_Então... Eu tenho que ir pra faculdade_ Joe disse pra mim_ E não vou chegar cedo, depois tenho que ir na empresa do meu pai, como eu não recebi a resposta do estagio em Londres ainda_ eu olhei pra ele, tinha me esquecido desse detalhe se ele conseguir vai ficar seis meses em Londres de repente comecei a sentir medo, eu queria que ele fosse ele lutou muito pra isso eu lembro dele chegando tarde em casa e estudando feito um louco pra tentar conseguir essa vaga, mas fiquei com medo de ele conseguir ir e me deixar_ E o cachorro comeu o cara que vendia sorvete, e a menina que vendia limonada riu da cara dele, o que acha?

_Tudo bem, eu vou ficar com Sel, a gente faz alguma coisa... O que? Joe você ficou maluco?

_Você é que não estava escutando uma palavra que eu estava dizendo!

_Ai desculpa sério eu me distrai_ Fitei seus olhos ele estava preocupado_ Mas não foi nada demais, eu que não comi ainda e fico viajando total aqui, vem _o peguei pela mão _é o primeiro dia na faculdade não quero que se atrase por minha causa.

Comecei a puxa-lo pra fora do quarto, mas ele me puxou devagar pra ele.

_O que foi?_ ele perguntou

_Nada, vem você vai se atrasar_ eu sorri o puxando de novo, mas ele me segurando.

_Por que você esta tentando mentir pra mim? O que foi? Me conta.

_Eu estou te dizendo, não foi nada, só não quero que se atrase... Por favor_ ele me olhou quase me obrigando a falar_ Eu estava pensando... No que aconteceu ontem, eu... Eu não agradeci a você por ter me defendido e nem me desculpei por quase brigar com você, foi isso.

_Aham...  Mente pra mim Demetria e eu faço de conta que eu acredito_ eu comecei a falar, mas ele me calou com um beijo _Eu disse que finjo que acredito, quando decidir me contar, eu estarei aqui pra te ouvir.

Ele me beijou de novo, e eu correspondi muito bem, sem nem me preocupar em ver se tinha alguém no corredor. Belo erro esse meu, por que eu escutei um gritinho de surpresa vindo de trás de mim.

_Ai MEU DEUS­!_ Dani estava atrás de nós com o Kevin, que parecia chocado demais pra falar qualquer coisa_ Sua puta porque não me disse nada?

_Eu... Eu... O que esta fazendo aqui? _eu perguntei tentando mudar o foco do assunto

_Desculpa_ Joe sussurrou no meu ouvido eu me encolhi um pouco era tão bom sentir o hálito dele no meu pescoço_ Eu não tinha visto eles.

_PUTA QUE PARIU! _Kevin disse rindo alto, e de repente até o Frank estava ali_ Eu sabia que vocês estavam escondendo alguma coisa, só não imaginei que era um namoro!

_O que?_ Frank disse_ Vocês estão namorando?

_Já é  namoro?_ Nick disse

_Você não me disse nada sua vadia!_ Selena disse

Eu olhei pro Joe, ele deu de ombros eu revirei os olhos sorrindo e me virei pro pessoal nos encarando esperando por uma resposta.

_Não estamos namorando_ eu disse_ Mas estamos juntos... Ficando.

_Há quanto tempo? _Dani perguntou

_Na verdade eu não sei _Joe disse e eu concordei_ Faz tempo se parar pra pensar desde a festa... Mas oficialmente faz duas semanas.

_Que festa?_ Dani e Kevin perguntaram.

Eu ergui as mãos_ Chega, vamos cada um cuidar da própria vida, vamos?_ Eu me virei pro Joe e dei de ombros ele sorriu e deu de ombros também_ Joe você vai se atrasar... Vem bebe.

Eu o puxei pela mão e descemos as escadas ouvindo eles fazerem um coro de “own que fofos.”

Passei o dia no Shopping com a Selena, mas não antes de ligar pra mamãe explicar o que aconteceu e ela ficou do nosso lado só não mencionei o Joe. A semana toda foi assim, shopping, ficar acordada até tarde, falarmos sobre os nossos respectivos Jonas.

Joe passava a maior parte do tempo na faculdade e semana que vem começaria a trabalhar na empresa do pai até receber a resposta do estagio em Londres, e quando chegava em casa e ficava comigo, sua atenção era toda minha e eu amava isso.

Joe me fazia rir com muita facilidade, se preocupava e cuidava de mim. Saímos algumas vezes naquela semana, e eu até ajudei ele a estudar pra podermos ficar juntos por mais tempo, eu gostava de estar com ele, ele me fazia me sentir bem.

Quando os nossos pais voltaram, eles resolveram nosso problema e podemos a ir pro curso. Demorei duas semanas pra contar que eu e Joe estávamos ficando e no jantar eu e Joe estávamos rindo e brincando e por impulso eu o beijei.

_Eu fico feliz  que vocês estão juntos e felizes, mas parem de se beijar e comam._ Minha mãe chamou nossa atenção.

_Culpa da Demi_ Joe se defendeu_ fica brincando essa bebe.

_Eu não fiz nada... Tá eu fiz, mas ele continua vivo.

_Demi!_ Minha mãe disse rindo_ Nunca mais saio e deixo vocês sozinhos por uma semana.

Joe riu balançando a cabeça _Ah não acredito Demi, você acabou com a nossa diversão!

Estávamos brincando, não tínhamos feito nada demais... Só brincando e brincando... Joe era muito bom nessas brincadeiras.

Na sexta feira eu e Selena estávamos indo pra casa sozinhas (e de a pé) conversando, quando de repente surgiu um assunto meio que inesperado, mas eu não tinha segredos com a Selena.

_Você e o Joe dormiram essa noite juntos? De novo?

_Sim.

_E?

_E o que?

_Eu ouvi vocês rindo e uns gritinhos, eu quero saber se vocês...?

_Se nós o que?_ Ela me olhou sugestiva  e eu entendi a sua pergunta oculta e ri_ Não Selena a gente não fez isso... Ele me atacou com cosquinhas a gente faz nossas “brincadeiras”, mas nada além disso... Ainda.

_Ainda?_ Ela ergueu uma sobrancelha pra mim.

_Eu gosto dele, realmente gosto dele eu... Eu estou... Eu estou apaixonada por ele!- eu sorri pra ela boba, eu não podia acreditar que eu sentia isso por ele e muito menos que eu estava admitindo isso em voz alta_ Ele faz parecer que as coisas são mais fáceis, ele faz parecer que eu posso fazer qualquer coisa e eu amo isso, eu não tenho medo de nada com ele. Eu posso ser eu mesma e ele aceita, eu não tenho medo de ficar com ele, eu não tenho medo de me entregar a ele.

_Uau... Ai que lindinha você apaixonada... Ai fofa_ Selena me abraçou _ eu estou feliz por você, eu sempre soube que vocês ficariam juntos, eu disse que você ainda gostava dele.

_É Sel, você disse... Mas tem um problema...

_Ele ainda não te chamou de namorada?

Eu ri não ligava pra isso fazia três meses que estávamos juntos e eu não me preocupava com isso sabia que o sentimento que tínhamos um pelo outro era verdadeiro, não precisava de um rotulo pra saber que ele era real, e é real.

_Nada disso Sel_ eu neguei_ é que daqui uns meses ele recebe a resposta do estagio que ele quer fazer em Londres.

_E isso é um problema por que...?

_Por que se ele conseguir vai ficar fora por seis meses e por mais que eu goste dele eu não sei se podemos ter uma relação a distancia... Não acredito nisso.

_Bom isso é verdade não que eu seja “quadrada”, mas também não acredito... Mas você ficou conversando um tempão com o Joe por telefone sem saber quem ele era.

_Eu sei, mas agora eu sei quem ele é, e eu não to falando só de aparência é mais do que isso, eu realmente estou apaixonada por ele.

Quando você me olha nos olhos E diz que me ama Tudo fica bem Quando você está bem aqui do meu lado Quando eu te seguro em meus braços Eu sei que isso é para sempre Eu apenas quero que você saiba Que eu nunca quero te ver partir...

Chegamos em casa e eu fui pro meu quarto correndo, pensando em me jogar na cama, mas me pegaram pelo braço de inicio me assustei, mas reconheci o perfume e fechei os olhos. Seus lábios tocaram os meus delicadamente, sorri.


_O que esta fazendo em casa a essa hora?_ eu perguntei sorrindo feliz por vê-lo _Pensei que eu só veria você amanha!

_As aulas foram canceladas, então fui trabalhar mais cedo, e então eu pude sair mais cedo e vim ficar com você... Estava com saudade.

Ele me entregou uma rosa vermelha linda, eu peguei a rosa sorrindo boba olhei pra ele, e vi que ele mantinha o sorriso o lindo no rosto pulei em seus braços e o abracei com carinho.

_ Não acredito que perdi tanto tempo brigando com você, se soubesse que seria assim teria dançado com você toda suja mesmo.

_Quem disse que eu dançaria com você toda suja da tinta?

_Cara, você me acha bonita sem maquiagem então com certeza você dançaria comigo suja de tinta, sabe por quê? Por que você me ama.

Eu disse convencida me afastando só pra poder olhar pra ele com meu sorriso cínico, mas ele desapareceu quando o olhar do Joe atravessou minha alma, e seu sorriso foi à verdadeira razão do meu.

_É verdade, você tem razão... Eu realmente amo você!

Eu sorri, sem coragem de olhar em seus olhos, então eu o beijei.

Olá pessoas,
Ok hoje vou postar dois capitulos tudo bem? Mas, em fim e hoje ainda tem o clipe de Neon Lights que eu estou muito ansiosa e ainda tem a dona Demetria que fica postando fotos e teaser do video o que me faz pirar de ansiedadem mas era isso e novamente eu espero que estejam gostando da Fuc e voces poderiam comentar alguma coisa, mas bem eu nem sei se voces leem esses trequinhos que eu escrevo em rosa! kkkk Deixa pra lá bjo bjo meus anjos *_*!!!

Ai meu Deus Demi vai fazer eu ter um Heart Attack com essas fotos de Neon Lights, esse clipe vai estar muito perfeito!   A Dallas ta no clipe e se eu nao me engano acho que a Maddie tambem... Eeeee Demi colocando a familia nos clipes in Made In The USA a famila dela tambem estava até i o tio Eddie!  kkkk Cara, que fofa!


segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Capitulo dez Eu achei que tinham esquecido disso.

Demi on
Agora me siga Até a calçada da lua E pegue minha mão Segure com força, não solte...

Já estávamos em casa, menos nossos pais, que só voltariam da lua de mel no domingo e hoje mal é terça- feira. Tapei minha cabeça novamente abafando um grito. Por que estou assim? Tive uma noite ótima com o Joe ontem, não estou me entendo eu realmente não queria me levantar, não hoje que preguiça!

 Me destapei e fui de pijama ate a cozinha, estavam tomando café já, ve se pode nem foram me chamar. Joe não estava ali, ele não devia ter se levantado o que é estranho por que Joe nunca se atrasa, disso eu tenho certeza.

 Ele não estava atrasado, senti braços me apertarem e recebi um beijo no pescoço, apertei seus braços com uma mão e a outra levei até sua nuca fazendo carinho em seus cabelos, que perfume bom! Era uma mistura de sabonete e o perfume masculino que ele usa que definitivamente deve ter algo afrodisíaco nele.

_Bom dia, pequena. _Ele sussurrou no meu ouvido e deixou um beijo na minha nuca, me fazendo ficar toda arrepiada_ Eu acho que você vai se atrasar.

_Não quero ir hoje._ confessei _ Bom dia_ eu me virei para ele passando os dois braços pelo seu pescoço me certificando que ninguém nos via o beijei_ Você vai atrasar se não me deixar, deixar você por que eu realmente posso o passar o dia assim.

_Eu realmente gostei da ideia..._ ele riu mordendo meu lábio e voltando a me beijar_ Se decidir ficar em casa me avisa e eu fico aqui com você.

_Essa ideia é bem convidativa difícil de não considerar _eu disse lhe dando um selinho_ Hey hoje não é seu ultimo dia antes de você voltar pra faculdade?

_É sim... Mas eu não me importo de perder pra ficar com você..._Ele disse me beijando novamente.

_Huhum_ ouvimos ao nosso lado e eu nem precisei olhar pra saber que a Selena estava querendo me matar com os olhos só pelo fato de não estar vestida ainda_ Desculpe interromper o momento fofo do quase casal, mas Demi você vai se atrasar, e alguém pode ver vocês a menos que não estejam mais preocupados com isso...

_Ai meu Deus Selena, você fala demais!_ Joe falou rindo pra ela_ Se você não for eu não vou, já decidi.

_Não vou fazer você perder seu ultimo dia, só por que eu estou com preguiça, eu vou sim.

_O que você não ia pra aula?_ Selena perguntou_ Ah isso explicaria muita coisa!

_Ta Selena, tá vamos tomar café... Já tomou café bebe?

_Ainda não, vamos você precisa comer to te achando muito magrinha.

_Eu não vejo mau nenhum nisso...

_Eu vejo... Às vezes tenho medo de te abraçar mais forte e te machucar_ Nós rimos _ Eu to falando sério, Dem.

_Ai que exagero Joe _ estávamos entrando na cozinha quando Kevin passou por nós_ Bom dia Kev, ta com pressa, é?

_Aham... Bom dia, vocês dois_ apontou pra mim e pro Joe_ estão escondendo alguma coisa... Selena?

_Eu não sei de nada_ ela ergueu a mão e se sentou ao lado do Nick_ Né amorzinho?

_Ah Selly, não sabe de nada_ Nick lhe deu um selinho_ Bom dia pra vocês, dois ai.

_Bom Dia _ dissemos juntos nos sentando

_Bem, eu vou indo por que eu ainda tenho que buscar a Dani, tchau gente que esta escondendo alguma coisa.

_Tchau_ dissemos_ Paranoico!_ Completei.

Ele saiu e Nick caiu na gargalhada, olhando pra nós e eu ri junto de cabeça baixa envergonhada.

_Eu acho _ Nick disse _ Que no domingo no casamento dos nossos pais vocês estavam muito fofos juntos... Meu Deus isso foi muito gay... Em fim qual o problema do Kevin saber?

_Do Kevin saber?_ eu me afoguei e Joe bateu na minhas costas_ Ele vai falar pra todo mundo... Cadê o Frank?

_A aula dele hoje começa mais tarde, pequena_ Joe me respondeu_ A Demi quer esperar um tempo e então a gente vai esperar..._ Joe disse beijando meu rosto_ Agora se você pretende mesmo ir pra escola acho melhor você ser mais rápida, pequena.

_Tudo bem..._ eu disse tomando meu café_ é melhor vocês não me esperarem por que eu estou muito atrasada hoje_ eu disse me levantando indo pro meu quarto me arrumar.

Depois de quase dez minutos sai do quarto com a minha mochila, desci as escadas correndo eu quase bati no Joe que subia as escadas, ele sorriu e me puxou pela mão, Nick e Selena ainda estavam ali.

_O gente vamos, vocês estão lerdos hoje em?


Joe ON
Você disse que ninguém tinha que saber nos dê tempo para crescer e fazer isso devagar...

Eu estava saindo da ultima aula antes do almoço, quando eu vi um monte de gente correndo em direção ao pátio o que eu presumia ser uma briga, mas não estava muito a fim de ver gente se discutindo ou e se estapeando agora.

Segui meu caminho normalmente ate a lanchonete como sempre fazia, a diferença é que não tinha ninguém me esperando, como acontecia e imaginei que eles tinham parado no caminho pra ver a briga de não sei quem com outro não sei quem.

Peguei meu celular pra ligar pro Nick, mas ele estava me ligando o celular estava no silencioso ele ia morrer tentando me ligar.

_Onde vocês estão?

_Joe..._ Nick parecia nervoso ao telefone_ Você precisa ir atrás de Demi, depois que a Taylor fez aquilo com ela eu não a vi mais e não consigo fazer a Selena parar de brigar com a Taylor daqui a pouco ela perde o controle não posso deixa-la aqui, mas também não sei onde a Demi esta...

_Nick que porra é essa? Eu não estou entendo nada o que aconteceu? E pelo amor de Deus fala de devagar.

_A Taylor disse pra Demi uns negócios ai... Eu não estava junto... Eu nunca vi a Demi sem palavras_ isso por que ela raramente fica sem palavras_ E ela saiu e eu não sei pra onde por que a Selena tá aqui batendo boca com a Taylor entendeu agora... Cara vem pra cá agora a Demi voltou...

_O que, mas que merda... Eu to indo pra ai.

Desliguei o telefone e fui abrindo passagem na multidão que achava engraçada a situação, mas eu estava preocupado o que a Taylor pode ter dito pra Demi sair? E por que ela voltou pra lá?

Abri passagem bem a tempo de responder uma das minhas perguntas Demi, tinha acabado de bater na Taylor eu não sabia se achava engraçado ou se me preocupava com o que estava acontecendo, mas antes que eu pudesse decidir Selena já estava com um pote de tinta na mão dos trabalhos de artes que ela vazia, abertos e jogando no cabelo da Taylor, Selena que tinha outro pote aberto na mão entregou pra Demi, que jogou na cara e na roupa da Taylor.

Meu Deus era tudo que eu conseguia pensar vendo aquela cena, caminhei em passos rápidos até onde Demi e Selena estavam, segurei a mão da Taylor no momento em que ela foi bater na Demi.

_ Já chega, as três. Sai daqui Taylor e tenha capacidade de não ser covarde e enfrente alguém na cara, e nunca mais tente bater na Demi, você me entendeu?

Ela apenas virou as costas e saiu chorando toda suja de tinta com as amigas dela que pareciam mais cachorrinhos de estimação.

Demi me olhou rapidamente, pegou na mão da Selena e as duas saíram dali pro outro lado sem dizer nada. Eu fui atrás delas, mas precisamente da Demi antes que elas pudessem chegar ao portão segurei a Demi pelo braço, e ela se virou.

_O que aconteceu?_ eu a perguntei ela me olhou sorrindo sem humor e os olhos cheios de lagrimas_ Demi, o que houve? Me diz...

_Eu não quero falar com você, Joe... E você já pode me soltar agora_ ela tentou puxar o braço, mas eu não soltei_ Que droga Joe me deixa em paz!

_Demi você precisa falar com ele..._ Selena disse, que merda que estava acontecendo aqui?

_Joe, por favor...

_Demi, por favor, eu que peço! Você esta brigando de novo comigo, e eu nem sei o que eu fiz de novo, da ultima vez que isso aconteceu fiquei sem você por anos e a gente só brigou você vai me dar à chance de me defender dessa vez, esta me ouvindo?

Ela deixou que as lagrimas caíssem, e isso acabou comigo fechei os olhos rapidamente os abri em seguida olhei pra Selena implorando que ela dissesse alguma coisa.

_Aquele maldito baile na oitava série, Taylor voltou a chama-la de estranha, e gritou pra todo mundo que a Demi era uma vadia estranha e que você ajudou ela a humilhar a Demi na frente da escola...

_Eu já falei isso um milhão de vezes e vou falar de novo_ olhei pra Demi_ eu não fiz nada juro, eu só soube do que aconteceu quando você veio dizer que me odiava... Eu não a ajudei com nada disso eu não humilhei ninguém...

_E que você ia ajuda-la de novo_ Selena disse_ e que esse é o motivo pra você estar com a Demi.

Eu olhei pra Demi, ela não podia estar acreditando nisso eu olhei pra ela e ela apenas chorava de cabeça baixa, eu segurei seu rosto em minhas mãos e a fiz olhar pra mim, e limpei as suas lagrimas, mas outras teimavam em cair em seguida.

_E não fiz nada, nunca fiz e nuca faria eu era apaixonado por você naquela época, e hoje eu ainda sou apaixonado por você, e não faria isso com você, Demi. Por favor, acredite em mim, ela não sabe de nada, ela não nunca soube.

Ela fechou os olhos, e outras lagrimas caíram, ela pôs a cabeça no meu peito e eu a abracei, depois de um minuto ela me abraçou agarrando minha camiseta. Eu suspirei fundo a abraçando forte... Por que isso agora? Por que não podem deixar a Demi em paz? Por que não nos deixam em paz? Por que não deixam a gente ficar juntos? O que tem de tão errado em nós dois juntos? Isso atrapalha a vida de alguém?

_Hoje de manha você disse que se eu não deixasse você me deixar eu iria me atrasar, mas você esta errada, eu me atrasei demais pra ter você e eu não vou mais deixar você me deixar, eu vou lutar por nós, eu não me importo com nada que não seja eu e você por que eu sei que sou melhor com você.

Demi ficou quieta em meus braços, como se fosse um filhotinho com medo e eu apenas fechei os olhos beijando seus cabelos. 

Demi On
Estou sobre a beira de um colapso

Eu não devia ter saído de casa hoje, com certeza não deveria, eu pensei enquanto eu saia do banheiro secando meu cabelo. Eu não sabia o que fazer eu queria acreditar no Joe, mas era bom demais pra ser verdade... Por que aquele projeto de animal me chamou de vadia? Ela achou que estava se olhando no espelho, só pode né por que...

Eu penteei meu cabelo e pelo espelho vi o Joe sentado na minha cama, faz muito tempo que ele esta ali?

Eu suspirei, e fui pro colo dele no meio da cama, ele me acolheu fazendo carinho nos meus cabelos ficamos assim por um tempo, até eu sair de seu colo e sentar em sua frente, sorri pra ele.

_Posso te pedir uma coisa?_ ele fez que sim_ Dorme aqui comigo hoje?

_Eu vou pensar no seu caso..._ ele fingiu pensar e fez a cara mais engraçada que eu já vi pra alguém que finge pensar em alguma coisa_ Ai não sei eu ainda to em duvida...

_Eu posso fazer alguma coisa pra essa duvida passar?_ eu disse ficando mais perto dele e enchendo seu rosto de beijo_ Isso ajuda?

Eu perguntei beijando seus lábios, ele segurou minha cintura e me puxou pra ele e em pouco tempo eu já estava deitada em cima dele, enquanto nos beijávamos, Joe fazia carinho no meu cabelo e a outra mão apertava minha cintura.

Engraçado como de repente eu estava em baixo dele, sua mão estava dentro da minha regatinha, fazendo desenhos na mina cintura, e minhas mãos se perdiam em seus cabelos. Inconscientemente minhas pernas se prenderam em sua cintura, eu o empurrei devagar mordendo seu lábio, Joe sorriu e apertou minha cintura com força, voltei a beija-lo...

Eu o empurrei, me deitando novamente sobre ele com a cabeça escorada em minhas mãos, e meu cotovelo no colchão ao lado do rosto do Joe.

_Hoje, é só pra dormir!_ Eu disse beijando ele delicadamente, e me deitando em seu peito ouvido seu coração bater tão rápido como o meu e sentindo sua respiração falha, bom saber que eu não sou a única que fica assim_ Essa sensação é realmente incrível.

_Sim, é maravilhosa_ não duvidei que o Joe soubesse do que eu falava_ Sabe, devíamos ter ficado assim, o dia todo abraçados na cama._ Ele comentou e eu sorri.

_Também, acho. É bom ficar assim nos seus braços_ eu dei um beijo em seu peito_ e o seu perfume é ótimo.

_Que bom que gosta_ ele riu_ é bom ter você em meus braços.

_Boa noite Joe _ beijei novamente seus lábios e me aninhei em seus braços, fechando os olhos.


_Boa noite Dem. _ele beijou meu rosto e meus cabelos, antes de apagar a luz, até eu dormir senti Joe fazer carinho no meu braço que estava em seu peito, e nas minhas costas, dormi sorrindo... Se eu soubesse que o dia terminaria assim, não teria me preocupado com o que aconteceria durante seu percurso.


Olá pessoas,
Ok, eu admito que talvez esse capitulo não tenha sido um dos melhores e que talvez não deu pra entender muito bem, mas em fim como eu disse eu to amando escrever a Fan Fic é serio to realmente apaixonada por ela e esse blog... Ah eu mudei todo design do blog e nem tinha razão pra isso, mas é que eu adoro fazer e estava pensando em fazer outro blog, mas nada Jemi, era só pra postar os meus poemas, textos e uns pensamentos que eu tenho e queria dividir e aqui parece que as pessoas não vão me julgar, criticar, xingar,e dizer mais algumas coisas( em fim vcs não dizem nada nem sobre a história)... Era só uma ideia não sei se vou fazer mesmo e comentem meus anjos se gostaram do capitulo se não gostaram de nada ou marquem eu li sla, mas deixa pra lá... Bye bye e bjo bjo meus anjos *_*

*Quem ta ansioso pra estréia de "Neon Lights" no dia 21/11? Eu to morrendo aqui, quando estreiar eu vou postar o video aqui...Algo me diz que ele vai estar incrivel! #Ansiosa *